Senado aprova PEC que flexibiliza gastos na educação em 2020 e 2021

Senado aprova PEC que flexibiliza gastos na educação em 2020 e 2021

22/09/2021 05:03:00

Senado aprova PEC que flexibiliza gastos na educação em 2020 e 2021

Proposta desobriga investimento mínimo em educação nos anos de pandemia; texto segue para a Câmara dos Deputados

PublicidadePublicidadeO Senado aprovou nesta terça-feira, 21, em segundo turno, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 13, cuja votação iniciou na semana passada. A PEC livra de punição os estados e municípios que não investiram em 2020 e 2021 a porcentagem mínima de recursos resultantes de impostos exigida pela Constituição em educação. Agora, o texto segue para votação na Câmara dos Deputados.

Carla Zambelli diz que vai acionar o STF para ser ouvida na CPI da Covid 'Todas as companhias precisam repensar como transportam animais', diz dono de cachorro que morreu em voo da Latam Aziz: Tipificações de genocídio e homicídio foram retiradas do relatório

A justificativa para aprovação da PEC é que a pandemia, que obrigou a suspensão de aulas e, ao mesmo tempo, o redirecionamento de verbas para a área da saúde, impediu prefeitos de investirem em educação uma porcentagem mínima prevista em lei. Por conta da suspensão de aulas presenciais, gastos com transporte escolar e merenda, que não foram necessários.

“Nesse prisma, o gestor, para alcançar o piso de investimento, teria que praticamente inventar despesas, o que poderia levar ao desperdício dos recursos públicos”, defendeu a relatora da PEC, Soraya Thronicke (PSL-MS), durante as discussões da PEC ainda em primeiro turno, na semana passada. headtopics.com

A Constituição determina que a União aplique em educação pelo menos 18% e estados e municípios pelo menos 25% do total de receitas vindas de impostos. Caso a PEC não seja aprovada no Congresso, os gestores que não aplicaram o mínimo previsto podem sofrer penalidades cíveis ou criminais, além de sanções administrativas. Segundo levantamento da Consultoria do Senado, no entanto, apenas 280 municípios não cumpriram com a destinação mínima. Isso representa 5% do total de municípios do país.

Segundo argumentou Soraya Thronicke em seu parecer, a pandemia causou impacto no orçamento dos entes federativos, em virtude da queda de arrecadação, redirecionamento de recursos para a saúde e adoção de medidas de apoio econômico para amenizar o desaquecimento da atividade produtiva.

A medida só vale para os exercícios de 2020 e 2021. “Após a retomada das atividades econômicas, a responsabilização pelo descumprimento da vinculação constitucional de recursos para a educação volta a vigorar”, disse Thronicke em seu parecer. Além disso, a PEC determina que os gestores que não aplicaram a porcentagem mínima de recursos, deverão investir essa verba não utilizada até 2023.

A PEC é fruto de uma demanda da Confederação Nacional dos Municípios (CNM). Segundo a entidade, não há como penalizar gestores pelo não cumprimento dos 25%, diante de um cenário que apresentou receita crescente, em contraste com o congelamento de despesas com pessoal e aulas ainda não totalmente retomadas em muitas escolas. headtopics.com

Deputados vão investigar hospital no RJ ligado a Flávio Bolsonaro | Radar Unidades do supermercado Extra em SP que entregavam bandeja sem carne até pagamento ser concluído suspendem prática Bento XVI diz em carta que anseia pela morte 'em breve' Consulte Mais informação: VEJA »

O país que virou 'lixão' de roupas de má qualidade dos países ricos - BBC News Brasil

Todas as semanas, mais de 15 milhões de peças de roupas usadas chegam a Gana, mas apenas parte disso consegue ser reaproveitada.

Senado mamando

(Ao menos) Três motivos para encerrar a tramitação da PEC 32 - Economia - Estadãoanacarla_abrao: 'Atual projeto de reforma administrativa atende a interesses corporativistas e condena País à mediocridade' anacarla_abrao Se essa reforma administrativa passar, entraremos na fase mais corrupta da história do país. As corrupções passadas serão 'fichinha' anacarla_abrao Queremos um presidente de verdade! CIRO Gomes urgente! anacarla_abrao Os EMEIs clamam pelo Refis da Pandemia! Alô Câmara!🧑‍🔧👷🧑‍🍳🧑‍🔬

Lira vai instalar comissão especial da PEC dos Precatórios | RadarO presidente da Câmara se reuniu mais cedo com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, e com o ministro da Economia, Paulo Guedes radaronline ArthurLira_ camaradeputados ImpeachmentBolsonaroUrgente radaronline Não existem outras opções, se não que surgir um nome imaculado, com uma história limpa, sem investigações e processos, sem a mínima sombra ou suspeita sobre ele, Bolsonaro já está reeleito, entre ele e o ex-presidiário, corrupto e ladrão, não restam dúvidas o povo já o escolheu.

BR do Mar avança em comissão do Senado com alteração no texto do relator - Economia - EstadãoParecer de Nelsinho Trad para o projeto do governo de incentivo à navegação na costa brasileira flexibiliza regras para aumentar a concorrência

Entidades cobram do Senado votação que libera R$ 34 milhões para produção de remédio contra o câncer - Saúde - EstadãoEntidades cobram do Senado votação que libera R$ 34 milhões para produção de remédio contra o câncer

Bolsonaro diz que estatais não são deficitárias e contradiz Paulo GuedesEm discurso na ONU, Presidente diz que em seu governo as estatais dão lucro; empresas dependentes custaram cerca de R$ 20 bi em 2020 jairbolsonaro Vcs não valem nada né, não foi bem isso q ele falou Bolsonaro, o vacinador.

Corinthians conquistou apenas metade dos pontos que disputou na Neo Química Arena em 2021Contando os jogos disputados desde janeiro até agora, o Timão tem 50% de aproveitamento no estádio. Segue sendo o pior desempenho desde a inauguração