São Paulo: os nichos do eleitorado que sustentam Covas e Boulos | Maquiavel

Quais os nichos do eleitorado que sustentam Covas e Boulos, segundo pesquisa

24/11/2020 19:39:00

Quais os nichos do eleitorado que sustentam Covas e Boulos, segundo pesquisa

Na reta final, candidato do PSOL avança entre jovens, negros e pobres, enquanto tucano se apoia em mais escolarizados, mais velhos e quem tem salário médio

O primeiro tem 55% dos votos válidos e o segundo, 45%, de acordo com pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira, 24 – há uma semana, a diferença era de 16 pontos percentuais. Embora a disputa tenha ficado mais apertada no geral, os dois candidatos ostentam amplas vantagens em determinados setores do eleitorado, que sustentam as suas posições nesta última semana antes da votação.

Mulher aciona a Justiça após comentário obsceno em comanda de bar em Petrópolis, no RJ Campeã do BBB 20, Thelma Assis atua no maior pronto-socorro do Amazonas no combate à Covid-19 Brasil volta a ter média móvel de mais de 1 mil mortos por Covid por dia; alta no AM preocupa

Covas, por exemplo, lidera com folga entre os eleitores que têm mais de 60 anos de idade – tem 73% contra 27% –, enquanto Boulos domina no extremo oposto do eleitorado (16 a 24 anos), onde consegue 65% contra 35% do tucano. Essa faixa etária, aliás, sustentou boa parte do crescimento do candidato do PSOL, já que na semana passada o placar era 59% a 41% (ou seja, Boulos tirou seis pontos do adversário nesse período).

  Boulos também avançou na segunda faixa mais jovem, de 25 a 34 anos, onde tem 56% a 44% (era 53% contra 47% há uma semana). Já o tucano, em relação à pesquisa anterior, manteve a disputa a seu favor, em 58% a 42%, entre os eleitores que têm de 45 a 59 anos de idade. headtopics.com

Continua após a publicidade  Um temor na reta final para o tucano é a questão da abstenção, já que, teoricamente, o eleitorado mais jovem é mais fácil de mobilizar. No primeiro turno, houve uma abstenção recorde de 29% – segundo o Datafolha, entre os que não foram votar, 28% alegaram problemas de saúde ou medo da pandemia da Covid-19.

RendaNa divisão por faixa de renda, Boulos diminuiu a desvantagem entre os que ganham menos (até cinco salários mínimos) e conseguiu um empate técnico no limite da margem de erro (o tucano tem 53%; ele, 47%), mas Covas mantém ainda uma boa distância entre os eleitores que ganham acima disso: o prefeito tem 56% a 44% entre os que recebem mais de dez salários mínimos (mesmo percentual da pesquisa anterior) e 62% a 38% entre os que ganham entre cinco e dez salários mínimos (era 55% a 45%).

Consulte Mais informação: VEJA »

Cadelinha é adotada por posto de combustíveis no ES, vira 'frentista' e ganha crachá

Pandora chegou ao local há três anos com fome e sede e foi acolhida pelos funcionários do posto.

Do boulos... do boulos eu sei, jovens revolucionários, maconheiros, com wifi paga pelos pais. Covas ainda tem a cara de pau de defender seu vice indicado por Temer, um agressor de mulheres e corrupto, envolvido em um crime, que a rigor, é roubar de mães e criancinhas. Boulos : jovens q jogam among us com Felipe Neto Covas: pessoas q batem em mulher