Resultado final de estudo da CoronaVac em Serrana, SP, aponta eficácia de 80,5% contra casos de Covid

Contra mortes, índice de eficácia foi 94,9%, de acordo com o Butatan #g1 #CoronaVac #vacina

Coronavac, Vacina

03/12/2021 21:50:00

Contra mortes, índice de eficácia foi 94,9%, de acordo com o Butatan g1 CoronaVac vacina

Contra mortes, índice de eficácia foi 94,9%, de acordo com o Butatan. Dados foram publicados na plataforma Social Research Network, banco de dados que reúne pesquisas científicas do mundo todo.

O resultado final do Projeto S, estudo realizado pelo Instituto Butantan com a CoronaVac em Serrana (SP), apontou eficácia de 80,5% contra casos de Covid-19 e de 94,9% contra mortes. Na população com mais de 60 anos, o efeito preventivo da doença chegou a 86,4%, sendo que houve queda de 96,9% nas hospitalizações e de 96,9% nos óbitos.

O artigo "Projeto S: um ensaio randomizado escalonado para avaliar a eficácia do CoronaVac em Serrana, Brasil” foi publicado na plataforma Social Research Network, um banco de dados que reúne pesquisas científicas do mundo todo.Em maio, o Butantan havia divulgado dados preliminares do estudo que durou cerca de quatro meses na cidade. Na época, após aplicarem duas doses da CoronaVac em 27.160 moradores, os pesquisadores observaram a redução de 80% nos casos sintomáticos de Covid-19. Houve quedas de cerca de 86% no número de hospitalizações e de 95% nas mortes.

Os dados preliminares tinham apontado inclusive que os imunizados causam um efeito indireto de proteção mesmo a quem não recebeu nenhuma dose da vacina. O resultado final do estudo comprovou que isso acontece quando a vacinação com duas doses alcança 52% da população. headtopics.com

Governo prorroga por um mês a ajuda de custo para manutenção de UTIs

O efeito indireto incluiu ainda proteção a crianças e adolescentes, na época ainda não vacinados por falta de estudos sobre os impactos dos imunizantes no organismo delas.LEIA MAISDe acordo com o Butantan, ao longo do estudo, a incidência da variante gama era preponderante na cidade. Dos 1.447 moradores diagnosticados com Covid-19 no período, 361 amostras foram sequenciadas e o resultado apontou uma incidência da 92% a 100% da gama.

"O Projeto S demonstra que a imunização coletiva pode aumentar a eficácia da vacina contra a Covid-19 mesmo em um cenário envolvendo a introdução de uma nova variante, a circulação aberta com áreas circundantes e taxas de transmissão muito altas. A incidência geral de Covid-19 foi detida em Serrana, em contraste com o aumento persistente dos casos nas cidades próximas, que fazem parte do Departamento Regional de Saúde de Ribeirão Preto", informou o Butantan, em nota.

Produzida no Brasil pelo Instituto Butantan, CoronaVac é aplicada em massa em moradores de Serrana (SP) — Foto: Instituto Butantan/DivulgaçãoContinuidade dos efeitos da vacinaçãoSete meses após a conclusão do Projeto S, a vacinação continua causando efeitos positivos.

Brincadeiras adaptadas, intervalo intercalado e protocolos sanitários: escolas se ajustam para o início do ano letivo presencial

De setembro para outubro, a cidade viu os casos de Covid-19 triplicarem, mas as mortes permaneceram em baixa, conforme os boletins epidemiológicos. Foram 179 confirmações da doença em setembro e mais 563 em outubro.Já em relação aos óbitos, houve uma ligeira queda: quatro em setembro e três em outubro. headtopics.com

Diretor da Fiocruz, Rodrigo Stabile considera que o aumento do número de casos já era esperado diante do aumento da circulação de pessoas com a flexibilização das atividades. Sobre a possibilidade de a subida estar relacionada com uma eventual queda na proteção da vacina, ele descarta a ideia.

Veja mais notícias da região no g1 Ribeirão Preto e Franca Vídeos: Tudo sobre Ribeirão Preto, Franca e região

Consulte Mais informação: G1 »

O Assunto #628: Vida e obra de Elza Soares, por Ruy Castro

Neste episódio especial, antecipado para homenagear uma de nossas maiores cantoras, O Assunto recebe o jornalista e escritor, profundo estudioso da música brasileira. Ele conduz o ouvinte por marcos da trajetória de Elza, que morreu na quinta-feira aos 91 anos. Consulte Mais informação >>

Coronavac é uma Vacina Clássica com tecnologia antiga porém bastante segura do vírus inativado, a diferença foi muito pouca em relação às técnicas mais modernas como (Pfizer e Astrazenica), porém é uma vacina que praticamente não causa reações VAGAS PARA CONSULTOR DE VENDAS (HOME OFFICE) INTERESSADOS ME CHAMEM NO WHATSAPP 88 996113129.

Piada . Sp continua com os maiores índices de obitos mas não era 100 % prefiro caldicana, próximo O gado pira de raiva! Minions....... cade vcs?

Especialistas rebatem ideia que variante Ômicron comprometa vacinação contra CovidMédicos e cientistas insistem na importância da dose de reforço como principal medida nesta nova fase da pandemia

Ômicron: tecnologia da Coronavac favorece proteção contra variante, diz vice-diretora do Butantan - Saúde - EstadãoImunizante utiliza vírus inativado, que reconhece todas as partes do Sars-Cov-2, e tem mais chances de manter eficácia; Anvisa exigiu que fabricantes façam novos testes em produtos Tomara que o governo mude de ideia e compre a coronavac Coronavac é segura e eficaz em jovens de 3 a 17 anos, diz Instituto Butantan XeuleBot

PF faz operação contra quadrilha de tráfico de pessoas para o Brasil | RadarAgentes cumprem nesta quinta 14 mandados de busca e apreensão em SP e mais três estados; grupo teria movimentado R$ 50 milhões radaronline bença radaronline PF, da até dó !

Ômicron: veja como fabricantes de vacina avaliam impacto ou se preparam para agir contra varianteAnvisa pede que Pfizer, Butantan, Fiocruz e Janssen apresentem dados sobre eficácia das vacinas contra a nova versão do Sars-Cov-2. Em nota, a Pfizer informou que já começou a avaliar o impacto na variante ômicron na eficácia da vacina. Os resultados ficarão prontos ainda no mês de dezembro. CoronaDória não deu conta nem da primeira 😂😂😂😂 Certeza que a butantan vai emplacar mais um hit encima dessa radiação chamada covid Provavelmente vai precisar de novas doses de reforço Kkkkkkk.

Meghan Markle vence batalha judicial contra tabloides britânicos - Internacional - EstadãoTribunal rejeitou recurso apresentado pelo jornal Mail on Sunday, que publicou uma carta escrita pela Duquesa para seu pai Inter Toma fdp Inter Equanto tablóides brasileiros seguem mentindo Inter XeuleBot

Clube Militar agenda palestra sobre 'efeitos adversos' de vacinas contra a CovidA responsável por ministrar a palestra é Maria Emília Gadelha Serra e o evento acontecerá no salão nobre da sede do Clube, diz jornal Ah, praque essa veiarada se vacinar Milicos contra o povo brasileiro.