Ruy Ohtake, o modernista mais ousado da arquitetura brasileira

Autor de marcos urbanos da capital paulista, o arquiteto morreu neste sábado, aos 83 anos, em decorrência de um câncer de medula

27/11/2021 23:00:00

Autor de marcos urbanos da capital paulista, o arquiteto morreu neste sábado, aos 83 anos, em decorrência de um câncer de medula

Autor de marcos urbanos da capital paulista, o arquiteto morreu neste sábado, aos 83 anos, em decorrência de um câncer de medula

, consagrada com o estilo de Vilanova Artigas. Neste sábado, o país perdeu o gênio e o talento de Ohtake. O arquiteto faleceu, aos 83 anos, em São Paulo, em decorrência de um câncer de medula.Formado na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP), Ohtake iniciou a carreira nos anos sessenta, primeiramente com obras de pequeno porte, para depois desenvolver projetos complexos, alguns deles atualmente considerados marcos urbanos da capital paulista —como o Instituto Tomie Ohtake e os hotéis Unique e Renaissance, exemplos de seu apreço pelas linhas linhas onduladas. O arquiteto também realizou diversas obras de infraestrutura e construção de equipamentos públicos e privados não apenas em sua cidade (o Parque Ecológico do Tietê, o Expresso Tiradentes e o Conjunto Residencial e Polo Educacional de Heliópolis são alguns exemplos), mas em outas regiões do país: Ohtake assina o Aquário do Pantanal, em Campo Grande (MS), o Brasília Shopping e o Estádio Walmir Campelo Bezerra, no Distrito Federal.

Da varíola à covid-19, a história dos movimentos antivacina pelo mundo - BBC News Brasil

Em 1991, com a construção da Embaixada Brasileira em Tóquio, deixou evidente seu compromisso com ouso das cores em suas obras, que passaram a ser sinônimo de uma “folia cromática”, como caracterizaram colegas e críticos especializados. “O Brasil sempre foi um país de um colorido muito forte, em cidades como Paraty, Ouro Preto e Olinda. Achei que nós devíamos ter cor na cidade e comecei a colocar muitas cores”, disse em entrevista ao

Estadãoem 2019. Foi precisamente a partir dos anos noventa que seu trabalho passou a ser reconhecido com inúmeros prêmios, como o Colar de Ouro do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) em 2007.Um dos traços mais importantes em sua carreira foi a defesa —e a prática— do que ele chamava de headtopics.com

arquitetura real, sua cruzada pessoal contra a “desagradabilíssima” desigualdade social, em suas próprias palavras em entrevista para a publicação especializada

Consulte Mais informação: EL PAÍS Brasil »

Especialistas afirmam que volta às aulas presenciais é importante e segura para alunos e professores

A imunização infantil contra Covid deve começar na semana que vem. Brasil tem 20 milhões de crianças entre 5 e 11 anos; a maioria deve começar as aulas em fevereiro.

🥀🥀🥀🥀🥀🥀🥀 GeraldoWinter Triste notícia