Sair do isolamento agora é querer voltar a mundo que não existe mais, diz virologista Atila Iamarino

Sair do isolamento agora é querer voltar a mundo que não existe mais, diz virologista Atila Iamarino #G1

28/03/2020 19:00:00

Sair do isolamento agora é querer voltar a mundo que não existe mais, diz virologista Atila Iamarino G1

Preocupação deveria ser em preparar a economia para resistir à quarentena. Isolamento é forma de ganhar tempo para pensar outras medidas, diz biólogo especialista em vírus.

Interromper agora as medidas de isolamento contra o novo coronavírus é querer voltar a uma realidade que não existe mais, alerta é o biólogo e divulgador científico Atila Iamarino.O mundo (e o Brasil) mudaram com a disseminação do novo coronavírus, e a preocupação de governos e empresas agora deveria ser a de se preparar para esta nova realidade, diz ele em entrevista à BBC News Brasil.

Eduardo Bolsonaro propõe uso das Forças Armadas para ‘restabelecer harmonia de Poderes’: ‘Zeram o jogo e, depois, volta o jogo democrático’ Foto de Carlos Bolsonaro com mesa de celulares é montagem Motorista é flagrado arremessando filhote de gato pela janela em SC; felino foi resgatado

Nos últimos dias, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e alguns empresários têm insistido na necessidade de restabelecer o funcionamento do comércio e de outros serviços. Carreatas com essa bandeira foram organizadas em diversas cidades brasileiras. O argumento é de que os danos econômicos serão irreversíveis caso o país continue parado por muito tempo.

O consenso entre cientistas da área, no entanto, é de que é fundamental manter medidas de isolamento social por enquanto, diz Atila — inclusive para ganhar tempo a fim de trabalhar em alternativas."Manter as medidas que a gente tem agora é o que vai fazer dar tempo para buscarmos outras medidas lá na frente. Na verdade, parar agora é ganhar o tempo para fazer escolhas", diz ele.

Doutor em microbiologia pela Universidade de São Paulo (USP), Atila concluiu dois pós-doutorados estudando a disseminação (ele prefere o termo "espalhamento") dos vírus e a forma como esses organismos evoluem. Um desses pós-doutorados foi na própria USP, e o outro na Universidade Yale, nos Estados Unidos.

Em sua carreira, o pesquisador de 36 anos estudou vírus como ebola e HIV. A ideia desse tipo de pesquisa, explica ele, é analisar o material genético dos vírus para entender como eles se propagam entre os humanos.Atila se tornou conhecido por sua participação no canal de YouTube do Nerdologia, um dos maiores do país. Nos últimos dias, tem feito transmissões ao vivo sobre o novo coronavírus.

Uma delas atingiu a marca de 5,2 milhões de visualizações em menos de uma semana e fez com que o nome do biólogo chegasse à lista de assuntos mais comentados pelos brasileiros no Twitter.Atila conversou com a BBC News Brasil por telefone, na última quarta-feira (25/03). Confirma a seguir alguns dos principais trechos da entrevista.

BBC News Brasil - À luz do que já se sabe sobre a pandemia, o que você acha das últimas intervenções presidente da República, Jair Bolsonaro, dizendo que o país precisa "voltar à normalidade"?Atila Iamarino - Eu acho que não importa (o discurso do presidente). Felizmente, isso vai contra o que todos os países estão fazendo. Quase que sem exceção. Todos os países sobre os quais estou informado estão tomando medidas na direção contrária, de fechar em diferentes graus, e até de deixar a população em casa, como a Índia acabou de fazer com mais de 1 bilhão de pessoas.

ICMBio extingue base avançada do Projeto Tamar, que fica na praia de Arembepe, em Camaçari, região metropolitana de Salvador Brasil tem 26.754 mortes por Covid-19, diz ministério Laudo indica que João Pedro foi morto com tiro pelas costas - Brasil - Estadão

Então, em relação às políticas internacionais, não faz sentido (o discurso de Bolsonaro).E, aqui dentro do país, não nos importa, porque os Estados e as cidades estão tomando medidas para fechar em diferentes graus. Todos os Estados adotaram medidas para restringir o comércio não essencial, e restringir a circulação das pessoas. Estão de acordo com a orientação internacional.

Portanto, em última análise, tanto faz o que o presidente falar, desde que as cidades e os Estados continuem agindo como estão agindo.A esta altura, dado o pouco tempo que a gente tem, a gente precisa focar, na verdade, em atitudes. O país, os Estados e as cidades estão tomando atitudes que vão proteger as pessoas? Estão. Então, tá ótimo, tanto faz o que estão falando.

A gente tem três, quatro meses para agir, dado qualquer estudo sobre como é o espalhamento desse vírus.BBC News Brasil - A exemplo do presidente da República, outras pessoas se mostram preocupadas com o efeito econômico do isolamento. Nesta semana você disse ao podcast Xadrez Verbal que essa perspectiva é um tanto "inocente". Por quê?

Iamarino - Existe uma preocupação séria com a economia, claro. E uma preocupação legítima seria a de como adequar a economia a essa nova realidade (imposta pelo vírus). O que a gente pode fazer para que os comércios consigam vender online e fazer entregas da melhor maneira possível; o que a gente pode fazer para que as pessoas consigam trabalhar à distância da melhor maneira possível.

Que medidas econômicas a gente pode tomar para que as pessoas continuem em casa e continuem com uma vida produtiva, e tenham condições de se manter, porque nem todo mundo pode continuar trabalhando de casa.Existe um problema econômico, muitos países estão cientes e tomando medidas sérias para saná-lo.

Isso é diferente de ter uma preocupação econômica de não deixar a situação mudar. Isso pra mim é muito mais um luto do que uma preocupação séria. E não acho que seja uma decisão deliberada das pessoas fazer isso.

Celso de Mello envia à PGR pedidos da oposição contra ministro Augusto Heleno Inquérito do STF já investigou ameaças de incendiar plenário e matar ministros Inquérito das fake news 'não tem base legal' e é 'inconstitucional', afirma Bolsonaro - Política - Estadão

Mas quem ainda está pensando em não deixar a economia atual desandar, na verdade, está tentando resgatar um mundo que não existe mais. Que é o mundo de janeiro de 2020.O mundo mudou, e aquele mundo (de antes do coronavírus) não existe mais. A nossa vida vai mudar muito daqui para a frente, e alguém que tenta manter o status quo de 2019 é alguém que ainda não aceitou essa nova realidade.

BBC News Brasil - Mas o que será diferente? Por que você diz que o mundo do fim de 2019 "acabou"?Iamarino - Bem ou mal, involuntariamente, o mundo inteiro está passando por um experimento agora. A gente está vendo como diferentes regimes políticos, sistemas de organização social e diferentes medidas funcionam contra o coronavírus e grandes problemas de saúde pública.

A gente está vendo países que jamais cogitariam isso em outras situações, como os Estados Unidos, aceitando que é necessário dar um suporte financeiro grande para seus cidadãos e distribuindo dinheiro. Empresas descobrindo o quanto as pessoas produzem ou não trabalhando de home office. Escolas descobrindo o quanto os alunos aprendem ou não por conta própria, em casa, e qual o valor ou não de usar o ensino à distância.

A gente está descobrindo o que são os serviços essenciais, e estamos voltando a entender o valor de ciência, da mídia (profissional) e dos serviços de saúde. E de sistemas que são fundamentais desde sempre, mas que, em períodos de bonança, são fáceis de negligenciar.

O sistema de saúde de vários países vai ter que ser reavaliado. Garanto para você que o sistema de saúde norte-americano vai ter um estresse maior que o do resto do mundo, inclusive pelo modelo (sem saúde publica universal) de tratamento que eles seguem.

A gente vai descobrir quais são as vulnerabilidades que o regime de trabalho moderno, com terceirização, com trabalho por aplicativo, cria num momento desses. A gente vai descobrir mais cedo também a importância de se usar sistemas de venda online, de pagamentos sem contato e outras coisas.

Mudanças que o mundo levaria décadas para passar, que a gente levaria muito tempo para implementar voluntariamente, a gente está tendo que implementar no susto, em questão de meses.Então, independentemente da progressão da pandemia e das mortes que podem acontecer ou não, só as mudanças para se adaptar a ela já estão adiantando ou atrapalhando alguns passos que a humanidade daria nas próximas duas décadas.

E ainda tem — e isto está em aberto e a resolver — qual vai ser o trauma das pessoas. O que é que este período de confinamento fará conosco, se a relação entre os familiares aumenta ou diminui. Como as pessoas vão suportar esse período de isolamento, que valor que a gente vai dar para uma reunião, um almoço, uma festa, algo assim.

Tudo isso vai ser muito diferente quando a gente sair do surto.BBC News Brasil - O que aconteceria com a economia se nada fosse feito?Iamarino - Vamos supor que a gente seguisse a recomendação de alguns e, no máximo, isolasse os idosos ou fizesse algo assim.

Numa realidade dessa, se você é dono de uma empresa e os seus funcionários pegam a covid-19, em menos de um mês a empresa inteira estaria contaminada, pelo menos 10 a 20% dos seus funcionários precisariam ser hospitalizados.Os outros 80% vão ter graus diferentes de complicação, e alguns vão precisar trabalhar de casa, ou parar de trabalhar por causa de febre, dor de cabeça, dor no corpo.

Então, mesmo se a gente não fizer nada, se a covid-19 chega numa empresa, parte dos funcionários some. Parte não vai ter condições de trabalhar, e a parte que ficar trabalhando não vai ter nem a moral, nem o estado de saúde para render o que rendia. Mesmo que a gente não fizesse nada, a economia já ia sofrer e muito com a queda de produtividade.

Então, é uma realidade que nos foi imposta, na verdade. Quem está tentando manter a economia de 2019 está se recusando a aceitar essa realidade. Na verdade a gente já deveria estar virando a chave e tentando entender como sair do outro lado.

Dando um exemplo meu: tem um restaurante aqui perto de casa que frequento regularmente. Não cheguei para eles e falei "Olha, quando o covid-19 vier, não feche". Porque eu sei que não existe essa possibilidade. Eu falei para eles: "Avise seus clientes que você faz entrega. Já vai testando os diferentes aplicativos de entrega para ver quem cobra a melhor taxa. Já prepara as pessoas que trabalham na cozinha para revezar turnos, e se prepara financeiramente, por que vai ser um impacto grande". Tenho que aceitar que isso aconteceu e mudou.

BBC News Brasil - A Coreia do Sul parece estar tendo sucesso com uma abordagem que combinou testes em massa, uso de aplicativos de celular e isolamento dos doentes. E que permitiu manter a economia funcionando. Algo parecido teria sido feito no Japão. Uma abordagem desse tipo seria viável aqui?

Iamarino - Ela pode ser viável. A questão é que a gente ainda não tem a infraestrutura pronta aqui no Brasil para produzir o volume de testes necessário. E importar esses testes leva tempo, porque o mundo inteiro está tentando comprá-los agora.

Então, parar, manter as pessoas em casa, manter essa quarentena, manter esse isolamento e esse distanciamento dá o tempo necessário para a gente poder chegar nessa situação, inclusive.Tem diferentes respostas, e parar o país não precisa ser a única coisa que a gente vá fazer. A questão é que, em qualquer estimativa de crescimento da covid-19, o problema vai se impor em questão de meses, até o fim de agosto provavelmente, se nada for feito.

Manter as medidas que a gente tem agora é o que vai fazer dar tempo para buscarmos outras medidas lá na frente. Na verdade, parar agora é ganhar o tempo para fazer escolhas.BBC News Brasil - Dias atrás, seu nome chegou aos assuntos mais comentados do Twitter, depois que você mencionou a possibilidade de 1 milhão de mortos no país. Que avaliação você faz hoje desse episódio?

Atila Iamarino - Essa experiência me mostrou como uma mensagem pode ser fragmentada e pulverizada na internet. Porque, por mais que tenha feito um vídeo com todos os cuidados, para dizer "isso não é um destino, não é uma profecia, é o cenário em que nada é feito, ou pouco é feito, e o que a gente quer é não ter esse cenário".

Não estava fazendo previsões, estava extrapolando (para o Brasil) os números de um estudo que estava prevendo o que acontece. E são números com os quais o Ministério da Saúde e as secretarias de Saúde (de Estados e municípios) estão trabalhando também. Se você leva em conta quando eles falam, por exemplo, que até metade do país pode pegar, isso é o consenso (científico), na verdade.

Pelo menos metade das pessoas precisaria pegar covid-19 e se imunizar para o problema se resolver sozinho. Na falta de uma vacina, na falta de uma solução de larga escala, a transmissão começa a cair quando pelo menos metade das pessoas pega o vírus. E tende a acabar quando lá pelos 60, 70, 80% (das pessoas desenvolveram imunidade), dependendo da simulação.

Isso é o consenso, e digo que é porque já foi inclusive dito pelo Ministério da Saúde. E quando você lida com esses números e imagina o que é 1% de mortalidade de 50% dos brasileiros, fica evidente que a escala é essa mesmo. Está todo mundo lidando (com estes números).

O choque do que eu falei foi simplesmente colocar isso 'na lata' e falar para as pessoas de uma forma que, por mais que estivesse dentro de um contexto ali, foi picotado e espalhado de outra forma na internet.O grande problema é em quanto tempo isso (as mortes) tendem a acontecer. Vou pegar um exemplo que está todo mundo dando. "Acidentes de carro matam 300 mil pessoas por ano e nem por isso a gente diz para as pessoas não andarem de carro." Com razão: a gente toma uma série de medidas para proteger as pessoas, para diminuir esse número. Agora, se todas essas mortes acontecessem num intervalo de um mês, de uma semana, em uma única região, isso com certeza seria uma coisa traumática e preocupante.

Esse é o ponto da covid-19: se ela for espalhada ao longo de um ano, de dois anos, porque a gente tomou medidas para que isso, porque deu tempo de surgir uma vacina, deu tempo de um tratamento ser validado, isso é uma coisa que a sociedade absorve e sai do outro lado como se fosse uma gripe mais séria mesmo. Mas, para que isso seja uma gripe mais séria, a gente tem que trabalhar muito.

Meu ponto era esse, na verdade. Estava querendo comunicar não o número (de um milhão de mortes), que pode mudar, mas a ideia de que esse número mude. As medidas que foram tomadas no dia seguinte ao que eu falei (como o fechamento do comércio) já contribuem, e muito, para isso, para mudar o cenário, para que este número não aconteça.

O importante era que as pessoas entendessem que a situação mudou. E que elas não estão ficando em casa porque é só um probleminha, é que a vida de muita gente depende disso. E a gente tem que começar a trabalhar e pensar sobre como viabilizar essa nova vida de uma maneira que seja mais próxima do normal que a gente tinha antes. Porque aquele normal não existe mais.

BBC News Brasil - Brasília foi uma das primeiras cidades a fechar o comércio, em 19 de março. Muita gente na época considerou essa medida precipitada, diante da possibilidade de vários meses de isolamento. Hoje ainda dá para dizer isso?

Iamarino - Pelo contrário. A diferença entre a Itália e a China foi de menos de uma semana, do momento em que passaram de cem casos para o momento do isolamento. E a Itália foi pelo caminho que foi. Esse é o problema, na verdade. A covid-19 se espalha muito rápido. E causa problemas muito cedo. O ideal é que a gente pare o quanto antes e, depois, revise para ver se aquilo era o ideal de ter sido feito ou não. No caso dessa doença, pela velocidade com que ela se espalha, é preferível errar pela (pelo excesso de) precaução, na verdade.

A gente tem o privilégio, aqui no Brasil, de ter recebido poucos visitantes de fora, de estarmos distantes o suficiente da China para a doença não chegar aqui antes. Então, a gente está a um mês, vinte dias, dez dias atrás da situação de vários países, de modo que a gente pode acompanhar o crescimento deles e ver o quanto poderemos ser afetados.

Um exemplo bem prático e muito direto para o Brasil: o nosso crescimento do número de casos, até aqui pelo menos (quarta-feira, 25 de março) está dobrando a cada três dias. Esse é um ritmo de crescimento pior do que o da Itália. E muito parecido, muito próximo do da Espanha. Que demorou até mais tempo que a Itália, desde os cem casos, para parar (as atividades).

Então, a gente já tem uma régua para medir. A gente está 11 ou 12 dias atrás da Espanha em termos epidemiológicos, em número de casos e evolução da doença. E a gente leva um tempo para ver se as medidas funcionaram. Se daqui a um mês, no começo de abril, a gente estiver crescendo menos que o surto espanhol cresceu até lá, a gente vai saber que as medidas estão funcionando.

Tem outros países que entraram no surto antes da gente e que estão em situação melhor ou pior e nos quais a gente pode se espelhar. Se nosso crescimento deixar de ser um dos piores, como o da Espanha, e passar a ser um dos melhores ou cair para outro patamar, a gente tem como saber que as nossas medidas funcionaram, porque já temos a experiência deles para comparar.

Também vamos ver a diferença entre regiões. Se Brasília, que adotou medidas antes, tiver um crescimento menor do que em São Paulo, ou do Rio, que levou um pouco mais de tempo, ou de outro lugar, a gente vai saber disso. E, de repente, podem voltar a relaxar mais cedo, porque a coisa funcionou. Mas o ponto é: parar antes te dá essa liberdade de olhar, respirar, ver o que aconteceu e decidir. Não parar é o que a Itália fez. E, se você não para, a covid-19 para você.

BBC News Brasil - Uma quarentena formal, com a polícia impedindo as pessoas de saírem de suas casas, seria apropriado ou necessário?Iamarino - Talvez seja necessário, mas não sei se seria apropriado. Foi o que a China fez, e o corpo técnico e científico da Organização Mundial de Saúde que avaliou a resposta chinesa classificou a ação deles como a mais coordenada, a mais rápida, mais agressiva e intensiva que a humanidade já viu para conter uma doença.

Acho inclusive que isso descalibrou o que o mundo esperava da covid-19. Não estando na realidade da China, é difícil entender a escala massiva do que eles fizeram. O que os outros cientistas que leram esse relatório técnico questionaram é quais são os princípios humanos e éticos violados para isso. E quem questiona isso diz que justamente o resto do mundo não necessariamente toleraria alguma coisa nessa escala. O que a Europa está tentando agora é alguma coisa próxima disso, dentro do que a realidade europeia permite. E a gente tem como acompanhar, de um mês atrás ou vinte dias atrás, o quanto está sendo efetivo ou não.

Talvez seja necessário, mas eu sinceramente não sei dizer. A gente vai descobrir com a Itália e a Espanha agora. A Itália tomou meias medidas e está conseguindo reduzir um pouco da mortalidade, mas não necessariamente conter (a epidemia). Talvez a gente descubra com o tempo que seja a única saída (a quarentena). Mas, de novo: precisamos ganhar tempo para poder descobrir isso antes de ter um problema maior.

BBC News Brasil - Por enquanto, a abordagem brasileira é a de reservar os testes para quem está internado, em mau estado de saúde, e para os profissionais de saúde. Essa estratégia não seria contraproducente, no sentido de que poderemos acabar gastando mais com UTI depois?

Iamarino - Não chamaria de estratégia, na verdade. Isso é o último recurso. Quando você não tem testes suficientes, é obrigado a reservar eles para o pior momento, que é quem está sendo internado. Ou, se a situação ficar mais crítica e o volume de testes continuar sendo pequeno, para diagnosticar quem morre, na verdade.

Não acho que essa situação seja uma opção. É o que a gente consegue fazer com os poucos recursos que a gente tem. Daí (a importância de) ganhar mais tempo para produzir e distribuir esses testes por aqui. Porque se a gente comprar agora 200 milhões de kits para testar cada brasileiro, mas os kits levarem 3 meses para chegar, quando eles chegarem, a gente arrisca que boa parte dos brasileiros esteja com covid-19.

Por isso meu pragmatismo. A única saída agora é tentar ganhar tempo para buscar novas soluções. Qualquer coisa que não contribui para isso não importa mais.BBC News Brasil - Como a sua percepção sobre o novo coronavírus mudou desde o começo da crise? Qual informação ou detalhe fez você mudar de ideia?

Iamarino - Tudo o que a gente estava entendendo sobre o espalhamento da covid-19 no mês de janeiro era baseado na experiência de um país, a China, que implementou uma solução que é impraticável (na maioria dos lugares) e inédita no mundo.

Então, as estimativas de número de casos, de contágios, de número de mortos e qualquer coisa do tipo que a gente tinha no primeiro mês foram feitas dentro de um cenário que é impraticável para o resto do mundo. A gente estava muito descalibrado do que esperar da covid-19. Quando ela saiu da China para a Itália, para a Coreia do Sul e para o Irã, a coisa explodiu nos países todos. (A exceção é) a Coreia do Sul, que já teve problemas com a Mers (Síndrome Respiratória do Oriente Médio) e, por isso, estava muito preparada para a covid-19 agora.

Foi aí (com a chegada aos outros países) que a gente teve noção do tamanho do problema, de fato. E aí a estimativa de quanto tempo ia levar para a covid-19 se espalhar num país, que poderia ser de até um ano, dois anos, caiu para três a cinco meses. Esse é um tempo que não dá nem para distribuir qualquer coisa, mesmo que a gente já tivesse uma solução na manga.

Minha opinião mudou muito, mesmo, quando começaram a sair os primeiros grandes estudos olhando para o espalhamento da doença fora da China e dizendo que ela toma conta da população em três a cinco meses. Isso é menos que qualquer tempo de resposta de qualquer país, de qualquer infraestrutura, a não ser da China. Minha opinião mudou muito não quanto ao perigo do vírus — sobre isso a gente já tinha estimativas boas —, não sobre a seriedade de um problema desses, porque eu já estudo espalhamento de vírus há muitos anos, mas quanto ao tempo de resposta que a gente tem.

BBC News Brasil - O que se sabe até agora sobre a imunidade ao vírus? Uma vez que você tenha a doença e se cure, você para de transmitir?Iamarino - O que a gente sabe é que, para a maioria das pessoas, em até 14 dias depois dos sintomas surgirem você está curado. E não transmite mais. A China, por precaução, prorrogou esse período para 28 dias, porque algumas pessoas continuavam com o vírus incubado no corpo por mais tempo e acabavam desenvolvendo os sintomas mais na frente. Eles não viram muita transmissão (vindo) destas pessoas, mas, para poder garantir a interrupção da cadeia de transmissão, eles as estavam isolando de qualquer forma.

O que a gente entendeu, olhando para as pessoas, é que acontece de elas testarem negativo para o vírus, depois de 14 dias, mas mesmo assim ter uma produção pequena de vírus no pulmão e depois de um tempo voltarem a testar positivo.

A gente não pode fazer experimentos em pessoas para saber se a imunidade protege 100%. Mas, em macacos, já fizeram, e eles estavam totalmente imunes ao Sars-Cov-2. O macaco rhesus (primata originário da Índia e amplamente usado em laboratórios) que pega a covid-19, quando se cura, não pega mais.

E tem uma possibilidade, que é o que acontece com a Mers, também causada por (um outro tipo de) coronavírus. Por volta de um ano ou dois depois que a pessoa pega, ela pode voltar a contrair, mas desenvolve sintomas muito mais leves. Esse é o precedente que a gente tem, mas ainda não tem um ano de covid-19 para saber se isso vai acontecer com a gente.

Veja as recomendações para evitar o contágio pelo novo coronavírus Consulte Mais informação: G1 »

Pelo menoa serviu p alguma coisa. Oq nasceu de especialistas nao ta escrito.. Verdade! Explica isso com mais clareza p q as autoridades ajudem os funcionários de call center telemarketing , garis lixeiros , balconistas, todos funcionários q estão trabalhando p toda nação q os ajudem sei ,lá, q trabalhem 12hs e fiquem 24 hs ou trabalhem 8hs e fiquem em cs

Caramba, eu devo ter dormido muito hein... Nem percebi que o mundo já virou um... 'The Last Of Us.' Concordo plenamente! Seriedade! Esse tem meu respeito. Não é preciso um vírus pra acabar com o mundo, basta o ser humano... Se acaba com narrativa do Globo com argumentos. Eu estou seguindo as autoridades e desligando a TV. A internet me dar informações IMPARCIAIS sobre a situação. GLOBO TÁ COMO DÓRIA! MANDANDO OS SEUS PUBLICAREM SÓ MORTE POR CORONA, POVO NÃO MORRE MAIS POR DENGUE, H1N1 Covid_19

Essa galera dos comentários da até pena, em qualquer matéria são todos do contra. Se eles próprios dessem a entrevista também estariam comentando o contrario. Se arrumar uma saída honrosa pra Globo e para o seu engomadinho de SP Jorge Dioria, o isolamento acaba! Ajuda aí! Pelo jeito vão morre abraçado com o isolamento apesar de ninguém mais acreditar nisso. Questão de vida ou morte

Bando de fanático do caraio, vão ouvir o Edir Macedo e o Roberto Justos que esses entendem né? VSF. A nossa vida já mudou. Quem não está vendo isso é realmente muito ignorante. O MUNDO ESTÁ PARADO. Aqui não é país de primeiro mundo para ficarmos tranquilos com uma ameaça como essa doença. Parabéns oatila você faz um trabalho sério.

Este idiota sabe menos que minha avó, fez uma previsão de mais de um milhão de mortos no Brasil. Atila: a Covid tá espalhando! Fique em casa. Quem esta tendo xiliques em trabalhar são os esquerdistas que tem suas contas pagas pelos nossos impostos ou pelo papai. Esquerda = PARASITA SOCIAL. Sensato, tem razão nos comentários e expõe de forma clara o que a mídia tradicional não sabe fazer ! comentar de forma racional sem amor ou ódio influenciando o coração !

Já vou segui-la! Eu amo a ciência e admiro tanto o trabalho de cientistas e pesquisadores. Eles que deveriam ser celebridades. Segundo um virogista ( esqueci seu nome. Desculpem) que participou do jornal da Cultura hoje, voltar agora às atividades, as ruas, seria suicidio coletivo . Esse que postou isso?

Apeendo muito com esse mocinho o atila dividaexterna Melhor definição. Assustadora eu diria. E o LucianoHuck fazendo gravações em tempo de quarentena, pode? Pelas contas desse canalha no dia 24/03 já teriam mais de 2000 mortos pelo vírus chinês... Sabe mesmo é de PN Isso é uma verdade do caralho o mundo não é mais o mesmo esse vírus biológico ainda va afetar outros seres no nosso planeta...

Alarmista guiando a mente de idiotas e manipulando pessoas amedrontadas...covarde Virologista? 😂😂😂😂😂😂😂😂😂kkkkkkkkkkkkkkkkk Agora vão chamar o Átila de comunista Se todos fingiram que esse mundo ainda existe, ele existirá. O que ocorrerá é, além das mortes, a capitalização política (nacional e internacional) sobre a doença e o terror midiático a inflar o pessimismo e a paranóia do público. Apresente os vilões, os heróis, e a plateia.

Substituto do médico 'veio' depois que do vexame do abraço. COMO PODE DA notícia para esse infeliz, é a desmoralização do jornalismo, fecha as portas ai GLOBO e fica em quarentena. E não pode criticar o blogueiro não, se nao vem um monte de gado pseudocientista tirar satisfação kkk EuclidesFla Ele pode ser isso tudo e eu respeito muito, mas ele está passando um Pânico fora do normal! Não necessidade nenhuma pra essas declarações. Uma delas foi: ' Irá morrer mais de 1 milhão' qual a necessidade disso?

EuclidesFla Esse aí vai matar mais gente que o corona virus ... Em que realidade paralela esse filho da puta vive? O trabalho dele abriu meus olhos. Eu estava cético sobre o vírus. Bastou acompanhar a LIVE dele que caiu a minha ficha. ÉSério Apocalipse zumbi Esse fumou maconha estragada Eu quero meu emprego de volta

EuclidesFla the walking dead essa porra? O mundo que existia não vai existir mais e temos que mudar o comportamento se não morremos de fome. Sei ,aquele gênio q falou q ia morrer 1 milhão de pessoas no Brasil e depois falou q estava errado ! Esse é bom por isso q só fala na Globo , só não sei quanto é o cachê dele !

As pessoas morrendo em surto e os babacas imbecis batendo boca em rede social se devem adotar políticas de direita ou esquerda. É hora de se ouvir os cientistas. Só eles têm a melhor solução antes que tenhamos carreatas como na Itália Alarmista guiando a mente de idiotas e manipulando pessoas amedrontadas...covarde

Não existe pq? pelo que eu saiba continua do mesmo jeito. danielamercury Eu pegava. Depois da quarentena. verafrde Farsante Especialista em viralizar pânico na internet. danielamercury Os minions nos comentários chamando ele de blogueiro. O currículo do cara: Pelo amor de deus, desative os comentários do G1 que tiram as pessoas do sério, é só gente burra comentando coisa idiota

Eu concordo que todos devemos nos manter em casa e respeitar a quarentena. Mas esse rapaz, estando ele certo ou não, ele ta passando um terror.. Imagina o coroa em casa lendo isso? As pessoas precisam manter a calma! Nesse caminho iremos surtar! Vai com calma G1🤞 Até pq NÓS NÃO ESTAMOS EM UM COMPLÔ ad

Armagedão KKKKKKKK quando você passa a quarentena toda jogando resident evil remake De novo essa notícia? Um blogueiro sabe o que é bom para nosso país? Francamente não confio muito não. rato. KKKKK Virologista comprado por vcs!!! kkkkk “Olá eu sou Atila,Biólogo,pesquisador e nas horas vagas atualizando os casos de Corona Vírus”

Nada mais nada menos que Atila Iamarino, pesquisador e biólogo do canal Nerdologia, doutor em microbiologia e pós-doutorado em Yale, virologista, epidemiologista, professor, podcaster, youtuber, mensageiro do apocalipse, o primeiro de seu nome. O cara é louco,e está deixando todos tb. Temos que nos cuidar, mas não podemos pirar a cabeça. Depressão é coisa séria.

É um boçal, cheio de adolescentes desesperados no canal desse lunático. É tudo orquestrado. Mano o g1 nem conhecia o Átila, agora sabe tudo dele! Globolixo é aquele mesmo babaca que falou que ia morrer 1 milhao segundo um estudo que ja foi contradizido? não acredita mais desse tratante juntamente com as porcas matérias dessa mídia podre. A internet é mais forte que vocês.

Ele também ler mão? Ele já se retratou da merda de falou? FAXINANOPODER_ Muitos criaram pânico, outros preferem nessa hora serem bombeiros, a verdade é que todos estão batendo a cabeça. O fato é que o vírus chinês está disseminado. Atila Iamarino, pesquisador e biólogo do canal Nerdologia, doutor em microbiologia e pós-doutorado em Yale, virologista, epidemiologista, professor, podcaster, youtuber.

Atila:tantos diplomas mas nenhuma orelha 😥😥😡✊✊✊ Nunca acredite em alguém que não possui orelhas Esse abestado só fala merda. A ideia dele neste novo vídeo foi outra mas, a Globo gosta de pegar uma 'frase' e colocar pânico no povo. Mas ele tá certo. É melhor para agora do q depois, quanto mais agravante pior.

Youtuber VTNC... Alguém sabe me explicar se ele se retratou depois que o estudo que ele se baseou reconheceu que errou exagerademente? LoteMarcio E olha que o carnaval foi praticamente ontem LoteMarcio O vírus circula no Brasil desde o carnaval mas só agora os contaminados estão explodindo ele pode ter razão

Desordem mental é sinal de problema neurológico. O vírus chegou no cérebro. FODA-SE saiadecasa Ele tá bem preocupado mesmo com a saúde do brasileiro comum... Anos atrás ele e o Dr Pirula num 'Nerdcast' sobre a crise hídrica de São Paulo, nos brindavam com a previsão de um êxodo dos paulistas para o nordeste e que a situação NUNCA mais se normalizaria... Parabéns.

Gosto dele, mas ele tá abordando isso de uma forma apocalíptica, e mesmo que ele só esteja reproduzindo o que os números e os estudos dizem, há formas de informar sem fazer parecer que estamos em um apocalipse zumbi. oatila É foda, curto demais o trabalho dele, tá ajudando demais nessa fase que estamos passando.

Esse é aquele que dizia que teríamos não sei quantos milhões de infectados? Sei quem é não. Isso daí é um FDP mentiroso e ganancioso que só quer dinheiro. E não duvido que esteja sendo muito bem pago por alguém. Pro jdoriajr a vida segue normalmente, até campanha ele anda fazendo. Ele tbm falou em mais de 1 milhão de mortes, ta longe ainda essa previsao

Por causa desse otario em fiquei em pânico eu odeio ele com todas as minhas forças Só fala merda. Se falar que é contra não serve Alguém tem o contato do Gilmar Mendes? Não aguento mais ficar preso. Hahahaha!!!!! Não diga. Esse cara é bom, mas faz o jogo da imprensa, adora tocar o terror. Canalha. 🖕🖕🖕 🖕🖕🖕🖕🖕🖕🖕🖕🖕🖕🖕🖕🖕

este canalha é biólogo, olha só oq vcs escrevem! 🖕🖕🖕🖕🖕 ZEboxta caçador de views. Concordarei com Atila Iamarino, pesquisador e biólogo do canal Nerdologia, doutor em microbiologia e pós-doutorado em Yale, virologista, epidemiologista, professor, podcaster, youtuber. Depois de alardear a população com uma pesquisa fajuta ele deveria no mínimo fazer um vídeo só se desculpando !!! Esse mundo que ele está falando deve ser alguma projeção do “Universo Marvel” ! Apombalhado !

A turma que acredita que a Terra é plana pira. Esse cara é bem estilo GloboLixo. Alarmista e sensacionalista. Não acreditem no q esse cara está falando. Já ouvi uma pessoa expert no assunto desmentindo esse babaca. Deixa eu ficar sem dinheiro nenhum pra comprar nada,vou passar fome, ficar devendo aluguel e outras contas, tudo porque o burrologista esquerdista quer que todos fiquem trancafiados em casa.

Grande Atila Iamarino, pesquisador e biólogo do canal Nerdologia, doutor em microbiologia e pós-doutorado em Yale, virologista, epidemiologista, professor, podcaster, youtuber, mensageiro do apocalipse, o primeiro de seu nome. Olha o tipo de imbecil que vocês dão voz. Sim, minha cidade está assim no exato momento:

Caraleooooo eu nem entrei em quarentena e já tô vendo a merda que vai acontecer. Vocês vão pedir pra pegar essa bosta antes de ver o caos que vai acontecer 3 a 4 meses para vcs que tem a geladeira cheia... O povo que PRECISA PRECISA PRECISA tem FOME FOME FOME essa conversa bonita citando títulos biólogo, pós doutor... Isso não serve de NADA o povo trabalhador tem FOME

Pregando o caos porque gera visualização no Youtube. Ain! Ele é doutor! Bibibi bobobó. Fodase! No mundo real, as pessoas não podem se dar ao luxo de seguir opinião de subcelebridade de Internet Charlatão Isso, vamos viver para sempre em casa, sem trabalhar. Todo mundo vai receber dinheiro criado pela impressora do governo. Para sair de casa, só com autorização do estado. Ah, vão à merda, bando de socialista

Grande Atila Iamarino, pesquisador e biólogo do canal Nerdologia, doutor em microbiologia e pós-doutorado em Yale, virologista, epidemiologista, professor, podcaster, youtuber, mensageiro do apocalipse, o primeiro de seu nome. roubaram a orelha dele BURRO TENDENCIOSO O número de pessoas infectadas por h1n1 no Brasil já passa de 370 mil, de acordo com os dados mais recentes da Organização Mundial da Saúde (OMS), e mais de 16 mil morreram nesta pandemia desde 2009. Mas o governo era o PT é não teve ' quebre o país 'da globo.

Povo adoro dar trela pra maluco alarmista da modinha. Vsf CalaBocaAtila Descobri uma nova profissão hoje: virologista... Juro que não sabia que existia vcs só acha militantes de esquerda... pq esse a e come bosta Depois da entrevista Leo pegou seu app, pediu sua comida, falow com o porteiro para que o entregador não chegasse próximo a ele . Também disse que o rapaz que recolhe o lixo não se dirija a palavra a ele , mas pode recolher o matéria que seria deixado ao lado da porta !

Beber até achar que estamos vivendo The Walking Dead Será que o milhão vai dessa vez? Vai tomar no cu esse filho da puta. Quem é esse bosta? Só os trouxas pra cair nessa lábia prudente e sofisticada de um perfeito canalha! O cara acha que tá em walking dead. Isso aí é um comunista MENTIROSO!!! Acabando com o bando de acéfalos que escolheram a ignorância como estilo de vida, pra mim pode acabar esse mundo.

Não sei quem é mais desonesto. Orelhas q é bom... nada Esse cara nao esxiste em rede social. De onde ele saiu!!! Ele ta se agarrando ao máximo a mídia gratuita, até ninguém ligar mais para as merdas que ele fala! Charlatão de '1 milhão' de mortes. Alarmista irresponsável. Caralho, que ARROMBADO. Sempre fui fã! 3

Um bosta formado na usp, militante a serviço do caos. não gosto dele não Mundo não existe mais o cavalo com anjo da morte desceu a terra o ceifador fiquem em casa para o anjo negro não te pegar assinado sobrenatural Quanta imparcialidade. SQN sim vai todo mundo morrer pro vírus imunidade não existe não todo mundo que pega morre tá certo👍

E vocês levam esse charlatão de merda a sério. Vão tomar no cu! CADÊ A ORELHA DESTE HOMEM ?!?!?!?!?! Atila Iamarino? PQP!! Já morreram quantos milhões, Atila?! Nem perco meu tempo para ver 'virologista', youtuber que se baseia em um único estudo que está sendo contestado por especialistas, que estudaram o caso, no mundo todo e a cada dia. Um charlatão.

A extrema imprensa só chama especialistas que corroborem com a narrativa do isolamento. O contraditório não existe para vocês. E ainda dão holofotes para esse irresponsável, que causou pânico num vídeo ao prever que 1 milhão de brasileiros iriam morrer. Criem vergonha na cara. Esse sujeito e ums besta... e ai vai o e publica. Merece credibilidade Hipocritas.

Vidente Carlinhos com grife. Na torcida pelo vírus, vale até biólogo contra médico francês pesquisador. É galera a imprensa não está nem aí pra vc, o importante é manter a narrativa, seja a que custo for. OBrasilNaoPodeParar Fui no Mercado e parece bem igual ao que er antes. O nível de vcs está baixando cada vez mais. Daqui a pouca vem a opinião do prêmio Nobel Zé Ruela.

Segundo o Youtuber... to saindo Oxe, e o mundo foi pra onde? O senhor do Caos E no fim o Thanos é um vírus. Esse daí é aquele charlatão que disse que iriam morrer 1 milhão de pessoas. O fato de a extrema imprensa estar dando visibilidade pra um charlatão é tudo que voceuprecisa saber sobre a imprensa hoje.

Pq o oatila nao tem orelhas? Ele é reptiliano! Prêmio abutre do ano vai para esse merda ae Esse erra Abutre do ano. G1 tirando informações de alarmistas, novidade Divulgam esse asno, mas não divulgam o Ministro da Saúde Um BOSTA👍🏼 PICARETA se isola no projac....por causa da fumaça pelo menos dengue você não pega.

Pra ele ta sussa demais. Divulga que vai morrer 2 trilhões de gente e depois vai no twitter fazer um ad pra ajudar nas contas pq ninguém é de ferro, né..dia 5 os boletos chegam Esse cara não é virologista, é de um youtuber o cara do 1 milhão de mortos? hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha

Ah,mas foi só um virologista que falou isso,Eu,bolsoameba que cursei a faculdade de burrolorogia prefiro acreditar no meu 'MITO'.😂😂😂😂😂 Mas olha ai o sistema funcionando direitinho. Kkkkk Pergunta pra ele se vai morrer 1 milhão aq kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk '1 milhão' Sou fã desse cara desde que ele escreveu o roteiro do The Walking Dead

KKKKKKK o mlk acha que virou Zumbilandia essa poha oatila ? O cara é tão bom que teve que virar Youtuber pra aparecer Desculpa, amigo, sem orelha sem opinião. Trakinas do caralho Da pra ver a bolha quando o g1 pública coisa do atila ksksksks Ou é isso ou é morrer de pânico em casa Virologista de tese pronta, baseada em ideologia e não em pesquisas. Pois passa mais tempo dando entrevistas para o g1 e gravando videos alarmantes no youtube. Que sendo virologista. Credibilidade 0,0%

Esse doente mental ainda tem espaço na mídia... ZZZZZZZZZZZzzzzzzz kkkkkkkkkkkkkkkkkkk Evite Grande bosta a opinião do desconhecido escolhido a dedo pela Grobo. Ah vai tomar no seu cu oatila Isolamento deve ser para todos acima de 60 anos com poblemas de saudes. Essa foi a melhor definição que eu já li sobre o isolamento social que está salvando vidas, parabéns.

Sou fã desde que ele foi a loira do banheiro JaquelineJac Vamos ouvir quem é técnico e não político. FiquemEmCasa OBrasilTemQuePararBolsonaro 'Todo o mundo adotou o isolamento total' Que afirmação mais canalha FicaEmCasa OBrasilDeveParar youtuber O mundo existe sim, ainda estamos aqui !!! Cey Seria tão mais fácil entender que, pra sobreviver em um mundo que não existe mais,não devemos mais ser quem éramos. Menos ignorantes já seria um grande avanço!

HAHAHAHAHAHAHAHA AGORA O YOUTUBE É FONTE DE DADOS DA GLOBOSTA HAHAHAHAHAHA PQP PAREI!! Alarmista cagão Agos_Pimpaum A situação do Brasil pode ser melhor Meu currículo: Para saber mais e discutir notícias e art... Realidade neles, oatila! Ué, se desse eu ficaria em casa numa boa. O problema é pagar as contas, risco de desemprego e etc. Simplesmente é impossível se cuidar no conforto do lar e esperar que as dívidas se paguem sozinhas. Não tem jeito, é preciso se arriscar.

Psicopata !! Vocês não precisam voltar. Gente ela está certo, seus bando de Zé Ruelas bolsominions Caralho mano muita gente sem o minimo de informação assiste um video no YouTube e vem pagar de mero conhecedor de ciências tnc se aprofunde no assustou releiam e veja se entendeu pra depois digitar alguma coisa e nao cagar pelos dedos se informe porra

Só no Brasil que a palavra dos terraplanistas e fanáticos evangélicos é mais cultuada do que a dos cientistas. ih a lá, o cara do nerdologia No interior vida normal. Louco maluco! É querer morrer, antes de mais nada Escutem oatila PROCUREM POR BERNARDO ATILA NO YOUTUBE louieandharty Esse que disse que vai morrer 1 milhão de pessoas ?

CamiloSantanaCE Bem isso 👍👍😔 acompanhei antes da fama!! lrsbld Pau no cu dele Que bom ver oatila recebendo a visibilidade que merece Escutar um babaca que saiu falando que 1 milhão de pessoas serão infectadas? Esse imbecil fez foi gerar pânico em muita gente Esse é o cara que previu mais de 1 milhão de mortes no BR baseado num estudo 'exagerado', no minimo, do Neil Fergunson? Bom, o Fergunson já refez os seus números (Fonte 👇), e esse cidadão (atila), será honesto e vai fazer o mesmo?

Hoje eu saí normal , tá tudo funcionando . Eu tô com mais medo da fome do que desse vírus pra quem acha que o isolamento é besteira, olha o dado de infectados em MG até dia 27/03. Mais de 80% são de 20 a 59 anos Que emissora mais falsa 🤦🏻‍♂️🤦🏻‍♂️🤦🏻‍♂️ Tem que parar de assitir the walking dead. Que raio de quarentena é essa na Itália que mata 1000 pessoas por dia? Alguma coisa errada, não está certa. 🤔

Parabéns Atila ao seu excelente trabalho prestando informações corretas as pessoas de como devemos se comportar diante a grave epidemia ! Discordar do Atila implica em discordar da Imperial College London, da OMS e das várias instituições de excelência. Se você continua achando que está certo sobre o isolamento, prove o contrário com pesquisas de alto nível. Caso contrario, parabéns seu cérebro derreteu.

Esse cara tá tocando terror no YouTube, segundo ele vai ter um milhão de mortes no país... Vsf! sabe y sabe Se a mídia e os políticos não quiserem que exista, não existirá. E, Átila, isso aqui não é como o Thanos estalando os dedos. O canal dele no YouTube tá bombando e já tem até patrocinadores. Pode ficar de quarentena em seu 'home office' por anos. Conseguiu o q queria graças ao bando de retardados q viraram fãs.

Quem? Ícone sensato Gente, deem uma olhada no currículo do Átila antes de o criticarem O mundo e tudo como ele era acabou Vamos acreditar no profeta do apocalipse... Pq o restante da galera não sabe d porra nenhuma... Daqui a pouco vamos acreditar em QQ YouTuber.. Nossa, que pesado Isso é um picareta! Maluco alarmista.

As pessoas refutam um cara super experiente na área com opiniões de terra planistas... foda As pessoas vão contra os cientistas Virologista que irresponsavelmente plantou pânico em milhares de pessoas com base em UM estudo cujo autor já admitiu erro de análises. Não, obrigada. Dr. Anthony Wong (Professor da Escola Paulista de Medicina) vs Atila (Biólogo youtuber). Piada pronta!!!

Kkkkk tem essa fala no The walking dead. A pessoa passa a vida estudando mas quem tá certo é um ignorante com histórico de atleta, que não entende de nada, e os tiozões do zap. O Atila não merece receber esses ataques. Este negro sem orelha está cuspindo quente fatos Pq será que a imprensa só quer dar voz a “especialistas” apocalípticos? Para vender notícias e ganhar grana com o pânico?

Nossa que medo...midiazinha sem noção... Verdade que tal então fazermos o isolamento eterno É o mensageiro do Apocalipse! Va se fuder, só vou ficar em casa pq confio mt em vc, mas to puto AAAAAAAAAAAA Obedecerei Atila Iamarino, pesquisador e biólogo do canal Nerdologia, doutor em microbiologia e pós-doutorado em Yale, virologista, epidemiologista, professor, podcaster, youtuber.

que frase pesada Valeu, ajudou a tranquilizar nós o infectologista que está no rj1 não sabe responder nd Irresponsável esse cara nem deveria ser chamado de cientista. so busca opiniões de quem é a favor do isolamento kkkk parcialidade é pouca. Aqui no Brasil só 'atleta' tem credibilidade, quem se dedica a vida toda a estudos passa em branco...

O médico é Professor da Escola Paulista de Medicina, Dr. Anthony Wong. Setembruu Esse tem credibilidade Sempre fui fã Sim, e a maioria da população sendo forçada a assistir vcs!!! Pq a maioria não tem tv a cabo, vcs são podres, mentir deliberadamente apenas para tentar ressuscitar da sua decadência...o povo não acredita mais em vcs!!! Sua ruína está próxima, nem o medo salva vcs!!!

Sair do isolamento agora é querer voltar a mundo que não existe mais, diz virologista Atila IamarinoPreocupação deveria ser em preparar a economia para resistir à quarentena. Isolamento é forma de ganhar tempo para pensar outras medidas, diz biólogo especialista em vírus. Átila é virologista? Mas não adianta a ciência palpitar, afinal, hábitos medievais latejam na essência medonha do fantasma do executivo, de seus herdeiros e de seus 'seguimores'. Aqui em SC iremos empilhar corpos em breve. Governador disse que é bombeiro e Ñ fez juramento? Que drama. Estou me sentindo em Walking Dead

Depois de sair do PSL, Flávio Bolsonaro vai se filiar ao Republicanos - Política - EstadãoMigração do senador ocorre depois da desistência de viabilizar o Aliança pelo Brasil para as eleições de 2020 Politica Reforçando o time de Crivella , Na hora da Rachadinha chama o MEIRELLES!! Politica Leva o Queiroz junto. Politica E o partido Milicianos? Não deram conta de fundar? Kkk

Sair do isolamento agora é querer voltar a mundo que não existe mais, diz virologista Atila IamarinoPreocupação deveria ser em preparar a economia para resistir à quarentena. Isolamento é forma de ganhar tempo para pensar outras medidas, diz biólogo especialista em vírus. Átila é virologista? Mas não adianta a ciência palpitar, afinal, hábitos medievais latejam na essência medonha do fantasma do executivo, de seus herdeiros e de seus 'seguimores'. Aqui em SC iremos empilhar corpos em breve. Governador disse que é bombeiro e Ñ fez juramento? Que drama. Estou me sentindo em Walking Dead

OMS reforça proposta de isolamento social contra coronavírus, mas diz que é preciso fazer mais - Saúde - EstadãoOMS reforça proposta de isolamento social contra coronavírus, mas diz que é preciso fazer mais Oms teucu 👁️👁️ neste malandro, está ganhando dinheiro dos laboratórios pra vender testes, pior, testes que não funcionam kkkkk vivo para ver as pessoas desacatarem as recomendações médicas da oms e acatar as recomendações do bolsonaro que fala q brasileiro não pega nada que viu gente pulando no esgoto e não acontecendo nada, o povinho ignorante

Perto de Bolsonaro, Trump parece o Churchill, diz CEO da EurasiaEm entrevista a VEJA, Ian Bremmer diz que o 'lockdown' é fundamental para salvar a economia e que o mundo sairá da crise mais desglobalizado Parei de ler no 'time altamente qualificado'. Onde, cara pálida? O Guedes e cia não conseguem tirar quase nenhuma ideia do papel. Quando tiram é um desastre. O povo do min da saude bate cabeça. vejalixo Esse cara tem que sair do Brasil

Maioria dos brasileiros não crê que isolamento social impedirá avanço do coronavírus, diz pesquisaUm levantamento do instituto de pesquisa Ipsos revela que 56% dos brasileiros não acreditam que as medidas de isolamento vão frear o alastramento do novo coronavírus. O pessimismo não é pelo isolamento, mas pela falta de coordenação no combate a epidemia no Brasil. Claro, com uma mídia orquestrada para criar pânico, era de se esperar! Estão felizes agora, urubus? A Globo contribuiu muito pra isso. E vcs, vão pelo mesmo caminho! BolsonaroTemRazao