Donald Trump, Eua, Turquia

Donald Trump, Eua

Trump anuncia fim das sanções contra a Turquia

Trump anuncia fim das sanções contra a Turquia

23.10.2019

Trump anuncia fim das sanções contra a Turquia

Decisão ocorre após governos turco e russo acertarem criação de 'zona de segurança' no nordeste da Síria

O presidente Donald Trump anunciou nesta quarta-feira que os Estados Unidos levantarão as sanções impostas contra a Turquia na semana passada em retaliação à ofensiva militar turca no norte da Síria. Ao anunciar o fim das medidas, Trump mencionou o cessar-fogo temporário ao longo da fronteira turca com a Síria, que disse considerar"um sucesso". saiba mais "No início desta manhã, o governo da Turquia informou a meu governo que interromperia o combate e sua ofensiva na Síria e tornaria o cessar-fogo permanente", disse ele em um discurso televisionado na Casa Branca. Na noite de terça-feira, a Turquia anunciou que não retomaria a sua ofensiva militar contra as forças curdas. A trégua foi acertada junto com a Rússia e prevê ainda que a milícia curda Unidades de Proteção do Povo (YPG) deixe a fronteira entre a Síria e a Turquia em até 150 horas. Depois disso, militares russos e turcos patrulharão em conjunto uma faixa de dez quilômetros junto à fronteira. "Portanto, instruí o Secretário do Tesouro a suspender todas as sanções impostas em 14 de outubro em resposta aos movimentos ofensivos originais da Turquia contra os curdos na região da fronteira nordeste da Síria", acrescentou."As sanções serão levantadas, a menos que aconteça algo com que não estejamos felizes." Trump disse ainda que um"pequeno número" de tropas americanas permanecerá nos campos de petróleo da Síria, apesar de uma retirada mais ampla dos americanos do país."Nós garantimos o petróleo e, portanto, um pequeno número de tropas americanas permanecerá na área onde eles têm petróleo", enfatizou. "O anúncio de hoje valida nosso curso de ação com a Turquia, que apenas algumas semanas atrás foi desprezado, e agora as pessoas estão dizendo: uau, que ótimo resultado, parabéns", acrescentou. Trump sugeriu ainda que seu encontro com o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, previsto para 13 de novembro na residência oficial em Washington, vai mesmo ocorrer. Em uma mensagem no Twitter, ele também disse que a criação de uma zona de segurança entre os turcos e curdos é um"sucesso". "Grande sucesso na fronteira entre a Turquia e a Síria. A zona de segurança foi criada! O cessar-fogo foi respeitado, e as missões de combate terminaram", escreveu. A ofensiva turca foi desencadeada após o anúncio da retirada militar americana do nordeste sírio, que foi denunciada em diversos círculos internos e internacionais como um abandono dos curdos, que haviam sido aliados de Washington na luta contra o grupo jihadista"Estado Islâmico" (EI). Após o início da ofensiva, os EUA desempenharam um papel por vezes contraditório. Trump expressou várias vezes desdém pelos seus antigos aliados, chegando a sugerir que os curdos deveriam procurar a ajuda do antigo imperador francês Napoleão Bonaparte. Por outro lado, o governo americano impôs sanções contra três ministros de Erdogan, além de anunciar uma alta de até 50% sobre as tarifas de importação do aço produzido pela Turquia. A Casa Branca também chegou a fechar momentaneamente as portas para a negociação de um possível acordo comercial entre os dois países. Apesar de as sanções terem sido levantadas nesta quarta-feira, o Congresso dos EUA segue debatendo um pacote de sanções contra a Turquia, e pode implantá-las mesmo que Trump não esteja de acordo. A decisão de abandonar os curdos também teve impacto na política interna americana. Na semana passada, a Câmara de Representantes dos Estados Unidos aprovou, por ampla maioria, uma resolução que condena a decisão de Trump de retirar as tropas americanas do norte da Síria. Veja também: Previsão Brasil - Muita chuva em MG e ES A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Consulte Mais informação: Terra

GENTE NUNCA PODIA IMAGINAR QUE TRUMP SERIA O MELHOR PRESIDENTE DOS EEU DOS ÚLTIMOS TEMPOS...!

Trump anuncia retirada de sanções à Turquia por invasão à SíriaMoscou e Ancara fecham acordo sobre controle conjunto de parte do território sírio ocupado pelos turcos, enquanto tropas americanas saem do país a cara nem treme

Em depoimento ao Congresso, outro diplomata admite pressão de Trump sobre Ucrânia - Internacional - EstadãoMuito incomodado, o presidente comparou a investigação da qual é alvo para a abertura de processo de impeachment a um 'linchamento', termo associado ao assassinato de negros por brancos nos séculos 19 e 20 1. Não admite. Vcs não sabem fazer reportagem. Ele é um embaixador 'never trump', q não teve acesso a transcrição da ligação entre o Trump e o Presidente da Ucrânia, qdo escreveu o outro diplomata falando q achava q estava havendo 'chantagem'.

Trump é criticado após descrever processo de impeachment como 'linchamento' - ISTOÉ IndependenteO presidente dos Estados Unidos, Donald Trump , disse nesta terça-feira (22) que a investigação que pode levar a um impeachment contra ele é um “linchamento”, uma palavra relacionada a um período sombrio da escravidão no país. “Se algum dia um democrata for presidente, e os republicanos ganharem a Câmara de Representantes, inclusive por uma margem … Os democratas não conseguindo algum candidato a altura de competir com Trump partem para a estratégia do 'tapetão'! Só faltou combinar com os 'Russos', ou seja o povo americano. Com essa cara tem mais é que sumir mesmo...pqp

Diplomata dos EUA na Ucrânia admite a pressão de Trump contra ZelenskiTestemunho de William Taylor no processo de impeachment do presidente americano reforça versão de uso de poder contra adversários políticos Como fala delação premiada em inglês? Fake News

Trump anuncia retirada de sanções à Turquia por invasão à SíriaMoscou e Ancara fecham acordo sobre controle conjunto de parte do território sírio ocupado pelos turcos, enquanto tropas americanas saem do país a cara nem treme

EUA não descartam ação militar contra Turquia na SíriaO secretário de Estado, Mike Pompeo, reiterou, no entanto, a intenção de continuar com a pressão diplomática e econômica contra Ancara Ação contra membro da OTAN? Mais fácil chover dinheiro. Está precisando libertar esse povo daqueles ditadores



Nunca um presidente foi tão vulgar com uma mulher. Espere o efeito bumerangue

Bolsonaro pode sofrer impeachment por xingar repórter, diz Miguel Reale Jr

Huck: Bolsonaro ultrapassou fronteira da decência com ofensa a repórter

Huck: ‘As fronteiras da decência foram ultrapassadas hj’

‘Oito horas sem comer, só consegui tomar água’: o cadeirante que entrega comidas por aplicativos na avenida Paulista

‘Tô aqui desarmado e vou enfrentar’, avisou Cid antes de ser baleado | Radar

Quebra de decoro - Política - Estadão

Escrever Comentário

Thank you for your comment.
Please try again later.

Últimas Notícias

Notícia

23 outubro 2019, quarta-feira Notícia

Notícias anteriores

Uma dolorosa sombra na parceria entre Paulo Coelho e Raul Seixas

Próxima notícia

Celular dobrável da Huawei, Mate X vai ser lançado na China por US$ 2,4 mil - Link - Estadão
Descontrole total - Opinião - Estadão Sem aval da Justiça, Suzane von Richthofen perde semestre na faculdade após dez faltas Doria, Gilmar e Maia veem escalada de ‘autoritarismo’ no Planalto - Política - Estadão Diga-me o que te preocupa e te direi quem és ‘Vou enfrentar sob o custo da minha vida’, disse Cid Gomes ao chegar a Sobral - Política - Estadão Bloco de carnaval homenageia cientista demitido do Inpe por Bolsonaro após polêmica Paciente toca violino durante cirurgia para retirar tumor do cérebro - Saúde - Estadão Bolsonaro e Moro não condenam greve da PM no CE Governador da Bahia diz que vídeo de autópsia de miliciano divulgado por Flávio é falso - Política - Estadão ‘Declaração de Heleno reforça ideia de que Executivo é superior ao Congresso’, diz analista - Política - Estadão Deputados da bancada da bala registram BO contra Cid Gomes por tentativa de homicídio - CartaCapital Mulher morta com mais de 15 facadas no meio da rua tinha sido assediada por suspeito um dia antes
Nunca um presidente foi tão vulgar com uma mulher. Espere o efeito bumerangue Bolsonaro pode sofrer impeachment por xingar repórter, diz Miguel Reale Jr Huck: Bolsonaro ultrapassou fronteira da decência com ofensa a repórter Huck: ‘As fronteiras da decência foram ultrapassadas hj’ ‘Oito horas sem comer, só consegui tomar água’: o cadeirante que entrega comidas por aplicativos na avenida Paulista ‘Tô aqui desarmado e vou enfrentar’, avisou Cid antes de ser baleado | Radar Quebra de decoro - Política - Estadão Lula é investigado a pedido de Moro com base na Lei de Segurança Nacional A mando de Moro, PF avalia enquadrar Lula na Lei de Segurança Nacional por fala sobre Bolsonaro e milícia Senador Cid Gomes tenta entrar em batalhão da polícia com retroescavadeira e é baleado com tiro de bala de borracha Morre o criador do 'copiar e colar' (o CTRL C, CTRL V) Sorte para o azar | Dora Kramer