Morre médico referência em tratamento de HIV - Saúde - Estadão

Morre médico referência em tratamento de HIV

28/09/2020 05:30:00

Morre médico referência em tratamento de HIV

Carlos Alberto Morais de Sá tinha 76 anos e faleceu devido a complicações de doenças crônicas

27 de setembro de 2020 | 22h29RIO - Morreu no sábado, aos 76 anos, o médico e professorCarlos Alberto Morais de Sá, pioneiro no Brasil em atendimento à. Ele contribuiu para a construção do Centro de Referência Nacional no tratamento da doença, no

Casal é indiciado por maus-tratos após publicar vídeo oferecendo cerveja para filhote de cachorro Guarda humilhado por desembargador pede R$ 114 mil por danos morais 'Vote em Trump ou vamos atrás de você': eleitores da Flórida recebem e-mails ameaçadores

Hospital Universitário Gaffrée e Guinle, noRio, onde atuava desde 1972.Segundo nota de falecimento do hospital, Morais de Sá faleceu devido a complicações de doenças crônicas. Graduado em Medicina pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), em 1968, ele concluiu seu doutorado na mesma universidade em 1972, e sua livre-docência, em Clínica Médica, no mesmo ano.

Em 1983 o professor passou a ser coordenador do Centro de Referência Nacional em HIV/Aids do Gaffrée e Guinle, ao qual se dedicou por quase 50 anos. Lá,  foi professor titular de Clínica Médica, mas também reconhecido pela larga experiência em Imunologia, Infecção pelo HIV/Aids, Reumatologia, Oncologia e Pesquisa Clínica.

Entre 1987 e 1993 foi consultor do Ministério da Saúde e do Ministério da Educação, sendo membro da Comissão Nacional em HIV/AIDS. Consulte Mais informação: Estadão »

Cão que nasceu com doença no cérebro ganha cadeira de rodas para voltar a se locomover

Esperança da tutora do Thor, de Novo Horizonte (SP), em ver o cão com uma vida normal veio de um projeto chamado 'Rodinhas para Todos', de Sorocaba (SP).

‘Paciente de Berlim’, primeiro homem curado do HIV, enfrenta câncer terminal - Saúde - EstadãoTimothy Ray Brown recebe cuidados paliativos para leucemia mais de uma década após passar por procedimento histórico Lutou o bom combate. mds que triste 😔 Lembram daquele cara que se curou do câncer aqui no Brasil e depois morreu de acidente? Parece que é o destino.

'Paciente de Berlim’, primeiro homem curado do HIV, enfrenta câncer terminal - ISTOÉ IndependenteTimothy Ray Brown, considerado a primeira pessoa a ser curada da infecção do HIV, enfrenta agora uma leucemia em estágio terminal. Também conhecido como “paciente de Berlim”, em referência à cidade em que viveu, ele recebeu um transplante de um doador com resistência natural ao vírus da Aids há cerca de 12 anos. + SP […]

Morre aos 40 anos a atriz japonesa protagonista de 'O Chamado' - ISTOÉ IndependenteYuko Tkeuchi foi encontrada morta em sua casa na manhã deste domingo (27). A atriz japonesa foi a estrela do filme “O Chamado”, de 1998. + SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria A informação da causa da morte da atriz de 40 anos ainda não foi divulgada. […] “Ela foi encontrada morta pelo marido” O marido foi preso por ter cometido o crime? 🧐 Chamada mal escrita... Que vá em paz a atriz Chamaram ela. Meus sentimentos

Morre bebê com doença rara que motivou campanha para compra de remédio mais caro do mundo - ISTOÉ IndependenteA pequena Aysha Goerigk morreu no último sábado (26) em Americana, no interior paulista. A bebê que havia sido diagnosticada foi Atrofia Muscular Espinhal (AME) chegou a mobilizar uma campanha para conseguir importar o remédio considerado o mais caro do mundo, o qual poderia salvar sua vida. + SP deve receber cinco milhões de doses […] 🙏😔 O bebê, use sempre no masculino.

‘Paciente de Berlim’, primeiro homem curado do HIV, enfrenta câncer terminal - Saúde - EstadãoTimothy Ray Brown recebe cuidados paliativos para leucemia mais de uma década após passar por procedimento histórico Lutou o bom combate. mds que triste 😔 Lembram daquele cara que se curou do câncer aqui no Brasil e depois morreu de acidente? Parece que é o destino.

Descubra 20 sites de saúde confiáveis - Saúde - EstadãoEm tempos de coronavírus, a preocupação com a saúde redobrou e, para ninguém cair em fake news, fizemos uma lista com páginas que oferecem informações seguras Até mesmo porque 90% não acerta nada, somente faz previsões apocalípticas para atrair acessos e compartilhamentos $$$.