Morre a atriz Françoise Forton, aos 64 anos, no Rio

17/01/2022 11:00:00

Morre a atriz Françoise Forton, aos 64 anos, no Rio

Morre a atriz Françoise Forton, aos 64 anos, no Rio

Com mais de 50 anos de carreira, ela lutava contra um câncer

Morreu neste domingo, 16, aos 64 anos, no Rio, a atriz Françoise Forton, em decorrência de um câncer. Ela estava internada há quatro meses na Clínica São Vicente, na Gávea. Em 1989, quando gravava  a novela"Tieta", ela havia sido diagnosticada com um câncer de colo de útero. Seu último trabalho na televisão foi"Amor sem igual" (2019). Ela deixa o marido, o produtor teatral Eduardo Barata, e o filho Guilherme Forton Viotti. O velório será na segunda-feira, 17, das 10h às 14h, no Teatro Tablado, no Jardim Botânico. A cremação será no Cemitério da Penitência, das 15h às 16h15, no Caju.

Consulte Mais informação:
Jornal O Globo »

Ainda dá tempo de mudar o rumo das eleições? Adnet, Bernardo M. Franco e Malu Gaspar comentam

O podcast desta sexta-feira fala sobre as estratégias de Lula e Bolsonaro para a reta fina das eleições presidenciais. O trio também faz um panorama geral sobre as disputas eleitorais estaduais Consulte Mais informação >>

Que tristeza! Descanse em paz!🙏🏻 É muito triste 😢😞😞😢 ⚫ - Nossos sentimentos a todos da família!

Morre a atriz Françoise Forton, aos 64 anos, no Rio de Janeiro - ISTOÉ IndependenteMorreu na tarde deste domingo (16), aos 64 anos, a atriz Françoise Forton, no Rio de Janeiro. Ela estava internada há cerca de quatro meses na Clínica São Vicente, onde lutava contra um câncer. A informação foi divulgada pelo colunista Anselmo Góis, do jornal O Globo. A atriz já tinha tido um câncer no útero […] Que o Senhor DEUS te de o descanso eterno e o conforto espiritual a familia,parentes e amigos.. Paz à sua alma 🙏🙏🙏🙏🙏 Não chora Tetê Não pede Tetê Segue em paz... estúpidocupido

Françoise Forton morre aos 64 anos no RioFilha de pai francês e mãe brasileira, artista carioca estreou ainda adolescente na TV e, em mais de cinquenta anos de carreira, fez mais de 40 novelas. Ela estava tratando um câncer. Oh grande atriz inclusive tá no clone q tá sendo reprisada acolhei Senhor na glória eterna e confortai os familiares Era uma excelente atriz. Descanse em paz! 😭 Descanse em paz.

Morre a atriz Françoise Forton, aos 64 anos, no RioQ Deus a tenha Poxa que triste antes da pandemia assisti uma peça com ela 🙏 meus sentimentos 😔 DfMartinha 😢🌷🌷

Morre a atriz Françoise Forton | O AntagonistaA artista tinha 64 anos e lutava contra um câncer Por enquanto eu não posso culpar as VACINAS, MAS VOCÊS SABEM QUE AS VACINAS SÃO APLICADAS PRIORITARIAMENTE EM PESSOAS COM COMORBIDADES, POIS CASO MORRAM, VÃO SEMPRE CULPAR A DOENÇA E NÃO AS VACINAS. GARANTO QUE ELA FOI VACINADA, então... Excelente atriz. Lutou até onde pode. R.I.P

Morre a atriz Françoise Forton, aos 64 anos | Rio de Janeiro | O DiaSeu último papel foi na novela 'Amor Sem Igual', da Record TV. ODia Ahh que pena ❤️❤️❤️

Morre a atriz Françoise Forton, aos 64 anos, no RioCom mais de 50 anos de carreira, ela lutava contra um câncer Triste notícia

PUBLICIDADE Morreu neste domingo, 16, aos 64 anos, no Rio, a atriz Françoise Forton, em decorrência de um câncer.Da Redação 16/01/22 - 16h37 - Atualizado em 16/01/22 - 16h49 Morreu na tarde deste domingo (16), aos 64 anos, a atriz Françoise Forton, no Rio de Janeiro.de Janeiro A atriz Françoise Forton morreu aos 64 anos neste domingo (16), no Rio.A Morreu, aos 64 anos, no Rio, a atriz Françoise Forton, em decorrência de um câncer.

Ela estava internada há quatro meses na Clínica São Vicente, na Gávea. Em 1989, quando gravava  a novela"Tieta", ela havia sido diagnosticada com um câncer de colo de útero. A informação foi divulgada pelo colunista Anselmo Góis, do jornal O Globo. Seu último trabalho na televisão foi"Amor sem igual" (2019). Sua estreia foi em 1969, na novela "A última valsa", da Globo. Ela deixa o marido, o produtor teatral Eduardo Barata, e o filho Guilherme Forton Viotti. Seu último trabalho na TV foi na novela “Amor Sem Igual”, da Record, em 2019. O velório será na segunda-feira, 17, das 10h às 14h, no Teatro Tablado, no Jardim Botânico. Iniciou sua carreira de atriz em 1969 com um pequeno papel na novela "A última valsa".

A cremação será no Cemitério da Penitência, das 15h às 16h15, no Caju. Françoise estreou na TV em 1969, na novela “A Última Valsa”, e fez mais de 40 trabalhos nas telinhas, entre eles a já citada “Tieta”, “Meu Bem, Meu Mal”, “Perigosas Peruas”, “Quatro por Quatro” e “O Clone”. Sua carreira no cinema também teve mais de cinco décadas, com filmes como "Marcelo Zona Sul" (1970), "Jardim de Alah" (1988) e "Coração de Cowboy" (2018). Veja também: Personalidades lamentam morte de Françoise Forton Filha de um francês e uma brasileira, Françoise Forton atuou quase a vida inteira, brilhando em todos os registros, dos palcos à TV, da comédia ao drama, passando pelo musical. Aos 11 anos, já subia ao palco, ao lado de lendas como Glauce Rocha, Darlene Glória e Jorge Dória, na montagem de “Os pais abstratos”. Ela deixa o marido, Eduardo Barata, um filho, Guilherme Forton Viotti, e duas enteadas, Maria Eduarda e Maria Antônia. Nascida no Rio em 1957, ela passou a infância e adolescência em Brasília, onde atuou em clássicos infantis no Grupo Teatro Equipe de Brasília (TEB). — Foto: Denise Andrade/Estadão. Além de atriz, era formada em ballet clássico, estudou música e cursou na Royal Academy of Dance de Londres. Na volta à Globo, em 1988, esteve em "Bebê a Bordo", "Meu bem, meu mal", "Sonho meu", "Anjo de mim", "Por amor" e "Explode coração".

Estudou ainda canto lírico e canto popular. Françoise Forton e Maria Della Costa na época da novela Estupido Cupido em 1976 Foto: Arquivo   Em 1969, teve um pequeno papel na novela “A última valsa”. Logo em seguida, foi uma das protagonistas do longa “Marcelo Zona Sul” (1970), de Xavier de Oliveira, contracenando com Stepan Nercessian, sobre o cotidiano da juventude carioca dos anos 1960. No cinema fez ainda longas como “Jardim de Alah” (1988), de David Neves, e “Coração de cowboy” (2018), de Gui Pereira. — Ela foi uma atriz de carreira extensa e diversa, que via o mundo de outra forma — diz Tadeu Aguiar, que contracenou com ela no espetáculo “Nós sempre teremos Paris”, de Artur Xexéo.

— Sem vaidades, sempre gentil, nunca alterava a voz. Se pedia para montar cenário, ela topava. E também uma empreendedora, produzia peças. Ela viveu sua vida para arte e era uma delícia trabalhar com ela. Foto Anterior Proxima Foto Françoise Forton e Maria Della Costa na época da novela 'Estúpido cupido' em 1976 Foto: Arquivo Françoise Forton é Maria Tereza, uma moça que queria ser Miss Brasil, agora na maturidade Foto: Divulgação/Ricardo Brajterman “Minha vida.

..” Françoise Forton e Aloísio de Abreu vivem casal apaixonado Foto: Guga Melgar / Guga Melgar Françoise na Sala Baden Powell, em Copacabana: 50 anos de carreira resgatados em imagens Foto: Barbara Lopes / Bárbara Lopes Françoise Forton na peça "Um amor de vinil" Foto: Divulgação Pular Em cena da novela 'Amor à vida', com os atores Emilio Orciollo e Thavyne Ferrari Foto: João Miguel Júnior / Divulgação Atores da série 'Prata da casa': Diogo Vilela, Rodrigo Pandolfo e Françoise Forton Foto: Divulgação Ao completar 18 anos, Françoise decidiu deixar Brasília e mudou-se para o Rio, vivendo sob a tutela de Glauce Rocha. Nos anos 1970, ela emendou uma sólida sequência de trabalhos na TV. Foi a namorada de Tuco (então interpretado por Luiz Armando Queiroz) no seriado “A grande família”.

Foi ainda a Virgínia de “Cuca legal” e a Marisa de “O grito”. Com “Estúpido cupido”, ganhou a sua primeira protagonista em uma novela: a normalista Maria Tereza, que vivia na pequena Albuquerque e sonhava ser Miss Brasil. Foi também a última novela produzida em preto-e-branco. .