‘Parece leite, mas não é’: como crise 'empobreceu' a fórmula dos produtos lácteos do Brasil - BBC News Brasil

13/08/2022 21:24:00

A venda de produtos 'alternativos' está regulamentada nos órgãos competentes, mas segundo especialistas seu consumo pode causar prejuízos nutricionais

A venda de produtos 'alternativos' está regulamentada nos órgãos competentes, mas segundo especialistas seu consumo pode causar prejuízos nutricionais

Misturas com soro de leite, amido, gordura vegetal, açúcar e aditivos químicos ‘invadiram’ as prateleiras dos supermercados e são confundidas com os produtos ‘tradicionais’. Entenda o que está por trás da mudança e o que ela pode significar no bolso, na saúde e no preparo de receitas.

Outros itens também registraram uma subida considerável. Apenas em julho, houve um aumento de 19% no leite condensado, 17% na manteiga, 16% no queijo e 14% no requeijão.Com isso, muitas fazendas se desfizeram de parte do rebanho — o que ajuda a explicar a escassez de matéria-prima agora.

Uma porção desse ingrediente, então, foi trocada pelo soro do leite, um composto que "sobra" e antigamente era descartado durante a fabricação de queijos.Porém, muitas vezes essa troca simples de leite por soro de leite não é suficiente para manter o aspecto sensorial daquele alimento — afinal, o soro traz menos proteínas e gorduras que o leite "inteiro", como você confere na tabela a seguir.

Consulte Mais informação:
BBC News Brasil »

É muito mais do que futebol: a geopolítica da bola em torno de EUA x Irã

O resultado pouco importa e talvez nem seja lembrado no futuro - o que valeu foi o ambiente ao redor do jogo no estádio Al Thumama Consulte Mais informação >>

Isso se chama safadeza dos latifundiários! Meu deuxxxx 😳😱 Vi ontem no mercado essa mistura de leite condensado, triste ver como estamos regredindo. Vulgo propaganda enganosa... ALuizCosta JAIR JÁ ERA BOLSONARO NA PRISÃO JairJaEra Refazendo o título: 'a crise, CAUSADA PELO GOVERNO BOLSONARO, 'empobreceu' a fórmula dos produtos lácteos do Brasi

É o brasileiro comendo resto de comida gormet. MITO! E a saúde como fica? Um dos maiores produtores de produtos bovinos passando por essa palhaçada de mudança de fórmulas. Agro é morte. Agro é miséria e porra nenhuma. Pau no cu da indústria do agro. Pobreza

Novo governo colombiano é exemplo de luta por igualdade de gênero, diz Dilma a Francia MárquezEx-presidenta do Brasil foi convidada para posse dos novos governantes colombianos 👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼 Exemplo mesmo é Cuba, todos iguais, todos pobres !

AlanByque mas o que importa é que o bozo vai zerar o imposto do whey 😠 Esqueceram o Catupiry de creme de leite e banha. E numa pizzaria qui perto de casa tinha um aviso no fim do cardápio: 'Também trabalhamos com catupiry original, acréscimo de R$ 4,50' KKKK! mas o mito Bolsonaro zerou imposto de importação de veleiro, jet ski e de fuzil. MITO! MITO! MITO!!!

'Produto alternativo' = resto do resto. brazil tá decolando, economia bombando Triste 😢 Crise promovida pelo desgoverno dos bolsonaristas. Sub-produtos, em tempos de sub-governos. A crise ou a esperteza?

Perseidas: saiba como ver a chuva de meteoros do fim da semanaFenômeno é um dos mais esperados do ano; veja como acompanhar! 🥰👇

O leite em pó ninho virou composto lácteo antes da Pandemia Uma coisa que eu penso: o pessoal que bola esses nomes (publicitários, marqueteiros, etc) não fazem compras? Não visitam supermercado? Não tem mãe? Não é por nada não, mas isso td aí já existe nas gôndolas dos mercados faz muito tempo. Gato por lebre.

BR da tchutchuca do centrão E aumentou a criatividade das empresas, disponibilizando mais opções para o consumidor. O leite continua lá, compra quem quer. Isso só ocorre aqui por ignorância do consumidor. Fora daqui JAMAIS aceitariam isso. Sinais do empobrecimento da nação e tbm do mau caratismo que sempre se fez presente, mas parece que se intensificou. Lamentável.

É o Brasil de Tchuchuca do Centrão ainda falam mal da China....o Brasil está a poucos passos de sua população comer animais de estimação para não passar fome.

Bechara: Pessoas precisam saber que macacos não são transmissores da varíolaO Brasil passou dos 2.000 casos confirmados de varíola dos macacos. Em meio ao aumento de casos, cresce também a violência contra os macacos Ué mas todos já sabem quem são os maiores transmissores, de onde tiraram essa idéia de que são os macacos? DIFERENTE DOS CERVOS As pessoas além de ignorantes são más mesmo...

Há muito tempo... Descobriram a roda em 2022! Claro o original e para os ricos É triste chegar a esse ponto. Porém, a natureza humana cresceu tanto os olhos na base precuaria, agrícola que hoje estamos pagando caro por isso. Se hoje estamos em uma crise nesse período, imagina daqui uns 5, 10 anos? A tendência é só ir ladeira a baixo.

Nós consumidores estamos sendo lesados de tudo que é jeito... Não se vende mais 1L de óleo, agora é 900ml. Barra de chocolate diminuiu o tamanho, mudou o sabor. Leite em pó, agora é mistura láctea. Manteiga, agora é gordura vegetal a base de manteiga. Tudo mudou... Sem necessidade de vender este produto lactose isso não serve

“Crise empobreceu” não! Isso é o oportunismo de sempre que o Brasil permite. Comprei 2! O de caixa e o de lata, o de caixa parece q foi adulterado! Virou práticas de muitas empresas e ninguém faz nada o preço não caiu e o produto perdeu a característica, enfim! roubando o consumidor. PÉÉÉSSSIIIIMOOOOOOOOOO

Ficou horrível, horroroso e intragável.

Como plástica no nariz arruinou carreira da protagonista de 'Dirty Dancing' - BBC News BrasilO sucesso de 'Dirty Dancing' lançou ao estrelato Patrick Swayze. Mas aos poucos Jennifer Grey desapareceu dos holofotes e do olhar público. Se Anita fosse atriz, o que seria dela após deformar o rosto? Como diz o velho ditado popular quando alguém faz algo errado: Ela enfiou o nariz onde não devia. Não mexe com quem está quieto...

Mentira, o maior vilão é a exportação. Querem ganhar o mesmo no mercado internacional e que se ferre o consumidor nacional.

O que é ser bolsonarista? - BBC News BrasilBolsonaristas são uma parcela bastante relevante do eleitorado. Por isso, desde que Bolsonaro despontou como favorito em 2018 e durante todo seu governos, pesquisadores têm se debruçado para entender o que pensam seus apoiadores e o que os movem. Propriedade privada, liberdade, Deus, pátria e família? Manipulative and liar person Conheço pouquíssimas pessoas que idolatram o Bolsonaro, mas conheço milhares que apoiam o Governo, amam seu País e não querem ver ele voltar para as mãos da Quadrilha Petista. BolsonaroReeleitoEm2022

Giro da rodada do FABR tem quatro jogos da Liga BFA e cinco duelos no Brasileiro da CBFANão faltarão opções para os amantes do futebol americano no Brasil

Crise impactou a produção de leite nas fazendas brasileiras De acordo com o Índice de Preços ao Consumidor (IPCA) , o leite longa vida acumula uma alta de 57% no ano., segundo a própria vice colombiana, em publicação em seu Twitter.Queda de meteoro no interior de SP impressiona; veja imagens! A lua cheia deve atrapalhar um pouco a visualização, mas as Perseidas são tão abundantes e brilhantes que ainda assim deve ser possível vê-las., mesmo com a ciência comprovando que eles não são os causadores da doença.

Outros itens também registraram uma subida considerável. Apenas em julho, houve um aumento de 19% no leite condensado, 17% na manteiga, 16% no queijo e 14% no requeijão. “Falei sobre a necessidade de saldar a dívida histórica com a população negra na região e avançar a uma política de inclusão”, publicou Márquez. BBC Os custos de produção de leite aumentaram 62% em dois anos Com isso, muitas fazendas se desfizeram de parte do rebanho — o que ajuda a explicar a escassez de matéria-prima agora. O fenômeno deve durar alguns dias, mas o pico será no sábado. Fonte: Embrapa Hora do plano B Com menos matéria-prima no mercado e um preço cada vez mais elevado, a estratégia da indústria foi substituir uma parte do leite que ia nas formulações originais dos produtos lácteos. Antes de assumir a vice-presidência, Francia já havia se reunido com Dilma e Lula em visita ao Brasil. Uma porção desse ingrediente, então, foi trocada pelo soro do leite, um composto que "sobra" e antigamente era descartado durante a fabricação de queijos.

Para ter ideia, a produção de um quilo de queijo gera cerca de oito litros de soro, em média. Márquez encontrou-se com ex-ministros, lideranças políticas e movimentos populares para trocar experiências sobre políticas de inclusão social, como o Fome Zero, Bolsa Família e a política de Ações Afirmativas, que em 2022, completam dez anos. Como surgiram as Perseidas? Quando um cometa viaja pelo espaço, ele deixa um rastro de detritos que marca o seu caminho. E vale destacar que esse soro, apesar de trazer menos nutrientes, não faz mal à saúde e pode ser consumido. "O soro, porém, tem uma base sólida muito menor do que o leite. Depois do Brasil, a Colômbia é o segundo país latino-americano com a maior população afrodescendente com 2,9 milhões de pessoas autodeclaradas negras, segundo Departamento Administrativo Nacional de Estatística (Dane). Essencialmente, ele é água, com um teor menor de proteínas e carboidratos. Cupons de desconto TecMundo:. E isso muda a composição do produto final para algo pior do ponto de vista nutricional", diz Claro. Foto: Divulgação/Presidencia Colômbia Nações irmãs Brasil e Colômbia compartilham 1.

Porém, muitas vezes essa troca simples de leite por soro de leite não é suficiente para manter o aspecto sensorial daquele alimento — afinal, o soro traz menos proteínas e gorduras que o leite "inteiro", como você confere na tabela a seguir. Imagem não disponível Para garantir que o produto "alternativo" fique mais parecido com o original, as empresas acrescentam em leites condensados, requeijões e bebidas lácteas no geral alguns ingredientes complementares, que dão consistência e sabor, como o amido, a gordura vegetal e o açúcar. Após as eleições colombianas, o resultado do pleito brasileiro de outubro é esperado em toda a região . "Falamos aqui de compostos que barateiam o custo daquele alimento", resume a nutricionista Carolina Grehs, cofundadora do Desrotulando, um aplicativo que analisa e dá notas aos alimentos vendidos nos supermercados de acordo com uma série de critérios relacionados à saúde. Em alguns casos, a adição desses compostos não é suficiente e as empresas precisam acrescentar outros compostos químicos, como emulsificantes, adoçantes e aromatizantes. Quando esteve no Brasil, Francia Márquez disse que respeitava Jair Bolsonaro por ter sido eleito pelo voto dos brasileiros e brasileiras, mas que esperava uma vitória de Lula da Silva. Gato por lebre? Por um lado, essa estratégia não traz nada de errado do ponto de vista legal e regulatório.

"Esses alimentos não são exatamente uma novidade e têm nomes e regras bem definidos na legislação", esclarece Grehs. Um país em que mais de 50% das pessoas são negras tem que pensar em políticas de governo a favor dessa população”, declarou a vice-presidenta colombiana. "A indústria está cumprindo o seu papel ao lançar produtos que atendem às demandas da população", opina Siqueira. "As empresas lidam com a escassez de matéria-prima, mas tentam oferecer alternativas ao consumidor", defende a pesquisadora da Embrapa Gado de Leite. Por outro, os especialistas criticam a falta de clareza na comunicação de muitos desses novos produtos — muitas vezes, a embalagem é tão parecida à original que o consumidor nem percebe que está comprando algo diferente daquilo que esperava. "Há casos em que as bebidas lácteas são colocadas nas mesmas gôndolas do leite.

E o rótulo delas traz um copo com líquido branco e outros elementos gráficos que remetem ao leite de verdade", observa Grehs. "Vemos que alguns desses novos lácteos são vendidos por um preço muito parecido ou até mais alto em comparação com as versões anteriores", complementa. Crédito, Legenda da foto, Ler o rótulo do lácteo com cuidado é uma das maneiras de escapar das armadilhas A BBC News Brasil entrou em contato com a Associação Brasileira dos Produtores de Leite (Abraleite), e a Associação Brasileira de Laticínios (Viva Lácteos) para que elas pudessem se posicionar a respeito de toda discussão, mas não foram enviadas respostas até a publicação desta reportagem. Procurada, a Nestlé, responsável pela fabricação do Leite Moça, enviou uma nota dizendo que a versão atualizada do leite condensado é "um novo produto da linha Moça que possui os mesmos ingredientes do Moça Tradicional, porém, em quantidades diferentes, com adição de soro de leite e amido". "Trata-se de um produto de alta qualidade, sem gordura vegetal, estabilizantes ou espessantes, e é uma opção no portfólio da marca para consumidores que buscam soluções com menor desembolso, sem abrir mão do resultado e da qualidade Nestlé", finaliza o texto.

Prejuízos nutricionais e culinários Além de uma possível confusão na hora da compra, o consumo constante desses produtos gera preocupação entre os especialistas. "A substituição do leite por outros ingredientes significa que o produto vai ter menos proteínas e vitaminas, o que representa um prejuízo na alimentação", analisa a nutricionista Laís Amaral, supervisora técnica do Programa de Alimentação Saudável e Sustentável do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec). Outro ponto que chama a atenção em alguns desses produtos é o acréscimo de açúcar nas formulações. "Uma coisa é consumir a lactose, o açúcar natural do leite. Outra muito diferente é o açúcar adicionado de outras fontes, como o xarope de glicose", compara Grehs.

"Isso nos preocupa, pois o leite é um elemento central na dieta de muitos brasileiros e observamos níveis crescentes de obesidade na nossa população, que está relacionada ao consumo excessivo de alimentos calóricos e ricos em açúcar." Segundo a Embrapa , cada brasileiro consome uma média de 166 litros de leite por ano — taxa que aumenta exponencialmente desde os anos 1990. Além da menor qualidade nutricional de alguns desses lácteos "alternativos", é preciso prestar atenção na adição dos compostos que terminam com "ante" neles, como os corantes, os emulsificantes, os adoçantes… "São ingredientes que barateiam a produção, fazem com que aquele alimento seja minimamente comestível e mudam substancialmente a parte sensorial do produto", explica Amaral. Isso faz com que muitos desses novos lácteos se encaixem na categoria dos ultraprocessados. Na lista de ingredientes de uma mistura alimentícia de queijo ralado, por exemplo, é possível saber que ele contém amido de milho e/ou amido de mandioca, ricota em pó, queijos ralados, soro de leite em pó, creme de leite, acidulante ácido cítrico, antioxidante lecitina, conservantes sorbato de potássio e ácido sórbico, aroma idêntico ao natural de queijo parmesão e corante artificial amarelo crepúsculo.

Já no queijo ralado tradicional, essa tabela costuma ser bem mais enxuta: o produto é feito geralmente de queijo ralado (leite pasteurizado, fermento, sal e coalho bovino) e conservante ácido sórbico. De acordo com o Guia Alimentar para a População Brasileira , publicado pelo Ministério da Saúde em 2014, o consumo de alimentos ultraprocessados, que trazem muitos desses ingredientes de nome complicado e não são encontrados facilmente na despensa ou na geladeira de nossas casas, deve ser evitado sempre que possível. "Devido a seus ingredientes, alimentos ultraprocessados — como biscoitos recheados, salgadinhos 'de pacote', refrigerantes e macarrão 'instantâneo' — são nutricionalmente desbalanceados. Por conta de sua formulação e apresentação, tendem a ser consumidos em excesso e a substituir alimentos in natura ou minimamente processados. As formas de produção, distribuição, comercialização e consumo afetam de modo desfavorável a cultura, a vida social e o meio ambiente", aponta o texto.

"A fabricação de alimentos ultraprocessados, feita em geral por indústrias de grande porte, envolve diversas etapas e técnicas de processamento e muitos ingredientes, incluindo sal, açúcar, óleos, gorduras e substâncias de uso exclusivamente industrial", contextualiza o guia. BBC O leite virou um dos 'vilões da inflação' No acumulado de 2022, esse alimento teve um aumento de 57% no preço Fonte: IPCA Além dos riscos nutricionais, Grehs chama a atenção para outro aspecto relevante do uso dos lácteos alternativos: possíveis alterações na textura e no gosto de pratos típicos e muito populares. "Algumas misturas lácteas geram problemas em receitas que dependem da gordura para formar a estrutura daquele preparo, como em pudins e brigadeiros." De acordo com a especialista, o uso de alguns dos novos produtos nas receitas muda o aspecto sensorial desses doces — o brigadeiro, por exemplo, pode não chegar ao ponto ideal, quando ele começa a se desgrudar do fundo da panela, enquanto o pudim não ganharia aquela consistência típica do quitute. Crédito, .