Senadores querem ouvir governo sobre apagão de dados da covid antes de nova CPI | Brasil | O Dia

13/01/2022 13:44:00

Assunto foi discutido durante encontro entre integrantes do observatório, na noite desta terça-feira

Odia, Brasil

Assunto foi discutido durante encontro entre integrantes do observatório, na noite desta terça-feira. Odia

Assunto foi discutido durante encontro entre integrantes do observatório, na noite desta terça-feira

Publicado 12/01/2022 21:47Os senadores que compõem o Observatório da Pandemia, criado após a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, querem ouvir especialistas e também o governo sobre o apagão de dados do Ministério da Saúde antes da abertura de uma nova Comissão Parlamentar de Inquérito. A estratégia é realizar uma reunião pública, ainda neste mês de janeiro, para expor a apuração.

O assunto foi discutido durante encontro entre integrantes do observatório, na noite desta terça-feira."É muito estranho, na hora que se decide exigir o passaporte da vacina, misteriosamente sair do ar o sistema que tem os dados quem foi vacinado", disse ao Estadão/Broadcast o senador Omar Aziz (PSD-AM), que presidiu a CPI em 2021 e comanda o observatório.

Consulte Mais informação:
Jornal O Dia »

Embaixador da Coreia do Sul viraliza ao cantar ‘Evidências’ durante goleada do Brasil na Copa; veja - Estadão

Lim Ki-mo assistiu ao duelo das oitavas de final em sua casa com brasileiros e espantou a tristeza pela eliminação com cantoria; hit do Raça Negra também fez parte do repertório Consulte Mais informação >>

Randolfe protocola pedido para nova CPI da Covid no SenadoO senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) afirmou, pelas redes sociais hoje, que será protocolado um pedido de abertura de uma nova CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid.*em atualização CPI tem que investigar o Augusto Aras,ele está sentado encima dos crimes do vagabundo. BolsonaroVagabundo Isso aí!!! e um brincalhao

Randolfe apresenta pedido de instalação de nova CPI da Covid no Senado - Política - EstadãoO atraso no início da vacinação de crianças de 5 a 11 anos e o apagão de dados no Ministério da Saúde após um ataque hacker estão entre os pontos que seriam alvos de apuração do colegiado Politica De novo? Pra quê mesmo? Foi algum ser indiciado na primeira CPI? 🤔 Politica E qual foi a conclusão da primeira CPI? Politica Obrigado senador por representar o desejo da população brasileira. Chega de omissões, de um PGR que sentou em cima do relatório e nada aconteceu. O Brasil clama por soluções e justiça por toda as vítimas desse genocídio sob Bolsonaro.

Randolfe pede ao Senado abertura de nova CPI da CovidSenador também é autor do pedido inicial que resultou na abertura da primeira CPI da Covid Mais um circo para os palhaços do senado federal nos divertir. CPIdaCovid Não adianta. Lamentavelmente nada define melhor nossa sociedade no momento q essa frase do Lima Barreto ENTÃO NÉ, DE NOVO? A VOSSA EXCELENCIA NAO PARA DE PASSAR VERGONHA, VAI FAZER OUTRA CPI DO CIRCO? PRA QUE? KKKKKKKK VAI CORRENDO NO STF ENCHER A PACIENCIA DELES OK ME POUPE ESPERO QUE O POVO QUE O ELEGEU NAO VOTE MAIS EM VC OK BOLSONARO2026

Randolfe e Renan querem nova temporada para CPI da Pandemia no Senado | Radar Senadores vão tentar reunir assinaturas para reabrir investigação contra o governo de Jair Bolsonaro radaronline Absurdo! Outra CPI será inútil como a primeira, além do custo muito alto. Chega de brincadeira! radaronline Vagabundos histéricos, desocupados, jogando fora dinheiro suado do trabalhador! radaronline Dois comediantes!

Randolfe apresenta pedido para nova CPI da Covid no SenadoO pedido, endereçado ao presidente do Senado, visa a investigar atos e omissões do governo Bolsonaro no combate à pandemia a partir de novembro do ano passado Esse aí quer palanque para se eleger. Investigar as milhares de vítimas por mal súbito. VAMOS INVESTIGAR AS MEDIDAS IRRESPONSÁVEIS DE VCS SENADORES. Esse é um fanfarrão kkkk, não leva a lugar nenhum.

Randolfe apresenta pedido para instalação de nova CPI da Covid no Senadomais facil esses senadores colocarem uma melancia no pescoço pra aparecer mais Só gente 'boa'. Nesta foto né !! Aff.... ninguém merece...

[email protected] Publicado 12/01/2022 21:47 Os senadores que compõem o Observatório da Pandemia, criado após a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, querem ouvir especialistas e também o governo sobre o apagão de dados do Ministério da Saúde antes da abertura de uma nova Comissão Parlamentar de Inquérito.Atualizada em 11/01/2022 17h26 O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) afirmou, pelas redes sociais hoje, que será protocolado um pedido de abertura de uma nova CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid.Jair Bolsonaro no combate à pandemia a partir de novembro do ano passado.11.

A estratégia é realizar uma reunião pública, ainda neste mês de janeiro, para expor a apuração. O assunto foi discutido durante encontro entre integrantes do observatório, na noite desta terça-feira."É muito estranho, na hora que se decide exigir o passaporte da vacina, misteriosamente sair do ar o sistema que tem os dados quem foi vacinado", disse ao Estadão/Broadcast o senador Omar Aziz (PSD-AM), que presidiu a CPI em 2021 e comanda o observatório. No Twitter, Rodrigues anunciou que já começou o recolhimento das assinaturas. A Frente Parlamentar do Observatório da Pandemia de Covid-19 tem 11 integrantes e é composta por senadores que atuaram na CPI de forma crítica ao governo. O grupo foi criado para acompanhar os desdobramentos da CPI, que terminou em outubro com o indiciamento do presidente Jair Bolsonaro e outras autoridades ligadas ao chefe do Executivo.com/randolfeap/status/1480997091099000833?t=eiXUXKHoaF0-59s2fRrxJw&s=19 Entre os tópicos elencados pelo parlamentar que justificariam a abertura de uma nova Comissão estão o atraso e insuficiência da vacinação infantil e das doses de reforço, os ataques do presidente da República à Anvisa e o apagão dos dados do Ministério da Saúde e as consequências da ausência de controle da situação atual da pandemia.

A invasão aos sistemas do Ministério da Saúde atingiu plataformas como e-SUS Notifica, Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI ) e também o ConecteSUS, que fornece o comprovante de vacinação. “A nova fronteira do absurdo tem sido o boicote do presidente à vacinação das crianças, afrontando os direitos inscritos na Constituição e no Estatuto da Criança e do Adolescente. Embora tenham voltado a operar, alguns sistemas permanecem instáveis, o que tem dificultado o abastecimento e a consulta de informações. O caso é investigado pela Polícia Federal. O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) protocolou nesta terça-feira, 11, um pedido para instalação de uma nova CPI e tenta coletar as 27 assinaturas necessárias, em uma estratégia para emplacar outra investigação contra o governo do presidente Jair Bolsonaro. “(O apagão) leva a um quadro em que não se sabe número exatos sobre a evolução de casos, internações, mortes e vacinação, inviabilizando o trabalho da comunidade científica em obter um retrato fiel da pandemia e tornando impossível que políticas públicas efetivas sejam implementadas. Além da adesão mínima, a abertura de uma nova CPI depende de decisão do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG). Para a abertura de uma CPI no Senado são necessárias assinaturas de ao menos 27 dos 81 senadores.

Relator da comissão que terminou com o indiciamento de Bolsonaro, no ano passado, o senador Renan Calheiros (MDB-AL) manifestou apoio à abertura de outra investigação."Apoio a nova CPI. Inúmeras provas reveladas comprovaram omissões e ações deliberadas em torno de uma falsa imunidade de rebanho, com a promoção de tratamentos ineficazes e boicotes às medidas não farmacológicas como o uso de máscaras, distanciamento social e álcool em gel. Há fatos novos e determinados: boicote à vacinação infantil, apagão de dados no MS (Ministério da Saúde), tocado por um sabujo, além da explosão de casos. Bolsonaro é um delinquente reincidente. O Congresso está omisso diante do resgate do genocídio.

Eles só respeitam CPI", disse Renan. .