Mundo Livre S\/A, M\U00fasica

Mundo Livre S\/A, M\U00fasica

Mundo Livre S/A 'junta os cacos' da pandemia e anuncia novo trabalho - CartaCapital

Mundo Livre S/A ‘junta os cacos’ da pandemia e anuncia novo trabalho.

24/10/2020 17:30:00

Mundo Livre S/A ‘junta os cacos’ da pandemia e anuncia novo trabalho.

Fred Zero Quatro, líder da banda, revela músicas do novo projeto em formato EP

Juntando os Cacos, o novo trabalho terá de quatro a seis músicas – por isso em formato EP.Ele cita que se trata de um projeto de transição, parecido com único EP lançado pela banda, o Bebadogroove (2005). Naquela época, um baixista se incorporou a banda e o EP foi a forma encontrada para experimentar nova linguagem com o integrante recém-chegado.

Trump pede que chefe de órgão responsável por transição com Biden faça os 'protocolos iniciais' Manifestação pede justiça por João Alberto em frente a unidade do Carrefour em Porto Alegre Brasil vive 'início de 2ª onda' de Covid por falta de testes, de política centralizada e de isolamento social, apontam pesquisadores

Como em todos os trabalhos, as composições de Fred Zero Quatro recebem inserções dos componentes da banda (Pedro Diniz, baixo, Xef Tony, bateria, Léo D, teclados e Pedro Santana, percussão) de base e harmonias ao que ele chama de

groove, que é o jeito do Mundo Livre S/A tocar.Fred Zero Quatro adiantou quatro músicas a serem gravadas nesse novo projeto do Mundo Livre S/A. Uma delas se chamaCacos: “Tô tranquilo, tô calmo / Mas deviam pesquisar os efeitos do isolamento social / Nos pobres coitados de vidro”.

Os “coitados de vidro” são os copos (objetos inseparáveis na pandemia para muita gente) na poesia de Fred, que numa sexta-feira de whisky, se espatifou no chão: “Sextou, morreu coitado, se quebrou…/ Sábado é dia de juntar os cacos”.

Outra composta pelo líder do Mundo Livre foi feita logo depois da morte pela polícia do negro George Floyd nos Estados Unidos, a partir da última frase dele de não conseguir respirar. A composição, em tom de lamento, chama-se

Necrópolis: “Tento digerir, tento respirar / Necrópolis, quem vai te velar? / Não há mais pulmão / Nem circo nem pão / Doce ou integral pra saborear / Necrópolis”.Uma bela valsa chamadaInérciatrata do sentimento de profundo tédio: “Tem horas que ainda sobram dois milênios / Um trago a mais, outra rodada / Fatalidade coreografada”.

A quarta música que integrará o EP chama-seComendo a Outra Metade, numa referência ao presidente que havia dito que seu filho, o 04, tinha “comido a metade do condomínio“ onde reside. Fred, que também é Zero Quatro, fez uma modinha sobre a outra metade.

Deputado diz que Marília sugeriu que ele fizesse caixa com assessores População registra passagem de foguete chinês sobre o céu do Nordeste brasileiro; vídeo Carreta roubada há 10 anos em São Paulo é recuperada pela PRF em Porangatu

“Papai me perguntou / Com que eu tenho andado / Papai fica na tua / Vai cuidar do teu gado / Essa notícia é fake / O povo é só maldade / Eu não comi todo mundo / Eu só comi metade”.VinilO cantor e compositor tem comemorado o crescimento das execuções das músicas da banda nas plataformas de

streamingnesse período de pandemia, um fenômeno que ocorreu no segmento. Mas tem outro acontecimento que tem o surpreendido: o interesse pelo vinil.O primeiro álbum do Mundo Livre S/A,Samba Esquema Noise, lançado em 1994, no surgimento do movimento Manguebeat, saiu em formato CD, vinil e fita cassete. Depois, os outros trabalhos sairiam no mercado somente no formato disco compacto a laser.

Em meio ao crescimento do interesse pelo vinil nos últimos, gravações da banda começaram a ser relançados nesse formato. O primeiro foi oCarnaval na Obra, originalmente lançado em 1998, e relançado em vinil há dois anos pela gravadora Deck.

Com pré-venda esgotada, outro que vai para rua em vinil pela Três Selos é o segundo álbum do grupo, oGuentando a Ôia(1996). O último álbum do Mundo Livre S/A,A Dança dos Não Famosos(2018), foi licenciado para a Vinil Brasil e deverá sair em breve.

No ano que vem, Fred Zero Quatro revela que o álbumNovas Lendas da Etnia Toshi Babaa(2011) também sairá em vinil, comemorando 10 anos de lançamento, impressão esta bancada pela banda.“Esse disco, mais do que qualquer outro, merece o relançamento, uma vez que recebeu um dos prêmios mais importantes de nossa carreira”, afirma. Ele foi ganhador do 23º Prêmio da Música Brasileira na categoria Melhor Grupo.

SoloApós rodar por alguns anos com o seu projeto solo acústicoSonofabit, Fred Zero Quatro vai lançar em novembro o primeiro single desse trabalho. A arte da capa é de Jorge du Peixe, do Nação Zumbi, com quem tem pensado alguns projetos em conjunto.

Sem reconhecer derrota, Trump autoriza transição - Internacional - Estadão Menino abriga cachorros de rua e é homenageado como 'guardião dos animais', em Cascavel Exportação de suco de laranja do Brasil cai 19% no acumulado da safra 2020/21

Fred Zero Quatro ainda aproveita o isolamento para tentar finalizar a autobiografia com 30 anos de carreira, que tem o título provisório deTeoria do CãoVolume Um – Samba Esquema Noise.“O cão é um personagem do livro. Ele se chama Bob, um vira-lata. Durante muitos anos escrevo cartas para o meu amigo Bob. Só como exercício de escrita, para contar as novidades”.

O músico relata que autorizou recentemente a reprodução por uma editora do manifesto “Caranguejos com Cérebro” (1992), escrito por Fred Zero Quatro e marco de fundação do Manguebeat; e licenciou também para uma editora a sua composição

Computadores Fazem Arte(a máquina como elemento artístico), gravada por Chico Science e Nação Zumbi no clássico álbumDa Lama ao Caos(1994).Muito obrigado por ter chegado até aqui. Mas não se vá ainda. Ajude-nos a manter de pé o trabalho de

CartaCapital. Nunca antes o jornalismo se fez tão necessário e dependeu tanto da contribuição de cada um dos leitores.AssineCartaCapital Consulte Mais informação: CartaCapital »

Menino comemora aniversário de cura após vencer câncer, no Paraná: 'Todo mundo disse que minha história é inspiradora'

João Gustavo Kruchinski, de 10 anos, teve um tumor conhecido como sarcoma de Ewing. O morador de Imbituva ganhou uma carreata para lembrar da superação.

Sempre gostei. Vamos conferir... Grande Mundo Livre!

Robinho, feminismo é para todo mundo! - CartaCapitalOpinião | 'É para a sua esposa, para a sua mãe, para todas as mulheres que diariamente têm seus direitos violados', escreve Luana Tolentino. Isso aí é um monstro. Um predador sexual. Vocês ainda estão falando desse nojento? Para de dar Ibope tá esse crápula!😠🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬 Fora machista de merda 🤮 Robinho, vc é o tipo de macho que abominamos. Guarde esse seu membro escroto em boca de machos no xilindró.

Semana livre pode ser trunfo para o Botafogo na Copa do BrasilEquipe comandada por Bruno Lazaroni tem sete dias sem compromissos antes de confronto com o Cuiabá, pelas oitavas de final da competição

Após desabafo de Djalminha, relembre craques que não disputaram uma Copa do Mundo - LANCE!Só tem fera nessa lista, agora Djalminha e Alex jogaram de mais nós anos de copa do mundo, tudo por vaidade de treinadores.

PF pega doleiros com dinheiro que daria para fazer uma ‘volta ao mundo’Agentes federais apreenderam R$ 1 milhão em onze moedas diferentes no Rio Grande do Sul, no âmbito da Operação Formigueiro fausto_macedo Ué não tinha acabado a lava jato? A PF não era usada indevidamente? O dinheiro enfileirado né? Pq poder de compra, umas 20 voltas. fausto_macedo É de cortar o coração, ver o país afundado em dívidas, desemprego bombando, fome, miséria. E esses caras gozando do dinheiro público e rindo da cara do povo. Lamentável 🤢

Dubai inaugura a maior fonte do mundo; veja imagens desta quinta-feira (22)Dubai inaugura a maior fonte do mundo; veja imagens desta quinta-feira G1 eles precisam ter tudo 'O Maior do Mundo' né Mais uma das coisa que nunca verei de perto Massa falida.

Maior fonte do mundo fica em Dubai - ISTOÉ IndependenteO livro Guinness anunciou nesta quinta-feira (22) o recorde da maior fonte do mundo em Dubai, quando o emirado tenta recuperar seu turismo, afetado pela pandemia do novo coronavírus. A “Palm Fountain”, com 1.335 metros quadrados, fica em Palm Jumeirah, ilha artificial situada nas águas de Dubai. “O Livro Guinness dos recordes está orgulhoso de […]