Um drible na crise - ISTOÉ Independente

Estado de São Paulo registra a abertura formal de 800 mil negócios no primeiro semestre, com procura intensa pelos serviços do Sebrae

23/10/2021 06:00:00

Estado de São Paulo registra a abertura formal de 800 mil negócios no primeiro semestre, com procura intensa pelos serviços do Sebrae

Estado de São Paulo registra a abertura formal de 800 mil negócios no primeiro semestre, com procura intensa pelos serviços do Sebrae

Sérgio Vieira22/10/21 - 09h30Quando os primeiros casos de Covid-19 chegaram ao Brasil, em março de 2020, a então estudante Amanda Lima Nascimento, com 17 anos, estava animada com o trabalho de atendente em um restaurante italiano que lhe assegurava um salário inicial de R$ 500, como jovem-aprendiz. Moradora da comunidade de Paraisópolis, em São Paulo, entregava metade da remuneração para a mãe e, assim, contribuía com as despesas de casa. Mas, com o fechamento de bares e restaurantes a partir da necessidade do isolamento social, veio o baque. Foi dispensada do trabalho e se viu obrigada a pensar em alternativas para garantir parte da renda familiar.

Como o homem esqueceu o mais valioso tesouro, o silêncio - Aliás - Estadão Afinal, esses alimentos são vilões ou mocinhos? - Saúde - Estadão A inteligência artificial será capaz de aprender ética e moralidade? - Link - Estadão

Diante da dificuldade, Amanda resolveu dar um passo importante em abril deste ano: abriu seu próprio negócio, com tudo formalizado, a partir de um dom que já tinha, mas que ainda não lhe rendia retorno financeiro. Hoje com 19 anos, tem um pequeno salão para produzir tranças e penteados em suas clientes, na mesma comunidade em que mora, e já consegue uma renda perto de R$ 5 mil, dez vezes mais do que ganhava no restaurante. Ela é uma entre os 800 mil empreendedores de São Paulo que se formalizaram de janeiro e junho deste ano para desenvolver um trabalho próprio. “Mudou completamente minha vida. Sinto-me realizada”, disse Amanda, que agora já pensa em voos mais altos. “Quero ter meu salão em espaço próprio, sem pagar aluguel, e abrir outras unidades”, afirmou a empreendedora, que também já dá cursos para quem quer virar hair stylist.

Para o diretor-superintendente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo (Sebrae-SP), Wilson Poit, o grande número de pessoas empreendendo é positivo, ante um cenário de 14,1% de desemprego, com 14,4 milhões de brasileiros sem trabalho, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). “Apesar de termos muitas histórias tristes, de gente que está sobrevivendo, mas endividado, temos uma coleção de histórias incríveis”, disse. “O segredo é descobrir onde está o consumidor agora. O modelo híbrido veio para ficar.” headtopics.com

“A cidade de São Paulo está com uma velocidade ainda maior no ritmo de formalizações”Wilson Poit, diretor-superintendente do Sebrae-SP (Crédito:Divulgação)Investimentos em digitalizaçãoA perspectiva do dirigente é de que, a partir do resultado alcançado nos primeiros seis meses do ano, o Estado de São Paulo feche 2021 com 1,5 milhão de novos pequenos negócios. O desempenho registrado no território paulista representa pouco mais de um terço das 2,1 milhões de micro e pequenas empresas abertas no Brasil no primeiro semestre. Poit acredita que o País deverá fechar 2021 com 4 milhões de novos empreendedores formais dessse tipo. “São Paulo está com uma velocidade ainda maior no ritmo de formalizações. No ano que vem, o Sebrae vai completar 50 anos e o órgão nunca foi tão demandado como agora”, afirmou o diretor, ao recomentar os serviços gratuitos da instituição, que já estão sendo oferecidos presencialmente. “A taxa de sobrevivência é muito maior para quem nos procura. Os empreendedores, por necessidade, precisam muito da gente.” Em setembro, o Sebrae-SP realizou 14,5 mil atendimentos por dia, em média. Além de abrir seu negócio, Amanda Nascimento também fez curso de especialização de gestão oferecido pela entidade.

Para acelerar ainda mais a abertura de empresa e desburocratizar o processo, o Sebrae-SP fez parceria com a Junta Comercial de São Paulo (Jucesp), em abril. São R$ 7 milhões de investimentos para digitalizar dois projetos. Um deles visa melhorias na plataforma Balcão Único, de análise automática das solicitações de abertura. A ferramenta era usada desde janeiro apenas na capital paulista e agora está sendo disponibilizada para outros municípios do Estado. Desde sua implantação foram constituídos 3.630 negóocios, sendo 71% do tipo sociedade limitada, com média de tempo para a abertura de 32 minutos e 2 segundos. O outro projeto é desenvolver o Banco de Dados Mestre, para coletar e agregar todos os dados obtidos na ocasião da constituição da empresa. Com estímulo ao empreendedorismo, o Brasil vai driblando a crise.

Copyright © 2021 - Editora TrêsTodos os direitos reservados.Nota de esclarecimento Consulte Mais informação: Revista ISTOÉ »

Os 9 limites que mantêm a Terra em equilíbrio - BBC News Brasil

A nossa repórter Camila Veras Motta explica que limites são esses neste vídeo.

que merda de foto esquisita é essa....? não tinha outra com posição melhor não ? kkkkkkk

Documentário sobre Ziraldo será apresentado na Mostra Internacional de Cinema em São Paulo - Cultura - Estadão'Ziraldo - Era Uma Vez Um Menino', dirigido por sua filha Fabrízia Pinto, será exibido semana que o cartunista completa 89 anos Cultura R.I.P Ziraldo, gostava dele 😧 Cultura Arrependa-se e prepare o caminho o Messias está vindo!

'Pôneiterapia': Pôneis auxiliam tratamento de crianças com câncer em São PauloPacientes internados no Hospital das Clínicas da USP recebem visitas mensais de dois pôneis. Ideia surgiu de sonho de menino, que teve alta 35 dias após realizá-lo. Qual a necessidade disso? Mais uma lacração perfeitooo 😭😭♥️

Ladrões idosos fazem arrastão em padaria de São Paulo - ISTOÉ IndependenteLadrões idosos invadiram uma padaria na zona norte de São Paulo, causaram confusão e medo e roubaram o local. De acordo com a Record TV, a idade avançada dos bandidos chamou a atenção das vítimas que estavam no local. A ação deles, que aconteceu por volta das cinco da manhã, foi flagrada por câmeras de […]

São Paulo pode ser obrigado a comprar Calleri por meta; veja valoresTricolor terá que comprar atacante argentino caso ele atinja 30% dos minutos da equipe até o fim de 2022. Valor de compra é de três milhões de dólares (cerca de R$ 17 milhões) São Paulo faz cada contrato esquisito!

Red Bull Bragantino x São Paulo: veja preços dos ingressos e orientações para a torcida visitanteCom nova determinação da CBF, torcida do São Paulo, visitante, poderá assistir ao jogo contra o Red Bull Bragantino. Ingressos custam R$ 40 (R$ 20, meia-entrada)

São Paulo pode ser obrigado a comprar Calleri por meta; veja valores - ISTOÉ IndependenteTricolor terá que comprar atacante argentino caso ele atinja 30% dos minutos da equipe até o fim de 2022. Valor de compra é de três milhões de dólares (cerca de R$ 17 milhões)