Robinho é condenado em última instância pela Corte italiana por estupro coletivo - Esportes - Estadão

@EstadaoEsporte Robinho tem condenação em última instância pela Corte italiana por estupro coletivo

19/01/2022 18:05:00

EstadaoEsporte Robinho tem condenação em última instância pela Corte italiana por estupro coletivo

Caso aconteceu em 22 de janeiro de 2013 em uma boate de Milão. Pena de nove anos é mantida pela justiça italiana

Estadão em outubro de 2020, o advogado Franco Moretti, que representa Robinho na Itália, reforçou que seu cliente é inocente. O jogador afirmou que toda a relação que teve com a denunciante foi consensual e ressaltou que seu único arrependimento foi ter sido infiel com sua mulher.

Em entrevista ao Estadão, o advogado da vítima, Jacopo Gnocchi, revelou à época que ela poderia ter solicitado o pagamento de aproximadamente R$ 400 mil (60 mil euros) por danos morais, mas optou por aguardar o andamento dos procedimentos jurídicos. Na sua visão, o tribunal de Milão que condenou Robinho fez uma análise correta do caso.

Consulte Mais informação: Estadão 🗞️ »

O Assunto #742: Vale do Javari - hoje e 20 anos atrás

Na passagem de um mês dos assassinatos de Bruno Pereira e Dom Philips, O Assunto ouve quem conheceu a região e o agora assassino confesso Amarildo de Oliveira em 2002, quando foi realizada a última grande expedição indigenista por lá, para conter invasões a territórios de povos isolados. Então com 21 anos, Pelado, como é conhecido, foi um dos guias na jornada de 105 dias. Consulte Mais informação >>

Esporte Como aqui é o país da impunidade, não vai dar nada...tem dinheiro, bons advogados ta de boa Tanto que ele falou pro comparsa dele vir pro Brasil que aqui não ia dar nada Esporte Cadeia para o estuprador. Esporte Extradita e cana nele. Só patriota e gente do bem. Esporte Cidadão de bem e bolsolixo não falham .

Esporte Quero só ver na cadeia. Esporte Lá não é brincadeira não ! Esporte Enquanto isso o UOLNoticias está preocupado com outra coisa Esporte Corte italiana? Entrou na vara. Esporte Coitado do menino Robson, por um azar da vida, n aprendeu que colocar o pau na boca de uma mulher desacordada, mesmo que de zoeira junto com mais 4 amigos é crime grave. Agora com 9 de testa, que ele não vai cumprir lógico, mas pelo menos viverá com a pecha que merece!

Esporte Se ele for apoiado do Miliciano e da família criminosa, nem aqui vai ser preso Esporte Vai lá e faz arminha, bolsonaristas otario.

Última instância da Justiça italiana julga recurso de Robinho por caso de estupro em 2013Robinho e seu amigo Ricardo Falco foram condenados a nove anos de prisão em duas instâncias anteriores por crime de violência sexual. Eles foram condenados em 2017, no primeiro julgamento, na Corte de Milão, e depois, em 2020, a condenação foi referendada pelo Corte de Apelação também de Milão. Agora, acontece o julgamento definitivo. A Corte de Cassação é a última instância da Justiça italiana.

Esporte Pena que não vai pagar. Esporte Nunca falha Esporte Da série: Cidadão de bem de direita conservadora cristã PATRIOTA que digitaram 17 em nome de Deus, família, pátria e contra a corrúpcão... Não salva um... LulaNoPrimeiroTurno Esporte Que a justiça seja feita. Se fosse no Brasil ele ganharia um ministério e a vítima seria culpada!!!

Esporte Esporte Periga virar ministro do Bolsonaro Esporte Queria parafrasear Machadinho para dizer “que a cela lhe seja leve”, mas pensando bem… não quero que seja leve não. ;) Esporte O CANALHA bolsonarista se fudeu!! Bandido bom é... 😌

Robinho enfrenta julgamento e pode acabar preso no Brasil; entenda - ISTOÉ IndependenteNesta quarta-feira (19), o jogador Robinho será julgado pela Corte de Cassação de Roma, terceira e última instância da justiça italiana, após um recurso apresentado pela defesa do atacante. O atleta havia sido condenado a nove anos de prisão por instâncias inferiores por crime de violência sexual em grupo contra uma mulher albanesa, em 2013. […] Aqui? No país da impunidade onde os ricos não ficam presos, esquece Quem fim triste de uma carreira Os cara com dinheiro pra fechar boates da um vacilo desse tem que perder tudo mesmo pra aprender

Nadal derrota alemão em três sets e avança em Melbourne; Barty arrasa italiana - Esportes - EstadãoEspanhol bate Yannick Hanfmann e vai encarar o russo Karen Khachanov; australiana tem atuação irretocável contra Lucia Bronzetti

Caso Robinho: Audiência final dura apenas 30 minutos; do Brasil, jogador aguarda decisão, que sai ainda nesta quartaO atacante já foi condenado nas duas primeiras instâncias da justiça italiana a nove anos de prisão, ao lado do amigo Ricardo Falco Q chinelagem Tá pensando que a Itália é o Brasil, onde tudo pode? Cadeia nesse mau-caráter!

Candidato à Presidência francesa é condenado por discurso de ódioEric Zemmour, da extrema-direita, terá que pagar 10.000 euros após ter chamado jovens imigrantes de 'ladrões, estupradores e assassinos'

Paraíba: técnica diz que foi orientada a aplicar vacinas que iriam vencerInvestigação na Paraíba: técnica diz que foi orientada a aplicar vacinas que iriam vencer BandJornalismo

e constatou que o local passou por reforma após o episódio. Procurado pelo  Estadão  em outubro de 2020, o advogado Franco Moretti, que representa Robinho na Itália, reforçou que seu cliente é inocente. O jogador afirmou que toda a relação que teve com a denunciante foi consensual e ressaltou que seu único arrependimento foi ter sido infiel com sua mulher. Em entrevista ao  Estadão , o advogado da vítima, Jacopo Gnocchi, revelou à época que ela poderia ter solicitado o pagamento de aproximadamente R$ 400 mil (60 mil euros) por danos morais, mas optou por aguardar o andamento dos procedimentos jurídicos. Na sua visão, o tribunal de Milão que condenou Robinho fez uma análise correta do caso. Transcrições de interceptações telefônicas realizadas com autorização judicial mostraram que Robinho revelou ter participado do ato que levou uma jovem de origem albanesa a acusar o jogador e amigos de estupro coletivo, em Milão, na Itália. Em 2017, a Justiça italiana se baseou principalmente nessas gravações para condenar o atacante em primeira instância a nove anos de prisão. Além das gravações telefônicas, a polícia italiana instalou um grampo no carro de Robinho e conseguiu captar outras conversas. Para a Justiça italiana, as conversas são"auto acusatório". As escutas exibem um diálogo entre o jogador e um músico, que tocou naquela noite na boate e avisou o atleta sobre a investigação. Robinho e Falco foram condenados com base no artigo"609 bis" do código penal italiano, que fala do ato de violência sexual não consensual forçado por duas ou mais pessoas, obrigando alguém a manter relações sexuais por sua condição de inferioridade"física ou psíquica". Os advogados de Robinho afirmam que o atleta não cometeu o crime do qual é acusado e alegam que houve um"equívoco de interpretação" em relação a conversas interceptadas com autorização judicial, pois alguns diálogos não teriam sido traduzidos de forma correta para o idioma italiano. A repercussão negativa sobre o caso de estupro fez com que Robinho tivesse a contratação suspensa pelo Santos em outubro de 2020. O atacante foi anunciado como reforço pelo clube da Vila Belmiro com vínculo por cinco meses.