‘Toma que o filho é teu’ | Clarissa Oliveira

Clarissa Oliveira: Governo vai ter que tomar o caminho mais difícil em busca de solução para os precatórios (via @claoliveira)

16/09/2021 18:40:00

Clarissa Oliveira: Governo vai ter que tomar o caminho mais difícil em busca de solução para os precatórios (via claoliveira)

Sem clima para solução que passe pelo Conselho Nacional de Justiça, governo terá que se resolver no Congresso o impasse sobre o pagamento de precatórios

PublicidadePublicidadeQuem vê o diálogo ocorrido ontem entre o presidente do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux, e o ministro da Economia, Paulo Guedes, pode até rir das brincadeiras entre os dois. Enquanto Guedes “pede socorro desesperado” para resolver a conta dos precatórios que enforca ainda mais o Orçamento federal, Fux se rasga em elogios sobre a “inteligência” de Guedes, mas ri o dizer que ele tenta jogar em seu colo um “filho” que não é seu.

Facebook tira do ar live de Bolsonaro com mentira sobre vacina da Covid e Aids Bolsonaro dá munição à oposição ao espalhar fake news e associar vacina e Aids, dizem aliados Ana Maria Braga sofre queda em casa e é internada em hospital de SP para observação

Mas a lógica do “toma que o filho é teu” – que resume perfeitamente a atual situação do debate sobre os precatórios entre o STF e o governo federal – não é em nada engraçada. É o caminho mais difícil para resolver um problema que coloca ainda mais pressão sobre as contas públicas. E que poderia ser encurtado, não fossem os ataques feitos ao Supremo pelo presidente Jair Bolsonaro nos atos de 7 de setembro.

A ideia de permitir um remanejamento da conta de quase R$ 90 bilhões em decisões judiciais prevista para o ano que vem por meio de uma resolução do CNJ parece de fato enterrada, segundo avaliação de ministros do Supremo. “Agora, não tem o menor clima para isso. E é um problema que precisa ser resolvido, porque do jeito que as coisas andam a pressão no teto de gastos só aumenta”, resumiu um deles à coluna hoje pela manhã. headtopics.com

Se o governo não resolver a conta dos precatórios, como bem lembrou Guedes, fica bem mais difícil também tirar a ideia de um novo Bolsa Família turbinado do papel. E o ministro já entendeu faz tempo que o programa social seria uma peça fundamental da estratégia de reeleição de Bolsonaro.

A saída para o governo Bolsonaro agora é fazer uma nova tentativa de resolver o rombo por meio do Congresso. Ontem mesmo, o presidente da Câmara, Arthur Lira, disse que vai tentar um acordo para acelerar a Proposta de Emenda à Constituição que trata do assunto. Mas admitiu que o processo leva mais tempo. E deu a linha de que, para a estratégia dar certo, seria preciso uma boa vontade também do Senado.

Consulte Mais informação: VEJA »

O Assunto #563: CPI - o relatório e o que vem agora

Ao final de 6 meses de investigações, a Comissão Parlamentar de Inquérito mais importante da história do Brasil decidiu indiciar o presidente da República por crime contra a humanidade e mais 8 tipos penais. As ações e omissões que legaram ao país mais de 600 mil mortos na pandemia renderam acusações a outras 65 pessoas - entre elas 4 ministros, 2 ex-ministros, deputados, empresários e 3 filhos de Jair Bolsonaro.

claoliveira De que época mesmo é esse abacaxi claoliveira Mais difícil nao....o mais criminoso! De todas essas tramoias fiscais, esta é a mais grave. claoliveira Não tem outra saída. Negociar com o congresso é o único caminho. Não existe atalho pra esse assunto. claoliveira Paulo Guedes é um farsante e um chantagista! O cara do crescimento em “BTG”.

claoliveira Como se as pessoas que tem que receber esses precatórios é que fossem vilões . Querem dar um calote nas não pensam em cortar mordomias dos militares , políticos e juristas . República das bananas

Guedes defende aumento 'modesto' para o Bolsa Família e pede 'socorro' por precatórios'Guedes é tão meu amigo que coloca no colo um filho que não é meu', disse o presidente do STF, Luiz Fux 'Que as pulgas de mil camelos lhe infestem os testículos e que os braços fiquem curtos demais para coçar' Praga marroquina

Guedes é tão amigo que coloca no meu colo filho que não é meu, diz Fux sobre precatórios - ISTOÉ IndependenteBRASÍLIA (Reuters) – O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, fez nesta quarta-feira acenos ao ministro da Economia, Paulo Guedes, que busca uma chancela da cúpula do Poder Judiciário na solução para o pagamento dos precatórios no próximo ano em meio às dificuldades fiscais do governo. Guedes quer obter um aval do Conselho […] Falou de qual pais? NÃO LIBERE O CALOTE NÃO FUX, O STF TEM RESPONSABILIDADE COM O PAÍS... POLÍTICA QUEM TEM QUE FAZER E ARTICULAR, É O GOVERNO, QUE TEM DINHEIRO PRA COMPRAR MÍSSIL E CRIAR POLÍCIA SECRETA... STF_oficial KKKKKKKKKKKKK a manchete

Guedes pede 'socorro' para precatórios, e Fux brinca: 'coloca no colo um filho que não é meu' - Economia - EstadãoEm evento ao lado do presidente do STF, Luiz Fux, ministro da Economia volta a dizer que podemos precisam conversar sobre os valores dos pagamentos de dívidas judiciais Economia Tem 4 do mesmo pai, conhecidos como reis da rachadinha! Economia O STF anda brincando com a nossa democracia.

O advogado que diz ter encomendado a própria morte para filho receber seguro - BBC News BrasilPara que o filho pudesse receber R$ 52 milhões em seguro de vida, advogado americano tramou sua própria morte, segundo a polícia Esse tipo de renúncia é muito comum entre arranhas e insetos. Mas tb tem os que comem a própria prole. Quanta loucura por dinheiro.... pra um filho que perdeu a mãe e um irmão nada melhor do que dar de presente a perda do pai também eita povo de bem ó 👍 tão de parabens

Paolla Oliveira desmente fake news que cita seu nome, a Globo e Bolsonaro - ISTOÉ IndependentePaolla Oliveira usou seu Instagram para desmentir fake news que tem sido divulgada citando seu nome. Em um longo texto, a atriz explica que uma fala atribuída a ela, e que teria sido dita à revista Caras, é mentira e “nunca existiu”. Segundo a atriz, seu nome foi citado como se ela tivesse dito que […] Bolsojegues acreditam em qualquer baboseira que recebem no Zapzap

Fã transforma Among Us em game de lutaA pergunta de sempre é: por que não? tecmundo