Saúde recua e vai retirar tabela que dizia que hidroxicloroquina era segura, mas vacinas não

Saúde recua e vai retirar tabela que dizia que hidroxicloroquina era segura, mas vacinas não #g1

25/01/2022 20:32:00

Saúde recua e vai retirar tabela que dizia que hidroxicloroquina era segura, mas vacinas não g1

A nota técnica publicada na sexta (21) contraria a OMS e a comunidade científica. Todas as vacinas em aplicação no Brasil obtiveram resultados em pesquisas científicas que comprovaram a segurança e eficácia contra a Covid-19.

O Ministério da Saúde informou nesta terça-feira (25) que vai alterar a nota técnica publicada na sexta-feira (21) que afirmava que as vacinas não têm demonstração de segurança (veja mais abaixo o comunicado do ministério).

A GloboNews teve acesso à nova nota técnica e a tabela que trazia informações sobre a segurança e efetividade de medicamentos e vacinas foi retirada.Em nota, a pasta disse que republicará a nota técnica para “promover maior clareza no conteúdo e evitar interpretações equivocadas, como a de que a decisão critica o uso das vacinas Covid-19”.

Consulte Mais informação: g1 »

Orçamento secreto: 'Pacto para a bem-sucedida relação entre alguns parlamentares e Bolsonaro.'

No CBN Em Foco, você acompanha uma análise aprofundada dos temas que dominam o noticiário. Um programa que tem a proposta de separar os fatos da espuma. Com ... Consulte Mais informação >>

Kkkkkk é muita incompetencia deste governo Bolsonaro!kkkkk A vacina é segura, só mata por trombose e avc Affs essas poha está brincando com a Saúde dos seres humanos, eles querem mas que as pessoas se foda, tanto faz Cloroquina Ou Vacina !!! A tabela dizia isso? Ou essa foi a interpretação dos inimigos? Pelo que entendi o que está claro no documento é que não existe comprovação científica de que qualquer coisa é definitiva... Só nos discursos políticos que se aproveitam da 'ciência'...

Não tem que recuar tem que responder por crime Na primeira e segunda onda, quem tinha hidroxicloroquina em casa, não teve baixas. Quem foi pro hospital com os profissionais de saúde perdidos e sobrecarregados... Mais fácil reconhecer a mentira do que explicar a morte dos antivacina. Tomar vacina emagrece mais que comer cachorro quente sem maionese.

Tome vacina! Afinal , um corpo precisa de líquido. Se Olavo fosse de esquerda, os esquerdopatas da lei Rouanet, diriam que foi assassinato.

Senadores querem ouvir Ministério da Saúde após defesa da eficácia da hidroxicloroquina - Saúde - EstadãoSecretário Hélio Angotti Neto deve ser convidado para explicar nota técnica da pasta que atribui eficácia à hidroxicloroquina e afirma que as vacinas não têm a mesma efetividade Sabe o que adianta? Nada! Ninguém faz nada! Estamos entregues a um bando de vagabundos e genocidas GE NO CI DA

Usei hidroxicloroquina. E usarei novamente caso precise. Ainda bem que até outubro vamos fechar a rede globo de TV. Breve! Propaganda de outdoor: 'Você já tomou vacina covid ,hoje!!!' As vacinas podem ser indicadas , uma dose antes de cada refeição. Muito em breve. Na nota fiscal, virá imposto covid que cobra o uso de vacina no mês. Afinal, como viver sem vacina!?!?!?

Vamos fazer o certo!!! Não é recuo, é método. O Crime já aconteceu, Hora de punir os culpados! Passou da hora já né mors Ridículos..... Essa estupidez precisa ter um fim. Ninguém assume o que diz. Chega de amadores, basta de ministro negacionista enrustido.... DPaulodavi BOLSONAROREELEITO2022

O crime artístico mais chocante do século 21: dois Van Gogh furtados em 3 minutosPor que roubar obras de um dos artistas mais famosos do mundo? A quem poderiam ser vendidos, sendo bens praticamente não comercializáveis? Por que alguém os compraria, se eles tivessem que ser escondidos para sempre? Esse retorno ao mapa da fome não se deu por um governo desastroso, mas por um governo perverso que tem na escravização o seu maior projeto de desenvolvimento econômico! ForaBolsonaro Dá RT, pessoal. Que história! Que bela matéria!

Depois que o Olavo de Carvalho bateu as botas seguindo a tabelinha? PASSOU na globolixo ? Não ? Então não passa de mentira. Uma montagem barata ! Olavo de Carvalho que o diga. Sabiam que o STF já foi acionado... só vão retirar por esse motivo ! Agora que o guru dessa merda de governo morreu justamente usando cloroquina e evitando vacina eles desistiram de defender, só agora, depois de mais de 600mil mortes, vai tomar no cu!!!

Alguém apertou o cu kkkk. Já era pra esse governo ter sofrido impeachment por tantos crimes de responsabilidade. Aguardando. Olava morreu, começou a desandar o esquema negacionista Que tal 'retirar' tbm Ministro & cia? Ja tava na hora Mais de 500 milhões de doses da vacina garantidas pelo minsaude e govbr ! É isso que vale, o resto é blá blá blá e fofoca de tablóide.

Pfizer inicia estudos clínicos de vacina baseada na Ômicron - Saúde - EstadãoTestes avaliam segurança do imunizante adaptado tanto como série primária quanto como dose adicional

Em um país sério, esse povo da hidroxicloroquina estaria sendo responsabilizado judicialmente. A verdade smp vem a tona, isso que dá qndo vc confronta a ciência, ela prova e comprova Mas o estrago já foi feito. Essa é a tática do desgoverno do imbrochável: cdiar dúvidas e gerar o caos. ForaBolsonaroeSuaQuadrilha

Num diga. Pq será? 😤😤 Você sabia que Lula é um grande amigo do presidente Daniel Ortega, da Nicarágua, e este foi acusado de estupro pela própria enteada ? Além de tudo são covardes kkkkkkkk Todo dia o governo Bolsonaro passando uma vergonha diferente 😍. Quem colocar cloroquina é um fdp O autor da 'nota técnica' é olavista

Método de sempre. Lança mentira, acena para a base rígida, depois desmente e finge que não falou. Já encheu o saco

Saúde mental: Como a inteligência artificial reduz casos de burnoutbCom o uso de inteligência artificial, Corporate Wellness estimula o autocuidado de colaboradores com dicas diárias O Brasil está de Luto 🖤🖤 OlavoEterno Ao mestre com carinho

2022 e ainda tem gente discutindo Cloroquina pra Covid 🤦🏽‍♂️ Esse povo só merece cadeia! Meus amigos. Eu preciso da ajuda de vocês, preciso recolher o MÁXIMO de avaliações que conseguir até 23:59h. Se puderem me dar essa força Mãos dadas Apertar em 5 estrelinhas e 'postar' Comenta pra eu seguir vcs

Ministério da Saúde edita nota técnica e retira tabela antivacinaNova versão foi assinada por secretário na noite de segunda-feira

Gabriel Medina prioriza saúde mental e não participará da primeira etapa do Mundial de SurfeBrasileiro de 28 anos, atual campeão do WSL, diz que precisa focar na saúde mental e também aponta lesão no quadril como impeditivos. Torneio começa no fim de semana Certo ele, afinal não existe trabalho ruim, o ruim é ter q trabalhar! Hahaha!

Ministério da Saúde vai retirar tabela da cloroquina de nota técnica O Ministério da Saúde informou nesta terça-feira (25) que vai alterar a nota técnica publicada na sexta-feira (21) que afirmava que as vacinas não têm demonstração de segurança (veja mais abaixo o comunicado do ministério). A GloboNews teve acesso à nova nota técnica e a tabela que trazia informações sobre a segurança e efetividade de medicamentos e vacinas foi retirada. Em nota, a pasta disse que republicará a nota técnica para “promover maior clareza no conteúdo e evitar interpretações equivocadas, como a de que a decisão critica o uso das vacinas Covid-19”. Tabela diz que hidroxicloroquina é segura Ministério da Saúde contraria cientistas e a OMS e diz que medicamentos sem eficácia comprovada contra a Covid funcionam, mas vacinas não A nota técnica publicada na sexta pelo Ministério da Saúde contraria a Organização Mundial da Saúde (OMS) e a comunidade científica e afirma que vacinas não têm demonstração de segurança. Na verdade, as vacinas contra a Covid são internacionalmente reconhecidas como método mais seguro de prevenção contra a doença. O mesmo documento aponta que a hidroxicloroquina demonstrou segurança como uma tecnologia de saúde para a Covid-19 — o medicamento chegou a ser discutido pelos maiores órgãos de saúde do mundo e, desde março de 2021, a OMS não recomenda oficialmente seu uso para o tratamento ou prevenção do coronavírus. Após publicação da reportagem, o Ministério da Saúde disse em nota que "em nenhum momento afirmou que o referido fármaco é seguro para tratamento da Covid-19, nem questionou a segurança das vacinas, que é atestada pela agência reguladora". "A interpretação foi retirada erroneamente de uma manifestação de nota técnica da Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos (SCTIE). A secretaria informou que observada isoladamente não traduz o real contexto, explicitado no próprio texto. A interpretação de que ela afirma existência de evidências para o medicamento cloroquina e não existência de evidências para vacinas é errada e descontextualizada". Veja abaixo quadro presente no documento: Tabela encontrada em nota técnica publicada pelo Ministério da Saúde nesta sexta-feira (21). — Foto: Reprodução O secretário de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde, Helio Angotti Neto, assina o relatório, utilizado como base para rejeitar as diretrizes da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias ao Sistema Único de Saúde (Conitec) de não usar medicamentos do "kit Covid" para tratamento em pacientes do SUS. "Temos já muitos estudos bem conduzidos, de qualidade, mostrando que a hidroxicloroquina não tem eficácia contra a Covid-19. Além dos estudos em populações que mostram a efetividade das vacinas e sua segurança. E para somar a isto, temos os números que mostram a redução do número de óbitos com o avanço da cobertura vacinal. Então, é uma mentira contada pelo próprio ministério, que ignora a ciência", afirma Letícia Sarturi, mestre em imunologia pela Universidade de São Paulo e doutora em biociências e fisiopatologia pela Universidade Estadual de Maringá. Veja a nota do Ministério da Saúde "O Ministério da Saúde informa que a Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos (SCTIE) republicará a Nota Técnica que fundamenta a decisão acerca das diretrizes terapêuticas para o tratamento farmacológico da Covid-19, para, segundo a secretaria, promover maior clareza no conteúdo e evitar interpretações equivocadas, como a de que a decisão critica o uso das vacinas Covid-19. A alteração será publicada em portaria no Diário oficial da União (DOU) e não modifica a deliberação já divulgada."