Prefeitura quer testar todos os alunos e professores da rede antes da volta às aulas - Educação - Estadão

CAPA: Prefeitura de SP vai submeter aluno e professor a teste antes da volta às aulas

26/09/2020 12:22:00

CAPA: Prefeitura de SP vai submeter aluno e professor a teste antes da volta às aulas

A intenção, segundo o Estadão apurou, é dar prioridade para o retorno às escolas municipais daqueles que já tiverem anticorpos para o coronavírus na cidade

25 de setembro de 2020 | 13h14A Prefeitura de São Paulopretende testar todos os alunos e professores da rede municipalde ensinoantes da volta efetiva das aulas, prevista para 3 de novembro na capital.A primeira fase de exames sorológicos começa em 1º de outubro com alunos do 3º e 9º anos do fundamental e do ensino médio, além dos docentes. Eles serão testados nas próprias escolas. O anúncio do censo sorológico foi feito pelo prefeito Bruno Covas nesta sexta-feira, 25.

Assassino do ator Rafael Miguel e dos pais dele, Paulo Cupertino é preso no interior do Paraná A estudante de 14 anos premiada por descobrir molécula que pode ajudar a combater coronavírus - BBC News Brasil Em hospital da USP, tecnologia ajuda o pequeno David a descobrir os sons

Segundo oapurou, a secretaria municipal de Educaçãoquer priorizar a volta em novembro para professores e estudantes que já tenhamanticorpos para o coronavírus.  Mesmo assim, quem não tiver anticorpos não será impedido de retornar às atividades presenciais."A intenção é voltar com segurança", disse Covas em coletiva.

A medida pode ajudar a acalmar os ânimos principalmente de sindicatos de docentes que defendem a volta às aulas apenas depois da vacina e ameaçam fazer greve. Pais de alunos também estão reticientes em autorizar o retorno presencial com medo da contaminação.

A expectativa da Prefeitura é de que 20% dos alunos já tenham anticorpos,. O estudo mostrou que 18,4% do estudantes da rede municipal já teriam sido infectados com a covid. A estimativa é de que 244.242 alunos que já desenvolveram anticorpos para a Sars-Cov-2.

Assim, seriam esses 20% os escolhidos para iniciar a volta às aulas,justamente autorizada com 20% dos estudantes de cada escolana cidade.O inquérito sorológico mostrou também um cenário de alto número de assintomáticos entre os estudantes tanto da rede pública quanto privada. Os alunos assintomáticos são 64,1% na rede estadual, 66,4% na rede municipal e de 70,3% em alunos das instituições particulares.

A Prefeitura já tem à disposição 180 mil testes para a primeira fase, que deve durar 15 dias. Depois disso, serão feitos acordos com laboratórios para examinar um total de 102 mil professores e 670 mil alunos da rede. O procedimento todo vai durar cerca de 40 dias. Os

bebês e crianças de 0 a 3 anos são as únicos que farão os testes em unidades de saúde, onde também terão a carteira de vacinação atualizada.Além da volta às aulas, prevista para novembro,a Prefeitura já autorizou o retorno presencial de escolas públicas e particulares da capital em 7 de outubro

Nasce Lua, filha de Tiago Leifert de Daiana Garbin Encontrado recife de coral maior que o Empire State - BBC News Brasil Noruega financia mapeamento de florestas tropicais em esforço contra desmatamento - BBC News Brasil

. As unidades de ensino devem promover atividades extracurriculares neste momento, como esportes, acolhimento e recreação. Consulte Mais informação: Estadão »

O mistério das praias intocadas da Rússia que ficaram tóxicas de repente - BBC News Brasil

No fim de setembro, surgiram relatos de uma estranha doença na costa de Kamchatka, paraíso de surfistas no extremo leste da Rússia; mas a causa ainda é um mistério.

Como se o problema fosse o antes... que bosta! Não adianta, contaminação pode ocorrer no transporte, na ida e volta da escola, 02 meses para terminar o ano, não sei que porra de gana é essa querer expor crianças ao risco. E esse povo ainda fala que baiano é lento, tem 2 meses que a Bahia já está testando 🤷🏽‍♀️

E a canalhice mandando ver no Brasil permissivo. Não deveria nem voltar na verdade né? Mas como esse governo não gosta da educação,vão matar direto da fonte

Prefeitura de Campinas corta arroz da cesta básica de alunos da rede municipal - ISTOÉ IndependenteA prefeitura de Campinas (SP) cortou o arroz de cestas básicas entregues para famílias de alunos da rede municipal em situação de vulnerabilidade. A distribuição dos produtos começou em abril, após um questionamento do Ministério Público sobre a situação da merenda das famílias no período da quarentena. + SP deve receber cinco milhões de doses […]

Especialistas veem testes de covid-19 para alunos como válidos, mas apontam ressalvas - Educação - EstadãoPrefeitura de São Paulo anunciou que a partir da próxima semana pretende começar a fazer testes sorológicos em todos os alunos e professores da rede municipal de ensino antes do retorno às aulas, em novembro Edu FORA BOLSONARO GENOCIDA! ForaBolsonaro BolsonaroGenocida ImpeachmentBolsonaro Edu A zona tá aberta, mas a escola não. Edu Quando eu vejo palavras especialista no Brasil é sinônimo de esquerdistas criminosos.

Prefeitura de Campinas corta arroz da cesta básica de estudantes da rede municipal - São Paulo - EstadãoAdministração culpa fornecedor e alta no preço do produto; para compensar, foram incluídos na cesta mais 1/2 quilo de macarrão, 1 kg de carne e 2 litros de suco de uva O patriotismo do brasileiro é em dólar! nossa, que beleza. queria tanto ver os 'brasil acima de tudo' defendendo mais essa... Brasileiro tem obsessão com arroz, subiu preço, substitua

Poder em Pauta: Ministro da Educação sai da toca; ouça no ‘Estadão Notícias’A edição desta sexta-feira, 25, do 'Estadão Notícias' discute os principais assuntos que foram destaques na semana e que Que toca?

No Peru, 300 mil alunos deixam as aulas para trabalhar por conta da pandemia - Internacional - EstadãoEstadaoInter No Peru, 300 mil alunos deixam as aulas para trabalhar por conta da pandemia Inter Agora 300 mil piru trabalha Inter Enquanto isso no Brasil nem trabalham nem assistem aula Inter 300 mil piru agora trabalha

Bolsonaro defende volta às aulas e ironiza ‘alta cúpula’ por pegar CovidPresidente mais uma vez sugeriu que pessoas abaixo de 40 anos não sofrem tanto com os sintomas da Covid-19 e voltou a criticar o isolamento social Volta às aulas é o caralho seu vagabundo estudar ele não estuda mas mandar os outros irem para a escola no meio da pandemia ele quer