Três celebridades ficaram mal no retrato

25.8.2019

Macron, Cristiano Ronaldo e Madonna precisam visitar o Brasil com mais frequência

postou uma foto de 1989. Em seguida, reincidiu com a publicação de outra foto feita por um profissional morto em 2003. Fez tabelinha com Cristiano Ronaldo, que preferiu um incêndio no Rio Grande do Sul. E animou Madonna a manifestar-se contra o presidente Borsalino, que deve ser

. Com aliados assim, a floresta não precisa de inimigos.

Consulte Mais informação: VEJA

Combate à corrupção no país está sob ataque dos três Poderes, diz DeltanProcurador que chefia a Lava Jato em Curitiba cita Congresso, Supremo e governo Bolsonaro Deltan acredita que Bolsonaro se apropriou da pauta anticorrupção durante a eleição, mas na prática a coloca em segundo plano

Teatro Municipal vai receber três filmes da Mostra de Cinema de São PauloUma das novidades da 43ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo vai ser a exibição de filmes em três dias diferentes no

Gabriel Jesus sofre lesão na coxa e só voltará a atuar em três semanasManchester City anunciou a lesão minutos antes da partida deste domingo, contra o Bournemouth

Opinião - Marcelo Leite: Retrocesso fumegante de três décadasMarcelo Leite |Retrocesso fumegante de três décadas; alemães demoliram o Muro da Vergonha. Bolsonaro brinca com fogo para erguer o seu entre brasileiros

Carlos Bolsonaro critica Macron e o chama de 'Doria francês' - CartaCapitalO filho 02 de Bolsonaro saiu em defesa do pai, criticado por líderes mundiais pelas políticas referentes às queimadas na Amazônia.

Presidente da CRE não gostou do ‘nossa Amazônia’ de MacronO presidente da Comissão de Relações Exteriores do Senado, Nelsinho Trad (PSD-MS), se juntou ao time dos que não ficaram nada satisfeitos com o tuíte do

Escrever Comentário

Thank you for your comment.
Please try again later.

Últimas Notícias

Notícia

25 agosto 2019, domingo Notícia

Notícias anteriores

PF investigará incêndios criminosos na Amazônia, diz Moro

Próxima notícia

Robô-lução: o grande desafio de governar e conviver com as máquinas
PF investigará incêndios criminosos na Amazônia, diz Moro Robô-lução: o grande desafio de governar e conviver com as máquinas