Brazilian Serie A, Thiago Ennes Moreira, Confiança, Thiago Ennes Moreira, Confiança

Brazilian Serie A, Thiago Ennes Moreira

Sem chances no Flamengo, ele 'sofreu' na terra de CR7; hoje, renasce na Série C

O lateral se destacou neste ano com a camisa do Confiança-SE

08/10/2019 14:59:00

Sem chances no Flamengo, ele 'sofreu' na terra de CR7; hoje, renasce na Série C!

O lateral se destacou neste ano com a camisa do Confiança -SE

"Eu posso dizer que foi um renascimento da minha carreira", admitiu, aoESPN.com.br.O jovem começou no Andorinhas, em Magé-RJ, antes de ir para o CF Rio de Janeiro, de Ênio Farias, que revelou Carlos Alberto e Júnior César. Após se destacar em um Carioca da base, ele foi ao Fluminense, no qual ficou por quatro anos.

Vereador de Manaus rasga livro de Felipe Neto durante sessão na Câmara e critica youtuber Está chegando a 100 mil (óbitos), vamos tocar a vida’, diz Bolsonaro - Saúde - Estadão 'Vamos tocar a vida', diz Bolsonaro sobre país atingir a marca de 100 mil mortos por coronavírus

"Eu era meia nessa época, mas tinham muitos garotos de seleção. Para eu não ser mandado embora, me perguntaram se queria ser lateral. Pensei que era melhor jogar assim em um time grande do que tentar ser meia em uma equipe menor", contou.

Na equipe das Laranjeiras, ele venceu torneios de base no Catar contra potências como PSG, Real Madrid e Inter de Milão. Além disso, atuou na Dallas Cup, nos Estados Unidos.Ennes (camisa 46) ao lado de Paquetá, Léo Duarte e Vizeu 

DivulgaçãoEm 2015, Thiago foi ao Flamengo após receber um convite da dietoria rubro-negra. Após vencer o Carioca sub-20 daquele ano, ele faturou a Copa São Paulo de 2016 em cima do Corinthians. O lateral de 23 anos foi da mesma geração de Léo Duarte, Lucas Paquetá, Felipe Vizeu, Ronaldo e Matheus Sávio.

"A Copinha foi um dos melhores títulos que venci até hoje. A final foi transmitida para todo do Brasil pela televisão contra uma grande equipe. É o melhor torneio de base. Depois, fui efetivado ao profissional. Fui várias vezes para o banco de reservas, só não entrei".

O jovem não tinha espaço na posição que foi dominada por anos por Rodinei e Pará."Sinceramente eu não sei [porque não teve chances no Flamengo]. Claro que todo jogador quer jogar, mas eu não fico chateado porque ali foi uma escola para mim. Eu aprendi coisas que nem imaginava estar ao lado de grandes jogadores que via pela televisão. Mas faz parte do futebol, não quero ficar remoendo e nem chateado com nada. Não entrei porque não tinha que entrar, Deus sabe a hora certa de tudo", desabafou.

Só aqui na ESPN!Os grandes jogos de Premier League, LaLiga, NBA e NFL. SportsCenter e Linha de Passe com as melhores análises e as informações mais quentes. Clique aqui e programe-se!Depois, o lateral foi emprestado para o União da Madeira, de Portugal. Em sua primeira experiência na terra de Cristiano Ronaldo, o jogador sofreu no começo com a adaptação

Mais de 30 cartas de amor dos anos 40 são achadas por família dentro de casa que será demolida: 'Instigante' Trump assina ordens banindo aplicativos chineses TikTok e WeChat dos EUA em 45 dias Governo interrompe ações de combate a crimes ambientais em terra indígena no Pará

"Fui morar sozinho fora do país e deixei a família. Eu achei complicado as diferenças no idioma e na cultura. O povo é educado e trata os brasileiros bem. Foi uma experiência muito boa e gostei"."A camisa do time tinha escrito CR7. Acho que a mãe dele era madrinha do clube. Uma vez eu fui ver um jogo da seleção portuguesa contra a Suécia e o vi em campo. Foi interessante porque só tinha o visto pela televisão", contou.

Após quatro meses em Portugal, Thiago Ennes foi para o Cuiabá. Ano passado, ele ajudou o Náutico a vencer o Pernambucano depois de 13 anos.Thiago Ennes, jogador do Confiança Diivulgação"Joguei 30 partidas e fui titular na maior parte do tempo. Venci meu primeiro título profissional e tive uma sequência muito boa. O único problema é que fiquei quatro meses parado por causa de uma lesão na coxa. Eu voltei para o mata-mata da Série C, mas acabamos perdendo a vaga do acesso para o Bragantino", contou

Depois de sair do Timbu, Thiago Ennes foi para o São Bernardo atuar na Série A2 do Paulista e depois foi contratado pelo Confiança."Eu precisava jogar a Série C porque todo mundo se conhece. Falei com meu empresário e meu pai que me deram força. Por ter feito um certo nome pelo Náutico eu tinha um mercado bom no Nordeste", explicou.

Thiago Ennes conquistou o acesso para a Série B pelo Confiança, que caiu na semifinal para o Sampaio Correa.Sem contrato com o Flamengo desde o começo de 2019, o lateral está livre no mercado para o ano que vem. Consulte Mais informação: Mundo ESPN »

Já postou essa matéria essa semana umas 10 veses Tomar no cu, a mesma postagem 100x por dia Ninguém liga mano 7x a mesma matéria na semana baudaimprensa 👀👀👀🤔 Não cliquem e o que está no meio Ennes Terra do CR7... Anem... Isso tudo pra não dizer o nome do Confiança? Thiago Ennes. Mais útil que Ruindinei.

Sem restauro, Copan sofre com problemas estruturais e descaracterização - São Paulo - EstadãoUm dos edifícios mais icônicos de São Paulo enfrenta infiltrações, fungos, danos na armadura de sustentação e até intervenções irregulares na fachada; com obra parada, condomínio tem menos de um mês para apresentar plano de ação SaoPaulo diz que tem fantasmas la! eu amo as historias de terror dos prédios de SP SaoPaulo Vão querer dinheiro público também pra isso?

Pacto ambiental da ONU: empresas brasileiras aderem - Mar Sem FimPacto ambiental da ONU conseguiu sensibilizar “pesos-pesados” do setor empresarial mundial a combater o aquecimento global. Três brasileiras estão na lista. Mar_Sem_Fim Quem exerce a fiscalização/inspeção no Brasil?

Dia das Crianças: como escolher o presente ou até aproveitar a data sem gastar nadaDesde como comprar o brinquedo da moda ou passar o Dia das Crianças sem gastos, confira o guia para ajudar pais e parentes nos preparativos para o dia 12 de outubro A segunda parte é simples: não tenha filho nem sobrinho nem afilhado nem conviva com gente que tenha alguma das opções de preferência, vá pra um lugar longe tipo a ilha de lost depois que o walt sai É simples. Estimule a imaginação da criança fazendo umas artes artesanais simples, cantando e dançando, de preferência longe da tecnologia. As crianças precisam disso, ainda mais nos dias atuais. muitos beijos e carinhos😍😍

Joshua Slocum, o mestre dos mares que adorava o Brasil - Mar Sem FimJoshua Slocum, primeiro a dar volta ao mundo em solitário em 1895. Ele teve relação com o Brasil onde naufragou e construiu um barco para voltar para os USA Mar_Sem_Fim Esse foi maior que o mundo!

Sem apoio, flanelinha mantém nas ruas de São Paulo o sonho de lutar - Esportes - EstadãoDaniel Saboia foi campeão brasileiro de boxe e hoje treina na calçada da Rua Maria Eugênia, na zona leste da capital paulista Esporte O empresariado brasileiro não ajuda e ainda crítica o Estado. Esporte Nos EUA um sujeito desses, por mais medíocre que tivesse sido como campeão , estaria ensinando boxe , treinando a garotada. Aqui... Esporte Falta de apoio aos atletas e natural no Brasil. Mas federação, confederação, associação cobrando taxa tem demais...

Brasileiro se destaca com finalização em evento sem disputas de título do BellatorGoiti Yamauchi, no 'co-main event' da noite, deu show ao finalizar Saad Awad com uma chave-de-braço, ainda no primeiro round