Um dia após Mandetta enfatizar isolamento social, Bolsonaro passeia pelo comércio de Brasília

Blog da @AndreiaSadi: Mandetta diz a Bolsonaro que, enquanto for ministro, vai contrariá-lo se orientação não for técnica #G1

30/03/2020 02:00:00

Blog da AndreiaSadi: Mandetta diz a Bolsonaro que, enquanto for ministro, vai contrariá-lo se orientação não for técnica G1

Presidente provocou pequenas aglomerações ao fazer selfies e conversar com apoiadores, contrariando recomendações do ministro da Saúde e de outras entidades médicas.

Um dia depois de o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, dizer que as pessoas devem permanecer em casa, em isolamento social, para evitar a disseminação do coronavírus, o presidente Jair Bolsonaro saiu de carro da residência oficial do Palácio da Alvorada, na manhã deste domingo (29), para fazer um passeio por Brasília.

Repórter é preso ao vivo ao cobrir protestos pela morte de homem negro nos EUA - CartaCapital Inquérito das fake news pode abrir caminho para cassação de Bolsonaro no TSE - Política - Estadão PIB do Brasil cai 1,5% no 1º tri, mesmo sem impacto total da pandemia

Ele foi a uma farmácia e a uma padaria no bairro Sudoeste, em Brasília, depois ao Hospital das Forças Armadas e ao centro de Ceilândia, uma das regiões administrativas do Distrito Federal.Nas ruas, a presença do presidente provocou pequenas aglomerações, contrariando as recomendações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial de Saúde (OMS).

No Sudoeste, ouviu grito de "Abre o comércio, presidente". Uma mulher fez um apelo por isolamento. "Isolamento para nós, hein? Sem isolamento, a gente não vai conseguir". Outros desejaram boa sorte. "Presidente, Deus te ilumine".

Do Sudoeste, Bolsonaro seguiu para o Hospital das Forças Armadas. Na saída, se aproximou de pessoas e fez fotos, juntando o rosto ao de apoiadores que o aguardavam do lado de fora."Passei por lá também para ver como estava o fluxo de pessoas porventura chegando", afirmou Bolsonaro ao retornar do passeio, sobre a visita ao hospital. Ele não quis responder ao ser indagado se fez exame. "Que pergunta, meu Deus do céu. Outra pergunta", disse.

Em seguida, foi ao centro de Ceilândia, onde uma aglomeração maior se juntou. Alguns populares aparentemente eram maiores de 60 anos, grupo mais vulnerável ao contágio do novo coronavírus.O presidente parou para conversar com um ambulante que vende espetinhos de churrasco. O vídeo com a gravação da conversa foi postado na página de uma das redes sociais do presidente.

Decreto do último dia 19 do governador Ibaneis Rocha (MDB), determinou o fechamento até o próximo dia 5 de lojas, bares, restaurantes e a proibição de cultos e missas no Distrito Federal devido ao coronavírus. Escolas também estão com as atividades suspensas. De acordo com o decreto, podem se manter em funcionamento clínicas médicas, laboratórios, farmácias, postos de gasolina, mercados, lojas de material de construção e padarias.

Sob o argumento de que as reações à crise são motivadas por "histeria" e "pânico", Bolsonaro vem defendendo a reabertura do comércio e de escolas, embora o Ministério da Saúde tenha posição contrária. O fechamento desses estabelecimentos é medida recomendada por especialistas como forma de conter a disseminação do coronavírus.

Rafa Kalimann celebra contrato com a Globo: 'Espero por essa oportunidade desde os 14 anos' Ministério de Damares gasta apenas 2 mil reais com mais vulneráveis na pandemia - CartaCapital Jornalista é detido durante cobertura de protestos em Minneapolis

No sábado (28), Bolsonaro fez uma reunião com Luiz Henrique Mandetta e outros ministros no Palácio da Alvorada a fim de discutir medidas contra a crise do coronavírus. No mesmo dia, uma juíza do Rio de Janeiro proibiu a veiculação da propaganda "O Brasil não pode parar", registrada em uma das páginas de redes sociais do governo e cujo vídeo foi compartilhado por parlamentares bolsonaristas. Segundo a Secretária de Comunicação da Presidência, o vídeo era de "caráter experimental" e não existe uma campanha publicitária sobre o assunto.

Consulte Mais informação: G1 »

AndreiaSadi E qual o problema nisso? A imprensa oportunista já quer criar uma crise! Bando de pau mandados como os do G1. AndreiaSadi Mais um 'baseados em fatos que inventei' AndreiaSadi AndreiaSadi Então o plano estratégico para debelar o CORONAVIRUS está dependendo de um cabo de guerra entre um capitão e um médico. É O FIM!!!!

AndreiaSadi Perfeito. Assim q tem q ser. Bom q o Mandetta tem espaço pra falar na lata do presidente. Se fosse na Venezuela ou na China teria q baixar a cabeça e concordar com o 'Rei' sempre. AndreiaSadi AndreiaSadi Mandetta escrotto AndreiaSadi Rogo a Deus que continue dando saude e serenidade ao Ministro Mandetta!!! Sem sua persistência e coragem, estaríamos sendo empurrados para o abismo da insensatez. SAÚDE ACIMA DE TUDO. DEUS ACIMA DE TODOS.🇧🇷

AndreiaSadi Globolixo AndreiaSadi Eu já peguei isso é foi igual o presidente falo é igual uma gripe acho resfriado AndreiaSadi Mia Khalifa eu te amo morena. AndreiaSadi Pior que tô com fome já vo vê se algum trabalho ali AndreiaSadi A coisa ta esquentando e não vejo um bom final! AndreiaSadi Pensem em um assunto no qual Trump, Maduro, Boulos e Amoedo concordam. Todos concordam com o isolamento. Só o Mico discorda.

Um dia após Mandetta enfatizar o isolamento social, Bolsonaro passeia pelo comércio de BrasíliaPresidente provocou pequenas aglomerações ao tirar selfies e conversar com apoiadores, contrariando recomendações do ministro da Saúde e outras entidades médicas. Depois, foi a um hospital, mas não informou o motivo É uma anta teimosa pqp old que esse dai não sabe seguir regras Quando o número de mortes aumentar, em números próximos aos diários da Europa, quero ver qual vai ser o discurso dele e seus capangas. Desgoverno total.

Para governadores do Nordeste, postura de Bolsonaro é um 'atentado à vida' - CartaCapitalApós uma reunião, os políticos divulgaram uma carta pedindo que o presidente respeite o trabalho que vem sendo feitos nos estados. Leia: Atentado a vida ,mas quando morrem de fome ,sem escolas ,sem hospitais , sem trabalho ,sem casas e estes mesmos políticos não mantém a dignidade humana aos nordestinos agora vem com essa hipocrisia .

Chefe de um palácio tomado pelo vírus, Bolsonaro não deveria estar na rua | RadarRadar: Chefe de um palácio tomado pelo vírus, Bolsonaro não deveria estar na rua (via radaronline) radaronline Tomado pelo vírus? Acho que não! É mesmo que fosse verdade, o vírus na maioria dos casos causa uma gripe, e não incapacidade de comando! Ou seja, vai se catar! radaronline ''Volta cleptocraciae traz de volta aquelas gordas verbas de publicidade estatal que enchiam os nossos cofres de felicidade!''😭😭😭

Coronavírus: a dor de quem perdeu um familiar ou um amigoFilha cita angústia de ter a mãe internada após a morte do pai; mãe alerta para problema que 'existe e está aqui'; sobrinho lamenta não poder abraçar após perder tio. Brasil registrava 92 mortes nesta sexta-feira. Coloque essa na conta do Bolsonaro tbm!!! Afinal a culpa é sempre dele mesmo... Minha vó foi internada com insuficiência cardíaca e no hospital o médico me disse que ela pegou uma pneumonia lá e suspeita de ser corona, ninguém tá livre disso. Agora ela está entubada, aguardando o resultado dos exames

Neto ataca Sampaoli: 'Ele é um mentiroso no futebol, não sabe nada'Apresentador da Bandeirantes nutre aversão ao treinador do Atlético-MG desde os tempos que o argentino comandava o Santos  Quem sabe muito é o neto kkkkk Bom eo carille 10neto Como a imprensa esportiva ainda insiste em dar ouvidos ao que o Neto 'fala'? Como disse o baixinho Romário: 'Calado é um poeta'. Como fala besteira esse Neto....

Xiaomi lança “moto” elétrica mais barata que um celularSão dois modelos com bateria removível e câmera 1080p integrada para gravar o percurso tecmundo Se for um iPhone, da para comprar um monza ainda kkk Nao vejo a hora de ter uma! marchwill e mvcmendes a era dos patinetes está chegando ao fim... 🤔🤔🤔