Vídeo: 'Estou cagando se o senhor está se ofendendo', diz promotor a advogado em Curitiba - ISTOÉ Independente

OAB Paraná divulgou nota de repúdio, em que diz considerar o comportamento do representante do Ministério Público 'um desprezo à atividade da advocacia'

23/10/2021 14:22:00

OAB Paraná divulgou nota de repúdio, em que diz considerar o comportamento do representante do Ministério Público 'um desprezo à atividade da advocacia'

Na sustentação oral de um caso de homicídio qualificado, o promotor de Justiça João Milton Salles, ao ser questionado, disse ao advogado Luis Gustavo Janiszewski, da defesa, ‘estar cagando’ se ele estava se ofendendo. O bate boca ocorreu na última terça-feira, 19, em sessão do Tribunal do Júri de Curitiba. O vídeo viralizou e a […]

22/10/21 - 14h44 - Atualizado em 23/10/21 - 08h23Na sustentação oral de um caso de homicídio qualificado, o promotor de Justiça João Milton Salles, ao ser questionado, disse ao advogado Luis Gustavo Janiszewski, da defesa, ‘estar cagando’ se ele estava se ofendendo. O bate boca ocorreu na última terça-feira, 19, em sessão do Tribunal do Júri de Curitiba. O vídeo viralizou e a OAB Paraná divulgou uma nota de repúdio, em que diz considerar o comportamento do representante do Ministério Público ‘um desprezo à atividade da advocacia’. Durante a sessão, o advogado questionou Salles sobre comentários feitos a respeito de uma advogada que participou do caso. “Doutor, só para entender: agora o senhor vai falar mal dos profissionais e da defesa como um todo?”, questionou, dizendo que estava começando a ficar ofendido.

Médicos no Afeganistão falam do desespero para salvar bebês e pacientes de 'inferno' - BBC News Brasil O troco de Moraes em Bolsonaro: um novo inquérito no STF | Radar Maconha era usada em rituais judaicos na antiguidade, diz estudo - BBC News Brasil

O promotor então respondeu exaltado: “Eu estou cagando se o senhor está se ofendendo”. O advogado questionou o palavreado usado e ele retrucou dizendo que esse é ‘seu vocabulário’. “Eu sou promotor de Justiça há 24 anos, eu visto o meu papel de promotor de Justiça e é isso que vou dizer aqui”, acrescentou.

Em nota de repúdio, a OAB diz ‘repudiar de forma veemente o tratamento dispensado pelo representante do Ministério Público à advocacia’ e que ‘não tolera e repudia o uso de palavras de menosprezo e ofensivas à advocacia’. headtopics.com

“OAB-PR manifesta sua indignação e lamento ao tratamento dispensado pelo promotor de Justiça, Dr. João Milton Salles, que ofendeu não apenas o advogado que estava exercendo a defesa técnica em plenário, mas toda a classe dos advogados”, pontua em nota.

A instituição ainda afirma que vai recorrer à Corregedoria do Ministério Público para apurar os possíveis excessos cometidos pelo promotor.CONFIRA A NOTA DE REPÚDIO DA OAB NA ÍNTEGRA:“A Ordem dos Advogados do Brasil, Seção do Paraná, por sua diretoria, a propósito das palavras dirigidas pelo promotor de Justiça, Dr. João Milton Salles, na sessão do Tribunal do Júri, na comarca de Curitiba, ocorrida no dia 19 de outubro último, quando, ao se dirigir ao advogado que promovia a defesa técnica do acusado, pronunciou palavras indecorosas e de baixo calão, em total desprezo à atividade da advocacia que ali estava sendo exercida, vem a público repudiar de forma veemente o tratamento dispensado pelo representante do Ministério Público à advocacia.

A OAB defende a plena liberdade de manifestação e de argumentação no Tribunal do Júri, reconhecendo a inviolabilidade das manifestações tanto do MP como da advocacia, asseguradas por lei, no entanto, lembra que é dever do representante do Ministério Público, conforme lei estadual complementar n. 85/1999, “tratar com urbanidade as pessoas com as quais se relacione em razão do serviço” (art. 155, XII).

Por isso, a OAB não tolera e repudia o uso de palavras de menosprezo e ofensivas à advocacia, que implicam na grave violação do preceito contido no artigo 6º., da lei 8.906/94, o qual estabelece que “não há hierarquia nem subordinação entre advogados, magistrados e membros do Ministério Público, devendo todos tratar-se com consideração e respeito recíprocos. As autoridades, os servidores públicos e os serventuários da justiça devem dispensar ao advogado, no exercício da profissão, tratamento compatível com a dignidade da advocacia e condições adequadas a seu desempenho. headtopics.com

Queiroz comemora título do Atlético-MG com gesto de resistência à Ditadura | VEJA Gente DJ Ivis grava com Marcynho Sensação primeiro clipe após sair da prisão por agressão à ex-mulher Alexandre abre inquérito contra Bolsonaro por fake news sobre vacina e o vírus da aids

Por tais razões, a OAB-PR manifesta sua indignação e lamento ao tratamento dispensado pelo promotor de Justiça, Dr. João Milton Salles, que ofendeu não apenas o advogado que estava exercendo a defesa técnica em plenário, mas toda a classe dos advogados, informando que solicitará à Corregedoria do Ministério Público a apuração dos excessos cometidos e aplicação das sanções cabíveis, especialmente por ter afirmado, o sr. Promotor, que esse é seu vocabulário costumeiro.”

Consulte Mais informação: Revista ISTOÉ »

O Assunto #591: Centrão-raiz - esteio de Bolsonaro para 2022

Depois de dois anos sem legenda, o presidente assinou a filiação ao Partido Liberal em uma cerimônia com presença de lideranças do Progressistas (PP) e do Republicanos - trio de siglas que pretende dar sustentação a sua campanha de reeleição, liderados pelo cacique do PL, o condenado Valdemar Costa Neto.

E a campanha contra o ministério público continua.... Era pra ele ter dito de maneira mais formal Tipo...'eu estou com movimentos peristálticos acentuados se o senhor está se ofendendo'? Vtnc, OAB Essas coisas brotam na República de Curitiba É de total repúdio a ação desse cidadão Vai ser ainda pior, depois da vitória da MP na PEC 5, que visava dar freio a essa gente.

Nem precisar entrar no perfil pra saber q é bolsominios A atitude do promotor é claramente reprovável. Agora haja paciência com as chicanas dos advogados. Não sei se foi o caso, mas eita povinho pra mentir, enrolar, fazer barraco etc Com mais de vinte anos no exército do cargo de promotor de justiça, o sujeito desconhece o fato de q a Constituição consagra o princípio do contraditório e da ampla defesa? O que importa se o réu substituiu seu defensor? O argumento desse “promotor” é + raso do q um pires, não?!

Esse é raiz! Gostei! Os advogados não participam da eleição do presidente da OAB nacional. Mas a OAB se considera democrática 😂😂😂 O ministério público tá bem servido...rs

Vídeo: Homem agride uma transexual e registra toda a ação - ISTOÉ IndependenteA transexual Luara Silva foi agredida por um homem na madrugada desta quinta-feira (21), na cidade de Uberlândia, no Triângulo Mineiro. O agressor sai de um carro, a derruba no chão e foge do local. As informações são do portal O Tempo. No vídeo, o suspeito se aproxima de Luara e pergunta quanto é o […] O Ser Humano realmente anda desprezivel ... Logo Vão Colocar culpa nas Drogas, no Álcool, como se enxer a cara ou Fumar um baseado fosse mais Bonito que agredir uma pessoa. Verme imundo O cara que para o carro pra agredir outra pessoa com certeza ta incomodado ou infeliz com a própria vida em um nível bizarro. Pouca rola

O que esperar do Ministério Público de Curitiba? E o Santa Cruz a verdadeira 💩 da OAB nacional. É preciso parar com essas notas, fica parecendo bilhetinho da tia da escola para os pais. Precisamos ser mais adultos. É um país decadente com instituições caminhando para o fundo do poço. Olha o nível! KKK Não era a sustentação oral e sim um 'Bate Boca' de esquina. KKK

Mais um .. que se acha Tem que extinguir o MP

Vídeo: Filho de economista rouba a cena em entrevista ao vivo do pai - ISTOÉ IndependenteO economista Jacob Funk Kirkegaard, membro sênior do German Marshall Fund (GMF), fazia uma análise sobre a saída do presidente do banco central da Alemanha, em uma entrevista ao vivo para a Bloomberg TV, quando seu filho roubou a cena. Atrás do economista, a criança dançava, pulava, fazia caretas e chegou a mostrar a língua […] Legal.

Vídeo: Criança morre após motorista fazer ultrapassagem proibida e bater em carreta - ISTOÉ IndependenteUm acidente envolvendo um carro e duas carretas deixou uma criança de um ano e oito meses morta na rodovia estadual LMG-758, em Belo Oriente (MG), na quarta-feira (20). Os pais e outras duas crianças tiveram ferimentos leves. As informações são do Uol. Conforme a Polícia Rodoviária Estadual, o motorista do carro tentou ultrapassar uma […] Eu cheguei a escrever um comentário xingando o motorista,mas resolvi não tuitar pq pensei na possibilidade ter havido algo antes das imagens em que ele já está dentro da curva.

Vídeo: Cobra gigante é içada por escavadeira em floresta tropical - ISTOÉ IndependenteO vídeo de uma cobra gigante sendo erguida por uma escavadeira em Dominica, uma ilha no Caribe, viralizou nas redes sociais. Trabalhadores que faziam um trabalho de limpeza em uma floresta tropical da ilha avistaram a serpente com cerca de 3 metros de comprimento. Na gravação, pode-se ouvir um homem surpreso dizendo: “Minha mãe, o […]

Vídeo: Ladrão rouba celular de jornalista durante transmissão ao vivo - ISTOÉ IndependenteMahmoud Ragheb, repórter do site de notícias Youm7, teve o seu celular roubado por um homem durante sua transmissão ao vivo para mostrar as consequências de um terremoto que atingiu, na terça-feira (19), a ilha grega de Karpathos e foi sentido em países próximos, incluindo o Egito. As informações são do The Guardian. O suspeito […] istoelixo Maluco ratão aí...meteu a mão muito rápido 😳 É foda...vc trabalha, compra o celular (ferramenta de trabalho), ai vem um cara (com a justificativa de que está de que está desempregado) e te rouba. Na boa...não tem justificativa! Cadeia pra ele! Denunciei o Twitter, de cunho ofensivo e violento do tal Professor aí! Fechado com a Revista , por uma imprensa livre! Não vamos tolerar este tipo de atitude!

Vídeo: Comissárias de voo tiram uniforme em protesto por Alitalia - ISTOÉ IndependenteROMA, 21 OUT (ANSA) – Um grupo de comissárias de voo fez um protesto nesta quarta-feira (20) em frente ao Campidoglio, em Roma, contra a falência da companhia aérea Alitalia. As mulheres foram tirando lentamente os uniformes da antiga empresa italiana, ficando apenas uma camisola. Ao fim do ato, elas deixaram apenas os sapatos no […] Tinha música ?