Venezuela, Motins, Segurança Penitenciária, Prisões, Centros Penitenciários, Regime Penitenciário, Justiça

Venezuela, Motins

Rebelião em presídio deixa ao menos 29 mortos e 19 feridos na Venezuela

Armados com granadas, os presos exigiam mais tempo para as visitas familiares

25.5.2019

A crise penitenciária se agravou especialmente na era de Chávez e Maduro. Pelo menos três rebeliões importantes e maciças de presos ocorreram na Venezuela entre 2017 e 2019

Armados com granadas, os presos exigiam mais tempo para as visitas familiares

No Comando Policial de Acarigua, presos de alta periculosidade convivem, amontoados, com detentos que cometeram crimes leves e aguardam sentença. As primeiras informações indicam que ali se vivia um ambiente de enorme tensão desde o Dia das Mães, semanas atrás, quando as autoridades negaram aos internos uma ampliação das visitas familiares, íntimas e pessoais durante todo o fim de semana.

MAIS INFORMAÇÕES A tensão entre os carcereiros e os presos aumentou até que um dos líderes do presídio foi assassinado em meio a uma discussão. Houve então um forte tiroteio entre os agentes e os detentos, que estavam armados com granadas.

As crises penitenciária e judicial têm sido o alimento perfeito para o aumento do crime, um problema social que se agravou especialmente na era de Hugo Chávez e Nicolás Maduro. Pelo menos três rebeliões importantes e maciças de presos – com um doloroso saldo de vítimas – ocorreram na Venezuela entre 2017 e 2019. No Estado de Amazonas, 39 pessoas morreram num duro enfrentamento com a Guarda Nacional, em 2017, e 69 perderam a vida em outro protesto contra as condições de reclusão na sede da Polícia Estadual de Carabobo, outra instalação que não pode ser catalogada como um presídio habitual.

Consulte Mais informação: EL PAÍS Brasil

que tenha mais rebeliões, lá e aqui no Brasil

Motim em presídio da Venezuela deixa 29 mortosObservatório Venezuela no de Prisões informa que todas as vítimas são detentos; governo omite detalhes sobre tragédia

Explosão de pacote em Lyon, na França, deixa ao menos oito feridos - Internacional - EstadãoEstadaoInter Explosão de pacote em Lyon, na França, deixa ao menos oito feridos Inter França cada vez mais parecida com o Brasil Inter axelmedicine

Explosão em rua de Lyon deixa ao menos oito feridosUm pacote bomba seria a causa da detonação, de acordo com as autoridades francesas

Chacina deixa ao menos onze mortos em Belém no ParáHomens armados chegaram em carros e motos e efetuaram os disparos em pessoas que estavam dentro de um bar no bairro Guamá Já estamos a muito tempo com a certeza que a Região Metropolitana de Belém se tornou um palco de guerra pelo controle do comércio de drogas e as autoridades constituídas não conseguem acompanhar, quando muito conta os corpos. Kd a polícia federal Já viro rotina essas ações em Belém com as mesmas características encapuzado e de colete

Chacina deixa ao menos 11 mortos em Belém, no Pará - Brasil - EstadãoChacina ocorreu na tarde deste domingo no bairro Guamá; primeiras equipes da polícia ainda estão no local O Klan: 'se os 11 mortos estivessem armados ...' Foi por qual motivo? Se você acha que as grandes capitais do sul e sudeste sao perigosas experimenta dá uma volta pelo norte nordeste. o país tá uma zona . A tempos.

Incêndio deixa 19 estudantes mortos na ÍndiaMuitos jovens pularam do topo do prédio para escapar das chamas; investigações apontam que fogo foi causado por curto-circuito

Ao menos 12 feridos em um atentado no Egito contra um ônibus de turistasExplosão aconteceu perto de um museu em construção junto às pirâmides de Giza Em português fala/se Gizé.

Confrontos após reeleição de Widodo deixam ao menos 6 mortos na IndonésiaMais de 200 ficaram feridos em protestos liderados por apoiadores do candidato Prabowo Subianto, que questiona eleição Mais 6 mortos.. e o Bolsonaro ta em Brasília tirando dinheiro de pobre e direito de estudantes. Bolsonaro não dá mais. É só notícia ruim. Hoje foram mais 6 mortes. Até quando isso Bolsonaro?

Escrever Comentário

Thank you for your comment.
Please try again later.

Últimas Notícias

Notícia

25 maio 2019, sábado Notícia

Notícias anteriores

Grêmio pede a organizadas que parem de usar palavra 'macaco' em músicas - Futebol - Fera

Próxima notícia

Propostas indecentes, insultos e ‘ghosting’: por que os homens perdem a educação no Tinder