Moro critica decreto de Bolsonaro: 'Economia foi submetida à política'

Na semana passada, o presidente retirou a autonomia de Paulo Guedes sobre o Orçamento e deu mais poderes a Ciro Nogueira

Sergio-Moro, Paulo-Guedes

18/01/2022 14:52:00

Na semana passada, o presidente retirou a autonomia de Paulo Guedes sobre o Orçamento e deu mais poderes a Ciro Nogueira

Na semana passada, o presidente retirou a autonomia de Paulo Guedes sobre o Orçamento e deu mais poderes a Ciro Nogueira, da Casa Civil

18.01.22 08:50Na semana passada, o presidente retirou a autonomia de Paulo Guedes sobre o Orçamento e deu mais poderes a Ciro Nogueira×Foto: Saulo Rolim / Sérgio Lima / Danilo Martins - PodemosSergio Moro (foto) criticou há pouco a decisão de Jair Bolsonaro que retirou a autonomia do Ministério da Economia para dar mais poder a Ciro Nogueira sobre o Orçamento.

Na semana passada, o presidente assinou um decreto que prevê a necessidade a Casa Civil autorizar algumas decisões de Paulo Guedes.Em entrevista à Jovem Pan, Moro disse que as alterações no teto de gastos fizeram com que a economia brasileira perdesse credibilidade.

Consulte Mais informação: O Antagonista »

O Assunto #710: Por que 'homeschooling' é contra os pobres

A Câmara dos Deputados concluiu nesta quinta-feira a aprovação da lei que introduz o ensino domiciliar no país. O texto, que agora vai ao Senado, torna realidade uma bandeira levantada por Jair Bolsonaro e alguns de seus apoiadores mais ferrenhos desde o início do governo. Consulte Mais informação >>

MORO EM SILÊNCIO SOBRE A MATÉRIA DA VELA CADÊ O CONTRACHEQUE Q O TCU JÁ MANDOU MORO APRESENTAR HÁ UM MÊS Ta bom Somália O marreco SF_Moro vai fazer a ruptura. Será um governo fácil de conduzir, visto que ele é amado pelos ministros do STF, assim como muito bem quisto pela maioria corrupta dos deputados e senadores, expostos pela LJ. O Traíra não vai precisar do Centrão nem do STF. Não, pera…

O antagonista faz notinha e ainda retuíta qualquer bobagem do serjo moro Bolsonaro só formalizou que não é mais o Presidente de fato! Ele se colocou em uma posição tão ruim ao longo do mandato que teve que entregar o seu governo para os partidos do centrão de modo a não sofrer impeachment. Triste! Pior que a Dilma! Nem honra ele tem!

Não existe economia separada da política, seu imbecil!

Parceiro de Marquinhos na base e superação: conheça Maioli, destaque do São Paulo na CopinhaAtacante sofreu com lesões graves e ficou afastado cerca de um ano e meio. Hoje, é um dos principais jogadores do Tricolor na Copinha e fez dois contra o Vasco, nas oitavas de final

Rodízio de veículos em São Paulo volta a valer nesta segunda-feira - São Paulo - EstadãoNa cidade, o rodízio estava suspenso desde o dia 20 de dezembro. Multa para quem descumprir a norma é de R$130,16 , Enquanto isso a imprensa continua caladinha 🤫 sobre essa Pandemia de mal súbito ..

Quatro times avançam na Copa São Paulo de Futebol Júnior neste domingo; confira | CNN BrasilSantos, Botafogo, América-MG e Mirassol avançam para as quartas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior Cnn deveria passar futebol,ao invés de perseguir o governo. Esquisito só time sem dinheiro, algo não está normal essa covid pode fazer o Botafogo ser campeão 😂😂😂😂😂 A Água de Salsicha, fraca do jeito q é, passará o dia amanhã falando do tal tenista.. asseguro 😌

Zeca Camargo estreia na Band o 1001 Perguntas; veja reações na webO público jogou junto com os participantes e respondeu as perguntas da estreia do 1001Perguntas nas redes; confira ⬇

Flamengo vira piada na web e amarga eliminação na Copinha com gol 'à lá Andreas Pereira'QUE FASE, HEIN … 😅😅😅 [HUMOR] Flamengo vira piada na web e amarga eliminação na Copinha com gol 'à lá Andreas Pereira' lance Realmente, quem tem que ser o piada, é o sujeito da foto. Ele sim é uma piada. Piada é a merda do lance isso sim é uma piada de muito mal gosto.

Tunísia se recupera de derrota na estreia e goleia Mauritânia na Copa Africana de NaçõesPASSEIO!⚽️🇹🇳 Tunísia se recupera de derrota na estreia e goleia Mauritânia na Copa Africana de Nações lance

Redação O Antagonista 18.01.22 08:50 Na semana passada, o presidente retirou a autonomia de Paulo Guedes sobre o Orçamento e deu mais poderes a Ciro Nogueira × Foto: Saulo Rolim / Sérgio Lima / Danilo Martins - Podemos Sergio Moro (foto) criticou há pouco a decisão de Jair Bolsonaro que retirou a autonomia do Ministério da Economia para dar mais poder a Ciro Nogueira sobre o Orçamento. Na semana passada , o presidente assinou um decreto que prevê a necessidade a Casa Civil autorizar algumas decisões de Paulo Guedes. Em entrevista à Jovem Pan, Moro disse que as alterações no teto de gastos fizeram com que a economia brasileira perdesse credibilidade. “A economia do país não pode ser submetida à política partidária. O que a gente vê agora é que o teto de gastos perdeu a credibilidade. No momento em que você admite todas aquelas alterações, gambiarras, para acomodar interesses partidários, você fragiliza a segurança que as pessoas têm.” Segundo o ex-juiz, o decreto de Bolsonaro sinaliza que o governo não trabalha em busca do crescimento econômico. “Infelizmente, é o que está fazendo o governo atual quando transfere poderes do ministro da Economia para o ministro da Casa Civil, de Paulo Guedes para Ciro Nogueira. No nosso projeto, as pessoas vêm em primeiro lugar. Qualquer governo precisa trabalhar com a Economia voltada para o crescimento econômico. Isso significa que a Economia não vai estar direcionada para interesse político, seja do Ciro Nogueira ou de qualquer pessoa do Centrão.” Notícias relacionadas: