Planos de saúde são obrigados a cobrir testes rápidos, diz resolução da ANS; veja como vai funcionar

O teste deve ter pedido médico e vale para pacientes sintomáticos, entre o 1º e o 7º dia desde o início dos sintomas #g1

20/01/2022 14:51:00

O teste deve ter pedido médico e vale para pacientes sintomáticos, entre o 1º e o 7º dia desde o início dos sintomas g1

Procedimento, que precisará de pedido médico, será disponibilizado para pacientes que desenvolverem Síndrome Gripal ou Síndrome Respiratória Aguda Grave entre o 1° dia e 7° dia desde o início dos sintomas.

A Agência Nacional de Saúde (ANS) publicou no "Diário Oficial da União" (DOU) nesta quinta-feira (20) a resolução que incluiu os testes rápidos da Covid-19 na lista de cobertura obrigatória dos planos de saúde. A medida começa a valer imediatamente após a publicação no DOU.

O teste deve ter pedido médico e vale para pacientes sintomáticos, entre o 1º e o 7º dia desde o início dos sintomas, quando preenchido um dos critérios do Grupo I e nenhum dos critérios do Grupo II:Grupo I (critérios de inclusão)

Consulte Mais informação: g1 »

Câmara de SP aprova processo contra Camilo Cristófaro por unânimidade

A penalidade foi aplicada diante da quebra de decoro parlamentar, depois da fala, em sessão da CPI dos Aplicativos, no dia 3 de maio. Na ocasião, foi possível ouvir o vereador Camilo Cristófaro dizendo que 'lavar a calçada com água é coisa de preto'. Consulte Mais informação >>

2 anos de Pandemia e os clientes com planos utilizando o sistema público para teste, prejudicando outros que só tem o SUS. enquanto isso, os planos lá lucrando bilhões. As pessoas com planos não podendo ultilizar nem para o básico, um teste. Vai se fudee ANS Grande bosta então. Não faz diferença alguma

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk qual o sentido? continua a mesma coisa.

Planos de saúde serão obrigados a pagar teste rápido do coronavírus, decide ANS - ISTOÉ IndependenteA Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) decidiu na tarde desta quarta-feira, 19, que os planos de saúde devem cobrir os testes rápidos para detecção de antígeno do coronavírus a todos os beneficiários. A inclusão da testagem no rol de procedimentos obrigatórios foi aprovada por unanimidade durante reunião extraordinária e virtual entre a diretoria colegiada […]

Teste rápido de covid-19 tem que ser pago pelos planos de saúde, diz ANSAgência criou nova regulação por causa do aumento de casos no Brasil... E O GOVERNO DEVE FORNECER GRATUITAMENTE PARA QUEM NÃO TEM PLANO ,!

Planos de saúde serão obrigados a cobrirem testes rápidos de covid, diz ANSA ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) decidiu que os planos de saúde deverão cobrir testes rápidos para detecção de covid-19. O exame deverá ser feito mediante indicação médica, para pacientes com sintomas gripais ou quadro de SRAG (Síndrome Re Ainda bem... Ao preço que estão os testes, e com a quantidade de gente testando, vão todos falirem em 3 semanas

ANS inclui testes rápidos da Covid-19 na lista de cobertura obrigatória de planos de saúdeProcedimento será disponibilizado para pacientes que desenvolverem Síndrome Gripal ou Síndrome Respiratória Aguda Grave entre o 1° dia e 7° dia desde o início dos sintomas g1 Planos de saúde mais caros.

ANS se reúne para discutir inclusão de testes rápidos na cobertura de planos de saúdeA Agência Nacional de Saúde Suplementar deve debater a questão na tarde desta quarta-feira. Atualmente, os planos de saúde só são obrigados a cobrir testes para Covid-19 do tipo RT-PCR e de anticorpos . Outro assunto da reunião será a possível liberação de autotestes pela Anvisa.

Gusttavo Lima doa anuidade de 100 planos de saúde para seus seguidores - ISTOÉ IndependenteGusttavo Lima resolveu fazer um gesto nobre. Em ação realizada nesta quarta-feira (19), o cantor sertanejo irá doar anuidade de 100 planos de saúde para seus seguidores nas redes sociais. Eles vão receber uma Assistência Saúde e Odontológica. Segundo informações da coluna de Leo Dias, do site Metrópoles, os contemplados receberam as informações do Bem […] É COM GRANDES HOMENS, COMO VOCÊ gusttavo_lima QUE SE CONSTRÓI UMA GRANDE NAÇÃO. e não com ratos vermelhos PARABÉNS !!! Pelo dinheiro que ganha. Podia abrir uma clínica em uma região carente e propor atendimento gratuito

Teste rápido para detecção de antígeno Covi-19 — Foto: Fábio Marchetto/Divulgação A Agência Nacional de Saúde (ANS) publicou no "Diário Oficial da União" (DOU) nesta quinta-feira (20) a resolução que incluiu os testes rápidos da Covid-19 na lista de cobertura obrigatória dos planos de saúde. A medida começa a valer imediatamente após a publicação no DOU. O teste deve ter pedido médico e vale para pacientes sintomáticos, entre o 1º e o 7º dia desde o início dos sintomas, quando preenchido um dos critérios do Grupo I e nenhum dos critérios do Grupo II: Grupo I (critérios de inclusão) Grupo II (critérios de exclusão) Planos de Saúde serão obrigados a cobrir testes rápidos de Covid Decisão da agência De acordo com a agência, a decisão leva em consideração o "contexto atual, que conta com a circulação e rápido crescimento de casos relacionados à nova variante". Além disso, Paulo Rebello, diretor-presidente da ANS, disse que a "inclusão do teste rápido para detecção de antígeno pode ser realmente útil, tendo em vista que os testes rápidos são mais acessíveis e fornecem resultados mais rapidamente que o RT-PCR". "O teste de antígenos pode ampliar a detecção e acelerar o isolamento, levando a uma redução da disseminação da doença e, por consequência, a uma diminuição da sobrecarga dos serviços laboratoriais”, avaliou o diretor-presidente da ANS. A agência recomenda, ainda, que os pacientes entrem em contato com os planos de saúde para "informações sobre o local mais adequado para a realização do exame ou para esclarecimento de dúvidas sobre diagnóstico ou tratamento da doença". Teste de Covid: entenda a diferença entre RT-PCR, RT-LAMP e antígeno Como funcionam os testes de antígeno Os testes rápidos de antígeno podem ser feitos em farmácias, têm um resultado rápido – em cerca de 15 minutos – e são mais baratos que o PCR. No entanto, especialistas ouvidos pelo g1 apontam que um resultado negativo no teste de antígeno não significa que a pessoa não está com a Covid-19 – principalmente se estiver com sintomas gripais. O ideal, no caso de o paciente ter sintomas e receber um resultado negativo no teste de antígeno, é confirmar o resultado com um teste PCR ou repetir o teste de antígeno em 1 ou 2 dias, explica Alberto Chebabo, infectologista da rede de saúde integrada Dasa e vice-presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI). "Um teste de antígeno negativo numa pessoa sintomática não afasta o diagnóstico. É melhor a pessoa repetir ou um PCR, para ter mais certeza, ou um teste de antígeno 24 horas depois", afirma. Isso ocorre porque o teste de antígeno é menos sensível que o PCR, considerado o "padrão ouro" do diagnóstico. "O PCR é o teste mais sensível que tem. Ele é cerca de 30%, pelo menos, mais sensível que o teste de antígeno", diz o patologista clínico Helio Magarinos Torres Filho, diretor médico do Richet Medicina & Diagnóstico, no Rio de Janeiro. "A pessoa com sintomas que tiver um resultado negativo [no antígeno] deve confirmar com um resultado de PCR", recomenda.