Preso último suspeito por tortura e assassinato de casal de idosos em SP

22/01/2022 01:25:00

Preso último suspeito por tortura e assassinato de casal de idosos em SP

Preso último suspeito por tortura e assassinato de casal de idosos em SP

Crime foi cometido em abril do ano passado; outros três suspeitos já tinham sido presos...

Carol Mattos21/01/2022 • 19:17Um jovem de 18 anos foi preso por policiais militares do 4° BAEP enquanto tentava fugir em um carro de aplicativo para rodoviária de São Paulo. Segundo a polícia, ele confessou a participação na morte de Shideko Simomura, conhecida como Cidinha, de 84 anos, e do marido dela, Tethuo Simomura, de 93 anos. Outros três criminosos já tinham sido presos.

O suspeito estava foragido há 9 meses, acusado de ser um dos autores do latrocínio, roubo seguido de morte de um casal de idosos que foi torturado dentro de casa na Capela do Socorro, zona sul de São Paulo, em abril do ano passado.No dia do crime que chocou a população pela crueldade, quatro bandidos invadiram a casa dos idosos. Como não encontraram nenhum objeto de valor, eles torturaram a mulher de 84 anos e o marido de 93 e, em seguida, fugiram.

Consulte Mais informação:
Band.com.br »

Ciro diz que Bolsonaro perguntou nome de padre com quem fez 'tabelinha'

Candidato do PDT à presidência da República, Ciro Gomes disse que o motivo de seu cochicho com o presidente e candi Consulte Mais informação >>

Motorista de aplicativo é preso por sequestrar e estuprar adolescentes | Rio de Janeiro | O DiaUma das jovens foi presa no porta-malas do carro enquanto a outra era abusada sexualmente. ODia

Homem que roubou apartamentos no Leblon e fez funcionária refém é preso; veja vídeoNessa semana, Sidnei Rodrigues Moreira participou de pelo menos dois crimes no bairro da Zona Sul do Rio. Ele foi encontrado por policiais da 14ª DP no Recreio

Líder do PCC em Minas Gerais, Pica-Pau é preso no ParaguaiMarcio Vinicius da Paixão Vieira foi detido com outros dois brasileiros em um sítio no município de Zanja Pytá... Obrigado Paraguay pela prisão. 🇵🇾 Força guerreiro, pede pra te mandarem pro Brasil, aqui o STF_oficial te $olta!

SP: Há alta de casos na UTI, mas 'muito menor' do que antes, diz secretárioJean Gorinchteyn, secretário da saúde do estado de São Paulo, disse ontem que há um aumento das internações em leitos de UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) e enfermaria de covid-19 no estado, no entanto, os números são menores se comparado com outras

Em protesto inédito, médicos de UBS em SP narram rotina de exaustão'Estou péssima, exausta, não aguento mais', afirmou em desespero a médica N.*, 32, profissional de uma UBS (Unidade Básica de Saúde) de São Paulo, que preferiu não ser identificada por medo de sofrer retaliações. Ela participou do protesto organizado p

Mônica Bergamo: Aumenta rejeição à gestão de Ricardo Nunes, diz pesquisa da Rede Nossa SPAumenta rejeição à gestão de Ricardo Nunes, diz pesquisa da Rede Nossa SP Ainda bem que a rede é de vocês 🤣🤣🤣🤣

Crime foi cometido em abril do ano passado; outros três suspeitos já tinham sido presos Carol Mattos 21/01/2022 • 19:17 Um jovem de 18 anos foi preso por policiais militares do 4° BAEP enquanto tentava fugir em um carro de aplicativo para rodoviária de São Paulo.Carro utilizado no crime foi identificado pelos agentes durante as investigações - Divulgação Carro utilizado no crime foi identificado pelos agentes durante as investigações Divulgação [email protected] Publicado 20/01/2022 14:37 Rio – Agentes da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (Dcav), coordenados pelo delegado Adriano França, prenderam, nesta quarta-feira, um motorista de aplicativo acusado de sequestrar e estuprar duas adolescentes na madrugada do dia 13 de dezembro de 2021.PUBLICIDADE RIO — Policiais da 14ª DP (Leblon) prenderam um dos homens envolvidos num roubo a um apartamento na Avenida Delfim Moreira, no bairro onde fica a delegacia, na Zona Sul do Rio.Marcio Vinicius da Paixão Vieira foi detido com outros dois brasileiros em um sítio no município de Zanja Pytá Rodrigo Hidalgo 19/01/2022 • 19:32 - Atualizado em 19/01/2022 • 20:10 O suposto líder do PCC em Minas Gerais, Pica-Pau, foi preso hoje em uma ação conjunta da Polícia Federal brasileira e do Paraguai no município de Zanja Pytá, próximo da fronteira com o Mato Grosso do Sul.

Segundo a polícia, ele confessou a participação na morte de Shideko Simomura, conhecida como Cidinha, de 84 anos, e do marido dela, Tethuo Simomura, de 93 anos. Outros três criminosos já tinham sido presos. Uma delas ficou no porta-malas do carro enquanto a outra era abusada sexualmente. O suspeito estava foragido há 9 meses, acusado de ser um dos autores do latrocínio, roubo seguido de morte de um casal de idosos que foi torturado dentro de casa na Capela do Socorro, zona sul de São Paulo, em abril do ano passado. O crime aconteceu na terça-feira, dia 18, num prédio da Avenida Delfim Moreira. No dia do crime que chocou a população pela crueldade, quatro bandidos invadiram a casa dos idosos. Ambas foram abandonadas no Complexo Universitário do Fundão. Como não encontraram nenhum objeto de valor, eles torturaram a mulher de 84 anos e o marido de 93 e, em seguida, fugiram.

Shideko Simomura, conhecida como dona Cidinha, de 84 anos, foi espancada e torturada até a morte na frente do marido. Ele dirigia o veículo utilizado para cometer os crimes no momento da prisão. A operação, à cargo da delegada Camila Lourenço, contou com o apoio da Polícia Rodoviária Federal. Tethuo Simomura, de 93 anos, também bastante ferido, conseguiu sair da casa para pedir ajuda. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. Os agentes da especializada deram início às investigações buscando imagens das câmeras de segurança no local onde as jovens foram sequestradas. Uma câmera de segurança da rua lateral gravou a chegada de um dos suspeitos na casa das vítimas. Com ele, no momento da prisão foi recuperado um relógio Rolex avaliado em R$ 60 mil. Sozinho, o bandido caminha pela rua até chegar a casa dos idosos na esquina. Nas imagens, é possível ver que o abusador trafegava pela Rua Senador Bernado Monteiro e, ao avistar as meninas, fez uma conversão proibida em frente à rua Couto de Magalhães, acessando em seguida a rua São Luiz Gonzaga para depois, abordar as vítimas.

  As imagens não mostram como a quadrilha entrou na residência. Mas, depois de 1h20, o grupo vai embora pelo portão dos fundos da casa nessa mesma rua lateral. Com base na informação, os policiais tentaram contato com a plataforma de carros por aplicativo, sem sucesso, segundo a Polícia Civil. Na hora de deixar o prédio, ele saia caminhando calmamente. As imagens mostram que os assassinos caminham tranquilamente e como se nada tivesse acontecido. Veja também . Com alguns caracteres identificados, os agentes contaram com o Centro de Tecnologia de Informação e Comunicação do Estado do Rio para localizar o dono do veículo que havia vendido o carro a uma agência de automóveis.