Nas ruas, agentes da Segurança Pública tocam músicas para moradores de Maceió em isolamento social

Nas ruas, agentes da Segurança Pública tocam músicas para moradores de Maceió em quarentena == #G1

01/04/2020 13:00:00

Nas ruas, agentes da Segurança Pública tocam músicas para moradores de Maceió em quarentena == G1

Ação foi promovida pelo Programa Ronda no Bairro na noite de segunda-feira (30), no bairro da Jatiúca. Governo determinou restrições para barrar avanço da Covid-19.

Durante os dias de isolamento social, nada melhor do que ouvir uma boa música em casa. Mas moradores do bairro da Jatiúca, em Maceió, tiveram o privilégio de um "show particular" promovido na noite de segunda-feira (30) por agentes do programa Ronda do Bairro, que fazem a segurança pública na região (veja no vídeo acima).

Após tentar leito em duas UPAs, idosa de 97 anos com suspeita de Covid-19 passa noite em cadeira em unidade de Natal Guardas agridem ambulante em SP e população se revolta com ação; vídeo 'Meu papel é de mobilização para um país mais democrático e socialmente mais justo', diz Raí - CartaCapital

Os integrantes da banda do programa percorreram o Corredor Vera Arruda, na Jatiúca, ao som de clássicos como Stand by Me, sucesso mundial gravado por grandes artistas, como John Lennon.De acordo com o gerente do Ronda no Bairro, capitão Andrade, a ideia surgiu com o objetivo de continuar levando atração cultural às comunidades atendidas pelo programa, mesmo durante o período de isolamento para conter o avanço da Covid-19.

“Nós temos um projeto cultural belíssimo chamado Ronda no Bairro Cultural, onde levamos atrações culturais e folclóricas aos nossos territórios de atuação, mas, em virtude do período de isolamento social, ele está suspenso, a fim de evitarmos as aglomerações. No entanto, sentimos essa necessidade, haja vista que a população tem se sentido amedrontada com toda a situação que o mundo tem enfrentado com o combate ao novo coronavírus. Nosso objetivo é levar uma mensagem de paz, mostrando que, unidos, podemos vencer mais esse inimigo”, declarou.

E os moradores agradeceram a iniciativa cantando, dançando e aplaudindo os músicos.Para o superintendente do programa, coronel Cícero Silva, isso mostra o quanto a sociedade tem estado necessitada de mensagens de ânimo nestes tempos.

“Por isso que em nenhum momento ficamos parados, por exemplo. A ideia é levar uma mensagem de esperança, mas também de conscientização. Agora continuaremos percorrendo os nossos territórios de atuação, nas áreas comerciais do centro de Maceió, do Jacintinho e toda orla marítima da capital”, afirmou.

Ronda no Bairro toca músicas para pessoas que estão em casa durante isolamento social — Foto: Assessoria Consulte Mais informação: G1 »

1° de Abril - Dia da Mentira (Dia de Satanás) Parabéns Rede Globo Bosta e maldita pelo seu dia. 🤥👿 Ou seja, trabalhando , tocando , andando , cagando , tudo normal e ninguém pegou. Fazer na orla é fácil. Vão fazer na periferia Pra população botarem pra correr Nossa como a midia tradicional é atrasada Manchete do JN: Agentes não deixam moradores dormir por ordem de Bolsonaro. Anotem ....

globolixo

Combate à tortura poderia diminuir os efeitos da pandemia nas prisões brasileirasOpinião | 'Está nas mãos do STF o restabelecimento do Mecanismo de Prevenção e Combate à Tortura, enfraquecido por Bolsonaro', escreve Belisário dos Santos Júnior e Marina Dias O STF_oficial é parte ativa de todos os golpes, não confiar na instituições burguêsas. Brinca nao, trabalhei 8 anos dentro do sistema prisional, vcs nao falam da tortura que as facçoes fazem com outros presos que nao querem a aderir, da homofobia generalizada entre os PRESOS e tbm das penas de surras que eles dao diariamente. incoerência

Maxi López se envolve em nova polêmica e ataca ex-mulher nas redes sociaisAtacante ficou revoltado com a decisão de Wanda Nara que levou seus três filhos para a Itália, um dos países mais afetados pelo COVID-19

Mães sobrecarregadas, jovens ainda nas ruas: os desafios da quarentena para crianças em regiões carentesDificuldades em conciliar isolamento e cuidados com crianças se agravam nas periferias, onde muitas vezes faltam espaço, estrutura e, cada vez mais, renda. Comer agora é o de menos.

Coronavírus isola ‘bolha’ bolsonarista nas redes sociais - Política - EstadãoPara especialista, avanço da pandemia deve gerar ainda mais crítica contra o governo Politica Não esquecem mesmo o presidente. Politica Ótimo. Só falta estourar. Politica E a bolha nas redações continuam cheias de lágrimas

Sensação nas análises, Téo Benjamin fala do lançamento de livro com participação de Everton RibeiroAo longo da campanha memorável do Flamengo em 2019, analista tático roubou a cena entre torcedores do Rubro-Negro no Twitter. Ao L!, comentou sobre a obra 'Outro Patamar' Parabéns teofb Gênio FODAAA!!!!

Nas redes, críticas a Bolsonaro superam apoio na crise do coronavírus - Política - EstadãoDesde o dia 15, 1,4 milhão de usuários do Twitter criticaram Bolsonaro e 1,2 milhão o defendeu, mostra levantamento Politica Até dentro do governo Bozo as críticas a ele superam o apoio. Politica Eita mídia lixo,a cada dia vcs estão caminhando cada vez mais para o fundo do poço! Parem de fazer merda,e começa a agir com a verdade. Politica O falastrão de meio neurônio demanda...