Trump promete acionar Forças Armadas para conter tumultos em protestos

Trump promete acionar Forças Armadas para conter tumultos em protestos

02/06/2020 05:20:00

Trump promete acionar Forças Armadas para conter tumultos em protestos

Presidente dos Estados Unidos sinalizou que pretende usar todos os recursos - civis e militares - para conter sequência de saques e episódios de vandalismo

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta segunda-feira (1) que irá mobilizar todos os recursos — civis e militares — do governo federal para impedir tumultos, saques, vandalismo e a"destruição arbitrária de propriedades", em suas palavras, nas manifestações que já tomaram conta de pelo menos 30 cidades americanas desde a semana passada.

Instrutor de tiros morre no ES após disparo acidental contra o próprio peito no dia do aniversário Naya Rivera ajudou filho a subir ao barco antes de desaparecer, diz polícia Polícia faz busca e apreensão na casa de PC Siqueira após acusações de pornografia infantil nas redes sociais

O protestos foram motivados pela morte de um homem negro, George Floyd, sob custódia policial em Minneapolis no último dia 25. Em um vídeo, o ex-policial Derek Chauvin, branco e hoje detido, é visto pressionando com o joelho o pescoço de Floyd, que diz repetidamente não conseguir respirar.

Para Trump, que fez pronunciamento da Casa Branca nesta segunda-feira,"todos americanos ficaram enojados e revoltados, com razão, pela morte brutal de George Floyd", que"não terá morrido em vão". Mas a reação à morte teria sido tomada"por anarquistas profissionais, multidões violentas, incendiários, saqueadores, criminosos, grevistas, antifa e outros" (neste último caso, uma abreviação de"antifascistas").

"Estes não são atos de protesto pacífico. São atos de terrorismo doméstico", afirmou."Conforme estamos falando (no pronunciamento), estarei despachando milhares e milhares de soldados fortemente armados, forças militares e policiais para interromper tumultos, saques, vandalismo, assaltos e a destruição arbitrária de propriedades", acrescentou, destacando que violadores da lei seriam punidos severamente e com longas penas na cadeia.

Críticas a governadoresA morte de George Floyd motivou protestos de resistência contra a violência policial Foto: AFP/Getty ImagesO presidente também criticou gestores locais, seguindo a linha de uma conversa que teve mais cedo com governadores, na qual afirmou que eles eram"fracos" e motivo de chacota mundial por sua reação aos protestos.

PUBLICIDADETrump classificou a última noite em Washington D.C. como uma"desgraça", garantindo que o toque de recolher na capital seria"rigorosamente aplicada" na noite desta segunda-feira.A Guarda Nacional em Washington, com cerca de 1.200 agentes, já está inteiramente designada para trabalhar nas manifestações, mas uma fonte do órgão afirmou que outras centenas de agentes de cinco Estados foram convocadas à capital para reforçar a resposta. Esta mesma fonte afirmou que parte da equipe pode estar equipada com armas letais,"caso o presidente decida armá-la".

Sem máscara e com BíbliaO presidente americano caminhou até a igreja St John, em Washington Foto: Getty ImagesDepois do pronunciamento na Casa Branca, Trump atravessou o parque Lafayette até chegar à igreja St John, visitada por todos os presidentes americanos desde 1816.

Número de mortos pela PM em 2020 é recorde em SP; policiais dos batalhões da região metropolitana mataram 70% mais Quem fuma maconha faz mais sexo, indica estudo - ISTOÉ Independente UnB expulsa 15 estudantes, cassa diplomas e anula créditos por fraude em cotas raciais

Da parte exterior da igreja, segurando um exemplar da Bíblia, o presidente americano afirmou:"Temos a maior nação do mundo. Vamos mantê-la agradável e segura."Em meio à pandemia de coronavírus, que colocou os EUA na liderança em número de casos (1.809.109) e mortes (105.099) em todo o mundo, Trump fez o trajeto e a fala na igreja sem máscara, assim como seus assessores. No grupo que acompanhou o presidente, apenas sua filha, Ivanka Trump, aparecia de máscara.

Escolha as edições de sua preferência: Consulte Mais informação: Época »

GeorgeFloydprotest “Não consigo respirar”. Foram estas as últimas palavras de George Floyd, que circulam pelo mundo. 8 minutos e 46 segundos: como George Floyd foi morto na custódia da polícia. Os fascistas : 'Ódio, ódio, ódio rancor! Vá se amar! Vá se libertar! Vá se curar!' Aprendeu com o Bolsonaro.

Lembrem oq ele falou sobre ' free Hongkong' kkk.... Quando se impõe a força é porque não sabe fazer política, com equilíbrio e equidade. O pedido de violência de Trump são exemplo de fraqueza do discurso e de caráter. É na crise que se revela o homem EpocaLixo GloboLixo

Trump promete acionar Forças Armadas para conter tumultos em protestosEm pronunciamento, presidente afirmou que americanos ficaram 'revoltados, com razão, pela morte brutal de George Floyd', mas que manifestações foram tomadas por 'terrorismo doméstico'. Depois, Trump seguiu para uma igreja perto da Casa Branca — sem máscara É, enquanto ele nem dá um pio quando os verdadeiros terroristas domésticos saem atirando... É um bosta esse laranjão Entendo a revolta, pois nada justifica matar cruelmente uma pessoa. Mas, para combater o racismo, é preciso usar a voz e inteligência, não o vandalismo e a violência. 'Violência so gera violência' dps que batem querem manter a paz, fuck the President, fuck the cops, fuck W.P, atrasados uns 500 anos

O que é o artigo 142 da Constituição, que Bolsonaro citou por intervenção das Forças ArmadasPresidente e seus apoiadores recorreram ao artigo 142 da Constituição para tentar justificar a ideia de que existe possibilidade constitucional de intervenção militar, mas juristas dizem que tese é 'absurda'. O cara tenta parecer Mussolini e chega no máximo a cantinflas. Ai vc visita o perfil dos 'juristas' não ligados ao governo e verifica que todos são marxistas. Tomem vergonha na cara seus imundos.

A relação abusiva de Bolsonaro com as Forças Armadas | Thomas TraumannA participação do ministro da Defesa em ato político rompe o apartidarismo dos militares traumann Kkkkk, esqueceu que o cara é militar estagiário ? Que medo em ? traumann Tão com medo vagabundos ? Viva 64 traumann Ontem na Avenida Paulista ressuscitaram até o sargento Pincel bolsominion dos antigos Estrapalhões 😂🤣 Sou veterano de guerra do caraio 😂🤣 NãoAosFascistas BolsonaroAcabouPorra OsFascistasNãoPassarão TorcedoresAntifascistas

Trump ameaça enviar tropas para cidades onde acontecem protestos - Internacional - EstadãoPresidente americano disse que país foi dominado por 'anarquistas profissionais' e posou com bíblia na mão Inter Kd o sniper? Inter 'Meus sentimentos, como Cristão, mostram meu Deus e Salvador como um guerreiro. Como Cristão, tenho o dever de ser um guerreiro pela justiça e verdade' Adolf Hitler , Munique - 1922 - Sempre colocam Deus no meio. Entendedores entenderão. Inter Está na hora!!

Trump ameaça mandar o Exército às ruas: “São atos de terrorismo doméstico”Em uma mensagem para a nação, o presidente dos EUA garante que recorrerá às forças armadas se os governadores, a quem ele acusou de serem “fracos”, não acabarem com os protestos ForaTrump BlackLifesMatters ForaBol卐onaro ForaBolsonaroEseuBandodeCriminosos Parece que o que ele tá fazendo é totalmente uma exceção, pois geralmente os militares não agem nessas coisas. Isso seria tarefa da força nacional, e quando feito seria feito pelo congresso. Esse presidente é um maluco.

Trump condena ‘atos de terrorismo doméstico’ e ameaça usar militaresPresidente americano também pediu aos governadores que 'mobilizem a Guarda Nacional em quantidade suficiente capaz de controlar as ruas' Vc combina com o jairbolsonaro . Pede ele em namoro cara Parabéns Trump.... Meta o pau nesses terroristas safados. VIDEO LONGO MAS REVELADOR DA VERDADE SOBRE NOSSO PAIS.IMPRENSA MENTE. 66% DO TERRITÓRIO NACIONAL É ÁREA NATIVA,INTACTA DESDE DESCOBRIMENTO DO BRASIL,ÁREA INEXPLORADA!.NENHUM PAIS DO MUNDO TEM ESTE VOLUME COLOSSAL DE TERRITÓRIO NÃO EXPLORADO ECONOMICAMENTE.