O melhor – e algo do pior – da propaganda política americana | Mundialista

Vilma Gryzinski: O melhor e o pior da propaganda política americana #VEJAColunistas

28/10/2020 20:04:00

Vilma Gryzinski: O melhor e o pior da propaganda política americana VEJAColunistas

De Brad Pitt a paródias de filmes, a campanha fervilha com os anúncios de televisão e Donald Trump é o mais negativo, um mau sinal para ele

-28 out 2020, 08h21Monstrengo: Biden como cavalo de Tróia da esquerda, uma tentativa de viralizar imitando montagens toscas da internet - Reprodução/ReproduçãoPublicidadePublicidadeA melhor peça de propaganda política de todos os tempos nem é da campanha presidencial: mostra Dan Crenshaw, deputado republicano e ex-comandante SEAL da Marinha, promovendo a candidatura de antigos companheiros de armas.

Cão salva menina de 12 anos ao lutar com cobra e acaba internado: 'Herói' O sábio que introduziu algarismos arábicos no Ocidente e nos salvou de multiplicar CXXIII por XI - BBC News Brasil David Prowse, intérprete de Darth Vader, morre aos 85 anos

Numa paródia da sérieVingadores, ele sai para uma missão especial, salta de helicóptero, faz piadinhas típicas dos filmes do gênero. O olho que perdeu no Afeganistão ganha superpoderes.Nada se compara a um personagem como Crenshaw, mas a seis dias da eleição, a propaganda política está pegando fogo.

A campanha deJoe Bidentem muito mais dinheiro e domina os espaços na televisão, que obviamente são pagos, não gratuitos como no Brasil.Só para dar uma ideia dos estonteantes números envolvidos: os gastos com os mais de cinco milhões anúncios de tevê e internet chegam a oito bilhões de dólares. Na arrancada final, eles praticamente ocupam todo o tempo dos comerciais entre a programação.

A campanha denão conseguiu os efeitos viralizantes dos anúncios pela internet como em 2016, mas está tentando.Uma das peças mais engraçadas mostra Joe Biden como um “cavalo de Tróia do socialismo”.A montagem deliberadamente tosca coloca a cabeça do candidato democrata no falso presente dos gregos tal como reproduzido num dos piores filmes de todos os tempos, Tróia.

Em resposta, Brad Pitt, o Aquiles do filme, fez a narração de um anúncio com o clássico apelo a todos os americanos, acima dos partidos políticos, mostrando Biden como o presidente que vai “entender suas esperanças, seus sonhos, seu sofrimento” e governar para todos.

Na voz de Brad Pitt, os lugares-comuns são bem convincentes.A primeira propaganda política pela televisão foi feita por Dwight Eisenhower em 1952.Em preto e branco, sem nenhuma sofisticação, o ex-comandante supremo das forças aliadas expedicionárias na Europa responde a supostos eleitores comuns – uma tática usada até hoje.

Numa das peças da campanha de Trump, uma mulher não-branca simplesmente vai mostrando cartazes com mensagens bem diretas: “Estou preocupada com Joe Biden, ele é fraco”, “Biden aderiu a propostas da extrema esquerda”, “Biden vai aumentar os impostos”, “Dar anistia a onze milhões de imigrantes ilegais”, “Tenho medo de falar isso em voz alta”, “Não vou arriscar o futuro dos meus filhos com Biden”.

Bebê de 2 meses é salvo de engasgamento duas vezes em 24h por PMs Caminhonete para em cima de residência após acidente em SC Casal morre em acidente e policial chamado para ocorrência descobre que uma das vítimas é a própria filha

Os cartazes praticamente são um resumo dos argumentos de Trump contra o adversário, embora estejam entre as peças menos agressivas.Continua após a publicidadeDestacar apenas os defeitos do oponente, sem se apresentar como uma alternativa muito melhor, é considerado um exercício dos candidatos em desvantagem, como é o caso de Trump.

Geralmente, por estarem no poder, disputando, portanto, com adversários que podem se apresentar como mensageiros das boas notícias e promessas melhores ainda, em oposição aos que têm os ônus de governar – com destaque, no caso de Trump, para a devastação em vidas humanas e empregos por um agente destruidor como o coronavírus.

Dentro do espírito de mostrar cidadãos comuns, a campanha democrata fez uma peça bem-humorada com um suposto eleitor arrependido de Trump.Sem camisa, fumando um cigarro não convencional e com fala meio enrolada, ele diz que nunca, jamais votou num democrata, mas se Joe Biden por acaso saísse da eleição e uma lata de tomate entrasse em seu lugar, votaria na lata só para derrotar o presidente.

O alvo é evidente: homens brancos sem educação superior (chamados de WNC, as iniciais em inglês) são os eleitores mais fieis de Trump. Mostrar um estereótipo exagerado deles pode ter algum efeito positivo?A essa altura, vale tudo.

Inclusive uma paródia de filme de terror, usando uma entrevista real em que Joe Biden se irrita com a pergunta de um apresentador negro – “Faria um teste de capacidade cognitiva?” – e retruca que seria o mesmo se o entrevistador tivesse que fazer um teste sobre uso de cocaína.

Na propaganda, a imagem dele some e começa a aparecer, ominosamente, atrás do apresentador, numa cena clássica das narrativas de terror.Uma das peças mais fortes da campanha republicana continua a ser a intitulada “O que está acontecendo com Joe Biden”. Mostra flagrantes do candidato quando era apenas alguns anos mais moço, e outros com suas falhas de memória e confusões de linguagem.

O elefante 'mais solitário do mundo' será libertado após 35 anos de maus tratos em zoológico - BBC News Brasil Mãe de um dos garotos que foi vítima de racismo em shopping de BH registra boletim de ocorrência Cobertura da votação e da apuração do 2º turno em todo o Brasil

Os democratas responderam com um filmete em que Trump aparece segurando um copo d’água com as duas mãos e descendo uma rampa com passos hesitantes – isso antes da recuperação a jato da Covid-19.Na realidade, Trump, aos 74 anos, está fazendo três comícios por dia com uma energia impressionante. Parece se renovar com a adoração do público que grita “Superman”, “SuperTrump” ou “Nós te amamos”.

Receba as novidades e principais acontecimentos, bastidores e análises do cenário político brasileiro.Inscreva-se aquipara receber a nossa newsletterAceito receber ofertas produtos e serviços do Grupo Abril.Cadastro efetuado com sucesso!

Você receberá nossas newsletters pela manhã de segunda a sexta-feira.Biden, a menos de um mês dos 78 anos, aguentou bem os dois debates com Trump. Já saiu vitorioso só por não demonstrar nenhuma das falhas cognitivas exibidas em outras circunstâncias.

Depois que o resultado sair, e por muitos anos mais, a influência da propaganda de cada um deles será analisada pelos especialistas em busca de lições para o futuro.Nos dias finais da campanha, o que conta é o volume.“A quantidade de dinheiro dos dois lados é tão grande que a eficiência não importa”, disse ao Los Angeles Times um ex-assessor próximo de Barack Obama, Dan Pfeiffer.

Se eficiência importasse, Dan Crenshaw estaria eleito presidente. Consulte Mais informação: VEJA »

O que nos une – G1 Consciencia Negra

Na semana da Consciência Negra, o G1 publica a série especial 'O que nos une'. As reportagens lembram personagens negros e negras importantes na história do Brasil, através do olhar de pessoas inspiradas por eles ou que têm trajetórias similares.

Acabou Trump... A verdade desenhada Aos poucos tá vindo a tona as sujeiras da familia de JOE BIDEN, maníacos sexuais,pedófilos desgraçados. Legal é a esquerda retardada br que antes criticava o 'imperialismo' mas hoje querem um democrata no presidência dos EUA. São tão inocentes ao ponto de não saberem que 'bozinhos' democratas é que tem essas políticas intervencionistas enquanto os republicanos já são isolacionistas

Sobrinho de Meryl Streep pagará indenização de R$ 450 mil à vítima de agressão - ISTOÉ IndependenteCharles Harrison Streep, sobrinho da famosa Meryl Streep, foi flagrado em agosto em uma briga de trânsito com um jovem de 18 anos. Ele aparece agredindo o motorista, e está sendo acusado de agressão física e racismo, e terá que pagar uma indenização de US$ 80 mil (R$ 450 mil). + Emicida cita Geisy Arruda em […]

Produtor de Renato Russo alvo de ação policial nega existência de inéditasMarcelo Froes, que produziu discos póstumos do vocalista do Legião Urbana, teve sua casa revirada pela polícia em busca de músicas inéditas do artista Ouvi um amém? O maior Tempo Perdido essa operação Que pena!

Ministério sabia de riscos de incêndio em hospital pelo menos desde abril de 2019 - ISTOÉ IndependenteUm relatório produzido em abril de 2019 por uma equipe de engenheiros, a pedido do Ministério da Saúde, constatou diversos problemas na estrutura de combate a incêndios do Hospital Federal de Bonsucesso (HFB), na zona norte do Rio. Um ano e meio depois, nada foi feito e nesta terça-feira, 27, o hospital pegou fogo, matando […] Desgoverno de merda🤬 Desgoverno só preocupado com milicianos 😡🤬

Candidato a vereador de Caucaia é achado morto dentro de casa com golpes de facaEvangelista de Sousa Jerônimo, 51 anos, conhecido como Batista da Banca, estava desaparecido desde a noite de domingo (25). Corpo foi encontrado com marcas de faca. Bem vindos ao país das milícias, onde as eleições são decididas na base da violência e ameaça. Parabéns aos envolvidos. Vê se aprende Adélio Bispo! Democracia

Sem licitação, Embratur contrata agência de irmão de marqueteiro de Russomanno - Política - EstadãoEmpresa de Gustavo Mouco vai receber R$ 27 milhões para cuidar promoção internacional do turismo; contrato foi publicado no Diário Oficial desta segunda-feira Politica acabou a corrupação no governo federal né? Politica Acabou a mamata e não há corrupcão. Politica O primo do vizinho do amigo do ex marido.

Covid-19: Taxa de ocupação de UTI no Rio de Janeiro despenca para 47%O índice, que já chegou a 85%, é o mais baixo no estado desde maio, no pico da pandemia Vitamida D 😂😂 🙏🙏🙏Agora é tentar evitar a segunda onda COM TODAS AS FORÇAS. Ou fecha tudo de novo. E sua popularidade também em queda eim . derreteseuscanalhas