O horror da Serra Pelada fluvial - Opinião - Estadão

A invasão de garimpeiros ilegais no Rio Madeira é mais uma catástrofe a expor o descaso do governo ante os desafios socioambientais da Amazônia

28/11/2021 18:00:00

OPINIÃO | A invasão de garimpeiros ilegais no Rio Madeira é mais uma catástrofe a expor o descaso do governo ante os desafios socioambientais da Amazônia.

A invasão de garimpeiros ilegais no Rio Madeira é mais uma catástrofe a expor o descaso do governo ante os desafios socioambientais da Amazônia

28 de novembro de 2021 | 03h00Os crimes ambientais seguem proliferando em doses industriais sob as barbas do governo Bolsonaro. Há poucos dias, contra todos os esforços de ocultamento do Planalto, veio à tona a escalada do desmatamento na Amazônia no último ano: foi o maior volume desde 2006 e a maior aceleração desde os anos 90. Agora, o mundo assistiu estarrecido à invasão em massa de garimpeiros no Rio Madeira.

Gleisi lista quatro acusações que o PT fará contra Moro na campanha | Maquiavel

A pouco mais de 100 km de Manaus, uma frota com centenas de balsas e dragas ficou vários dias atracada no município de Autazes. Em plena luz do dia, abastecidas pela sede do ouro, elas sugam o barro e tudo o mais que encontram no leito do rio, destruindo o alimento dos peixes, comprometendo a qualidade da água e gerando assoreamento. Além dos danos ambientais, o mercúrio despejado na água traz riscos à saúde das populações ribeirinhas. Há poucos dias, em Roraima, duas crianças ianomâmis foram sugadas por uma draga. Seus corpos foram cuspidos no rio e levados pela correnteza.

A garimpagem clandestina costuma ser acompanhada de ilegalidades como mão de obra escrava, contrabando e prostituição. O Rio Madeira é uma rota dos narcotraficantes, e é grande a probabilidade de que estejam envolvidos na operação. headtopics.com

Segundo a Universidade Federal de Minas Gerais, das 174 toneladas de ouro comercializadas no Brasil entre 2019 e 2020, 49 saíram de áreas com evidências de irregularidades, e a exploração do ouro ilegal pode ter causado um prejuízo socioambiental de R$ 31,4 bilhões.

Lula não falou para o mercado, mas o mercado ouviu Lula | Radar Econômico

A lavra clandestina nos afluentes do Amazonas é conhecida há décadas pelo poder público. O que chocou na atual operação foi o contraste entre a sua escala e a inação do governo. Desde setembro, dezenas de barcas atracaram no município de Humaitá sem que fossem importunadas. Há 15 dias, o rumor de que se teria achado ouro em Autazes desencadeou o deslocamento massivo.

O governo do Amazonas lavou as mãos, sob o pretexto de que a área é de competência dos órgãos federais. Com efeito, a regulamentação da exploração cabe à Agência Nacional de Mineração; o licenciamento, ao Ibama; as autuações, à Polícia Federal; e a tutela dos rios, à Marinha. Mas foi preciso que as imagens das favelas flutuantes explodissem na imprensa para que o Ministério Público cobrasse desses órgãos uma mobilização emergencial. Os garimpeiros ameaçavam resistir, prenunciando um confronto, mas aparentemente decidiram se dispersar ante a iminência de uma grande ação policial.

As máfias por trás dos garimpeiros demonstram ter recursos em abundância para financiar incursões predatórias nos rios e florestas da Amazônia. Mas os garimpeiros reclamam da falta de proteção política. Vê-se que estão mal informados. Em Autazes, o vereador Bandeira Serrão, do Partido Verde (nada menos!), contemporizou a invasão, em razão de supostos benefícios à economia local. Injustificável, mas compreensível. O que é absolutamente indesculpável é a conivência do chefe do Executivo federal. A liberação indiscriminada do garimpo está na agenda de Jair Bolsonaro desde a campanha à Presidência. Em maio, na mesma semana em que tribos ianomâmis foram atacadas a tiros por garimpeiros, Bolsonaro disse que “não é justo” criminalizar o garimpo. Mas o presidente nada fez para promover alternativas legais e sustentáveis aos garimpeiros. headtopics.com

Lula sobre possível chapa com Alckmin: ‘Nenhum problema’

A crise ilustra um drama social. Boa parte dos garimpeiros em Autazes é de miseráveis em busca de sobrevivência. Eles poderiam buscar licenças para realizar o garimpo com práticas não predatórias em áreas autorizadas. Mas não são estimulados a isso por programas de governo, porque isso prejudicaria o tráfico de licenças fraudulentas por políticos e burocratas corruptos e os interesses de contrabandistas e narcotraficantes no mercado ilegal do ouro.

Sem prejuízo da repressão imediata e implacável ao garimpo ilegal, é preciso uma ampla e enérgica mobilização do poder público e da sociedade civil para prover ferramentas de desenvolvimento sustentável aos povos amazônicos. Só arrancando pela raiz as condições sociais que levam à clandestinidade será possível quebrar a economia da destruição ambiental.

Consulte Mais informação: Estadão »

Brasil completa um ano de vacinação contra a Covid-19

No dia 17 de janeiro de 2021, o Brasil deu o pontapé inicial na vacinação contra a Covid-19. Um ano e mais de 146 milhões de brasileiros totalmente vacinados depois, é possível ver as profundas diferenças que as vacinas provocaram nos índices de hospitalização e de mortalidade, que caíram muito.

E o Minto, o Messias,e sua cupinchada, não estão nem aí. Ninguem, nada os impede. Onde está a lei? Invasão? Eles sempre agiram naquela área, mas infelizmente por muitos anos aquela região foi esquecida, nem parecia ser Brasil, pois nem FUNAI, nem imprensa podre, ... Queria saber como estava aquela região e seus habitantes

Descaso com a notícia pq o Estadão faz notícias como se fosse FakeNews e FakeNews como se fosse notícia. Descansos com ações imprensa lixo!!! Nenhuma das balsas queimadas era do narcotraficante do PCC, pois ele estava devidamente autorizado pelo Governo da Milícia. Uma escolha difícil né Quero saber quando é que vão tirar a Dilma?

Descaso eh ficar de braços cruzados o que faz um Policial Federal ai na foto se liguem puxa sacos !!!!! Quero so ver seu jornal falir em 2024 anota ai Que descaso do governo o que! Cabe aos órgãos de fiscalização ambiental o combate a isso aí Se há descaso, o que um agente federal está fazendo aí nessa foto?

Alguém sabe se o garimpo ilegal começou agora 🤔

O Assunto #587: Garimpo - Serra Pelada no Rio MadeiraUm arrastão de centenas de balsas em um dos mais importantes afluentes do rio Amazonas atracou em um trecho situado no município de Autazes, a 133 km de Manaus. Lá, a céu aberto e sem qualquer fiscalização, garimpeiros usam dragas gigantes para procurar ouro debaixo da terra - com consequências ambientais e sociais para a região. renataloprete AleHisayasu RajaoPhD Os garimpeiros são trabalhadores pobres que necessitam sobreviver e sustentar suas mulheres e filhos. A Globo quer impedir a sobrevivência desses pobres. Oassunto na GloboLixo renataloprete AleHisayasu RajaoPhD Não entendo porque a Direita tem de ser contra conservar as riqueza nacionais. Afinal, eles não são conservadores?😸

Que postagem mais idiota. Alguém ai avisa ao jornalista-mirim do Estadão que esses garimpeiros tem vínculos com políticos locais do PT. Kkkk..vergonha alheia...que idiota Só fake Opiniao de burro. Estadão distorce, mostra uma imagem de combate e à ' la Gobbels ' age de muita 'boa fé' 😈 Era uma escolha muito difícil.

CRIMES, ESCULHANBAÇÃO E DEBOCHE: Quem mesmo tinha projeto de poder? Quais instituições ainda não foram desmoralizadas pelo governo Bolsonaro? Parabéns aos histéricos com camisas da seleção q pariram esse Mateus e um bando de marginais, rasos, ignorantes e com ligações milicianas. Como assim mano?! Kkkkk

Milicos, juizecos e traficantes acabando com o Brasil. Hipocrisia reina nesse editorial Meu Deus isso existe a mais de 50 anos….como vcs são hipocritas

Com medo da fiscalização, garimpeiros se dispersam no Rio Madeira; autoridades anunciam açõesNa quarta-feira 24, o MPF recomendou uma intervenção emergencial para repressão e desarticulação ao garimpo ilegal As ações é aconselhar eles a serem mais discretos Temos que nos unir para acabar com está desfacatez governamental... E o Salles livre, leve e por incrível que pareça: Solto 😠😡🤬 Existem governantes que se corrompem facilmente e existem aqueles que resistem, os segundos na maioria das vezes sofrem 'golpes' e são os mocinhos. Criminosos

Otários, é só o que há nesta pocilga que vocês chamam de Redação. E quando não tinha operação, vocês tinham a mesma opinião? Quando a ilegalidade era solta, solta uma notinha aí…

Vídeo mostra balsas usadas no garimpo ilegal sendo queimadas no rio MadeiraIbama informou que ouro e mercúrio foram apreendidos neste sábado (27), e um homem foi preso. Operação contou com apoio da Polícia Federal. Pau na vagabundagem 🔥 fiscaldoibama BragaChiquita AnonNovidades So uma?

O Assunto #583 a #587: A marcha da destruição na Amazônia, o apagão do PSDB, o 2° turno no Chile, carne para a China e a Serra Pelada do Rio MadeiraOAssunto - Perdeu alguma edição do podcast da RenataLoPrete na última semana? Os temas foram a marcha da destruição na Amazônia, o apagão do app do PSDB, o 2° turno no Chile, a exportação de carne para a China e o garimpo ilegal no Rio Madeira. Ouça: g1 renataloprete renataloprete toda vez que aparece essa mulher na TL eu acho que é a Nina de Avenida Brasil renataloprete globolixo danielamercurygenocida ClaudiaLeitteGenocida

Porquinho amarrado com bandeira do Palmeiras no Rio é resgatado por protetores de animaisAtivistas de proteção aos animais descobriram que ele havia sido comprado por um homem vestido de Flamengo, e se mobilizaram para dar-lhe dinheiro para resgatar o bicho. g1 'Se os animais tivessem uma religião, o homem seria o diabo' Covardia do caramba, o fanatismo imbeciliza o homem bem feito fdp...olha aí a zica por ter sacaneado o porquinho

Governador do Rio debocha de mortos na chacina do Salgueiro: 'Coisa boa não estavam fazendo'Cláudio Castro comentou o caso ao entregar o projeto da Lei Orgânica da Polícia Civil à Assembleia Legislativa do Rio Imaginar que nasci e amava essa cidade. Hoje não reconheço mais o Rio, cidade N0JENT e FSCIST. Esse governador amigo do Bozo, foi empossado com uma grandiosa ajuda da esquerda. O ídolo do seu editor-chefe tá doido pra se aliar com ele próximo ano