Moraes se reúne com comandantes das PMs e discute ampliar parceria com TSE nas próximas eleições

24/11/2022 01:01:00

Moraes se reúne com comandantes das PMs e discute ampliar parceria com TSE nas próximas eleições

Moraes se reúne com comandantes das PMs e discute ampliar parceria com TSE nas próximas eleições

Chefes da corporação receberão medalha do mérito da Justiça Eleitoral por trabalho feito durante pleito; Representantes de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Norte não compareceram

Comandantes das polícias militares de 24 estados e do Distrito Federal se reuniram nesta quarta-feira com o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes.12h32 Publicidade BRASÍLIA - O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, convidou os comandantes-gerais de todas as Polícias Militares para uma nova reunião em Brasília, nesta quarta-feira, 23.Apoie Siga-nos no O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Alexandre de Moraes, determinou que o PL apresente, em 24 horas, o resultado da auditoria das urnas no primeiro turno das eleições.O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, vai se reunir nesta quarta-feira com os comandantes das Polícias Militares de todo o país para fazer um balanço das eleições.

No encontro, debateram a ampliação da parceria entre a Justiça Eleitoral e órgãos de segurança pública realizada durante as eleições deste ano para as próximas disputas eleitorais.O encontro, marcado desde a semana passada, ocorre em meio a bloqueios realizados por manifestantes que não aceitam a derrota do presidente Jair Bolsonaro (PL) no segundo turno das eleições.A iniciativa para a “aproximação” ocorre no contexto de críticas à politização da cúpula da Polícia Rodoviária Federal (PRF) durante o processo eleitoral.Na conversa, o ministro fez um balanço dos trabalhos das polícias durante as eleições, e agradeceu ao trabalho das forças na contenção dos bloqueios nas rodovias e nos protestos feitos por militantes bolsonaristas.O despacho é uma reação à.Uma decisão de Moraes logo após as eleições reforçou a autorização para que a PM atuasse, uma vez que a Polícia Rodoviária Federal, responsável por fiscalizar as estradas federais, vinha sendo acusada de leniência com os manifestantes.Mourão chegou a falar em “estado de exceção” provocado por decisões de Moraes.Comandantes das polícias militares de três estados não participaram da reunião: o coronel Hudson Leôncio Teixeira, do Paraná; coronel Marcelo Pontes, de Santa Catarina; e o coronel Alarico José Pessoa Azevedo Júnior, do Rio Grande do Norte.A primeira reunião de Moraes com os comandantes das PMs ocorreu ainda em agosto, logo após sua posse à frente do TSE.

Durante o encontro, chefes das polícias estaduais elogiaram uma resolução do TSE que restringiu o transporte de armas por CACs, sigla que significa caçadores, atiradores e colecionadores.Mesmo assim, se sentem prestigiados com o convite para sentar à mesa em Brasília.A medida teve como justificativa o aumento de episódios de violência política, com a morte de apoiadores dos dois candidatos à Presidência após discussões por motivação eleitoral.Entre os aspectos para a ampliação da parceria com o TSE, os comandantes das polícias sugeriram uma previsão orçamentária para auxílio às polícias militares durante as eleições e a fiscalização da não utilização de telefones celulares por detectores de metais.Aliados do Planalto falam em desrespeito ao pacto federativo e investida inconstitucional de Moraes sobre as polícias, subordinadas aos governadores.Também foi sugerido a presença de um coronel da PM nos núcleos de inteligência dos Tribunais Regionais Eleitorais e a possibilidade da mudança de local de votação que sejam considerados críticos.Moraes também sinalizou aos comandantes que todos serão agraciados com a ordem do mérito do TSE, a medalha Assis Brasil.O documento fala em “estado de exceção” provocado pela Justiça..

Após a fala de Moraes em agradecimento à atuação da PM, cada comandante fez um relato do trabalho desenvolvido durante o pleito.Esta é a terceira reunião de Moraes com os chefes das polícias militares desde que assumiu a presidência do TSE.Além disso, destaca que Moraes não poderia pedir para que elas se mobilizem para conter bloqueios em rodovias federais.Antes, os comandantes estiveram na Corte em agosto e no dia 11 de outubro, logo após o primeiro turno das eleições..“A título de combater manifestações conceituadas como antidemocráticas, as decisões judiciais do ministro Alexandre de Moraes têm suspendido direitos fundamentais outorgados na Constituição”, diz o texto da equipe de Mourão.

Consulte Mais informação:
Jornal O Globo »
Loading news...
Failed to load news.

Moraes convoca reunião com PMs no TSE; Mourão reage e fala em ‘estado de exceção’ - EstadãoReunião para “sedimentar parceria” das forças estaduais com Corte Eleitoral, marcada para esta quarta, incomoda aliados de Jair Bolsonaro. Politica Q reunião com esse ditador oq todos os polícias se tivesse vergonha na cara já tinha virado as costas pr esse cara faz tempo Politica 👀 Politica Avisem a ele que a maioria confirmou que não vai. Abraços 👍🏽

Moraes, do TSE, dá 24 horas para o PL apresentar auditoria das urnas do 1º turnoO despacho responde à ação protocolada por Jair Bolsonaro, que pede, sem provas, a anulação dos votos do 2º turno em urnas com “mau funcionamento” Ele faz isso, porque sabe que sem o código fonte não se faz uma auditoria precisa,a fim de se achar alguma coisa realmente de errado. mas Eles sabem q xandao iria indeferir e vao tentar recorrer ate q o proc caia c um dos comparsas no STF. Isso esta muito claro.

Alexandre de Moraes vai se reunir com comandantes das PMs para fazer balanço das eleições no TSEEncontros do mesmo tipo ocorreram duas vezes antes das eleições; Interlocutores dizem que objetivo é 'balanço' do período eleitoral GRAVE Ele deve investigar para tirar qualquer dúvida,não ser omisso. Bota ordem neste Brasil Alexandre, lembra a polícia que o dever deles é a nossa segurança!!! não ficar em arroaça com terrorista.

Alexandre de Moraes vai se reunir com comandantes das PMs para fazer balanço das eleições no TSEPq o cabeça de pica se mete tanto no Brasil ? Pqp

Moraes se reúne com comandantes da PM e agradece atuação em protestos nas rodoviasO encontro é uma tentativa do presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Alexandre de Moraes, de se aproximar das forças estaduais de segurança. A reunião tratou de ações durante o processo eleitoral e protestos nas rodovias. O ministro do TSE havia decidido que as polícias militares podiam atuar em rodoviar federais para dispersar bloqueios. Já passou por cima do presidente da república, do senado, câmara federal e agora vai passar por cima dos governadores!!! Imperador Xandão!!! Contra outra,,,aí tem GeneralMourao gen_heleno Gen_VillasBoas

Moraes se reúne com comandantes da PM para discutir ações nas eleições | Brasil | O DiaEncontro do presidente do TSE com representantes de 26 unidades federativas durou cerca de 5 horas. AlexandreDeMoraes PM Eleiçoes ODia É muita sujeira... Encontro dos Corruptos sem vergonha