'Ministro da Saúde não é despachante de decisão de Anvisa', diz Queiroga - Saúde - Estadão

'Ministro da Saúde não é despachante de decisão de Anvisa', diz Queiroga

15/01/2022 23:15:00

'Ministro da Saúde não é despachante de decisão de Anvisa', diz Queiroga

Em João Pessoa, Marcelo Queiroga reagiu a críticas sobre demora para o início da vacinação das crianças de 5 a 11 anos contra a covid

.O ministro da Saúde tem sido criticado pela demora no início da vacinação das crianças. A Anvisa autorizou a aplicação das doses pediátricas em 16 de dezembro. O Ministério liberou a imunização em 5 de janeiro, e o primeiro lote com vacinas da Pfizer chegou ao País na última quinta-feira, 13.

Leia TambémQueiroga fala sobre necessidade de vacina, mas diz que governo não vai obrigar pais a vacinar filhos"Quantos medicamentos, dispositivos ou produtos têm registro na Anvisa e não fazem parte das políticas públicas? O ministro da Saúde não é um despachante de decisão de Anvisa nem de agência nenhuma", afirmou Queiroga."O Ministério da Saúde é quem conduz a política pública e o ministro da Saúde é a principal autoridade do sistema de saúde no Brasil."

Consulte Mais informação: Estadão 🗞️ »

Os ineditismos da eleição de Gustavo Petro, na Colômbia

Gustavo Petro é o primeiro candidato de esquerda a ser eleito presidente colombiano. Já Francia Márquez foi eleita vice-presidente, a primeira mulher negra a ocupar o cargo. Estes são alguns dos ineditismos elencados por Ariel Palacios, nos resultados da última eleição na Colômbia. O comentarista ainda fala sobre as principais propostas e as expectativas para o governo do presidente eleito. Consulte Mais informação >>

Não, é só um bosta mesmo. Ser despachante não, mas ao menos simular educação e civilidade deveria ser necessário. O que esperar de alguém que mostra o dedo do meio ao se sentir contrariado? Um médico se prestando ao papel de moleque de recados do mercador da morte BolsonaroVagabundo especialista em frase ruim

A surpresa que essa galera vai ter quando se candidatar. Vão descobrir que não tem policial nem militar das FA pra eleger esse povo tudo não. Vai ser um canibalismo eleitoral, pode anotar. Ministro você não é nada, zero a esquerda, fantoche do Bozo, Macaquinho de estimação. O que não é função de um Ministro da saúde é atacar medidas de proteção contra contaminação, postergar compra de vacina, colocar dúvida sobre efeitos das vacinas...

Não é despachante, mas tbm não deve contrariar né Exato, é uma obviedade. E muito pelo contrário, o Ministério é quem estabelece a política pública que o órgão regulador deve seguir nas suas decisões técnicas. Mas é capacho do Presidente

Queiroga: “Ministro da Saúde não é despachante da Anvisa” | O AntagonistaMinistro rebateu críticas sobre a demora para o início da vacinação infantil no país Lixo O povo paraibano, sempre lutador, digno e corajoso, deve estar envergonhado desse capacho, sem dignidade e respeito a si próprio. Ministro vergonha! Subiu mesmo à cabeça dele, né? Ele se acha o maioral nesse cargo que tem...hahaha

Lixo. Nunca leu lei nenhuma. Nunca leu nada. Como todo bolsominion. Mas tá lá despachando decisão da Anvisa. Tentando colocar empecilhos, mas despachando Besta quadrada. Se não existe tratamento para covid, por que as pessoas vão aos hospitais e são medicadas? Isto mesmo; ministru num é despachante; ministru é BONECO… 😂😂😂

Né mesmo não, é um vagabundo mordomo do Bozo 🤡, mqueiroga2 deixa de ser babaca, e vai trabalhar seu vagabundo, sua hora de ver o Sol nascer quadrado tá chegando, seu genocida. QueirodesVagabundo Antes fosse! Hoje Ministro da Saúde é um pau mandado negacionista que envergonha a classe médica! BolsonaroVagabundo

Ostracismo... O ego tá ferido. O outro ministro da saúde que foi aquele desastre completo tem um agravante a menos não é médico, já esse mqueiroga2 virou o capacho do negacionismo, tá queimado eternamente! Que seja julgado mesmo, pela história!

Conass pede ações a Queiroga para evitar 'colapso' na Saúde; secretarias se mobilizam | O AntagonistaO Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) enviou carta nesta quarta (12) ao ministro Marcelo Queiroga pedindo uma série de ações para evitar um potencial colapso hospitalar...

Verdade, o grande ministro é autônomo para despachar pelo intestino grosso É o capacho de um Ogro destemperado! Quando você precisa bater o pinto na mesa para demonstrar autoridade, é porque não tem nenhuma! Só tem uma coisa para falar para esse cara: vai se fuder.... É despachante de genocida! Que ridículo, o ministro é que devia ter pressa em vacinar as nossas crianças e usar a aqnvisa como despachante

Não, mas ele é despachante e capacho do bocó do Planalto. 😂😂😂😂😂😂😂😂 O sinistro da doença Quidroga/ Queirodes por ter o diploma de medicina,conseguiu ser pior q o sinistro Pezadello(militar).E assim vai ser lembrado:um sinistro médico negacionista,não queria vacinar adolescentes e crianças,tudo para se manter no cargo e rasgou o diploma de médico.

No caso do queiroga, é o cara que limpa a bunda do Bolsonaro com seu diploma. Não mesmo, é puxa saco do presidente

Queiroga diz que Saúde distribuirá 28 milhões de testes de covid neste mêsNos últimos dias, profusão no número de casos de Covid com prevalência da variante Ômicron reacendeu debate sobre política de testagem em massa Muito pouco!

Esse Queirozuello não vale uma nota de três reais!! O problema é que não temos ministro da saúde. Temos um capacho de chefe de familicia Em governo de destruição, órgãos que nasceram para dar suporte e excelência a programas de governo, acabam se tornando inimigos. E muito menos ministro;no máximo um carreirista tentando um lugar no Titanic bolsonarista

Muito ocupado sendo capacho do genocida Pra bebedeiras P...bnsl é perigoso Mas pra trabalhar o Covid é... HIPÓCRITA Esse presidente da Anvisa, Barra Torres, está se achando demais, principalmente após se unir com o Dória. Realmente não é despachante , mas é um ótimo pau 🪵 mandado … jonassmarques Não. Mas também não pode ser despachante de criança pro cemitério. Deveria ser um pouco mais rápido na proteção aos cidadãos brasileiros, o que é seu dever!

O Brasil TEM ministro da saúde?

Ministério da Saúde faz pedido à Anvisa para autorizar autoteste de CovidPasta orienta que o autoteste seja utilizado de forma complementar, como estratégia de triagem, e que quem testar positivo deve fazer o isolamento Agora ? 2022 e vocês ainda falando de Covid! Uma breve reflexão: de anteontem até hoje, houve aumento de combustíveis, Bolsonaro entregou o orçamento para o Centrão, e editou decreto autorizando que servidores e Ministros que viajassem para o exterior a serviço do governo pudessem fazê -lo na classe executiva! E a MAMATA?

Ministro da Saúde deve ser muitas coisas, acontece que você, Queiroga, não é nada. Vc é tão mau caráter, que não pode ser despachante da ANVISA, só pode ser despachante do tenente! É capacho do bozonaro lascou... o cara não sabe a missão da Anvisa, mané! o ministro da saude NÃO SABE! É cada frase idiota! Que só poderia fazer parte do governo de um imbecil.

Mas se a decisão da anvisa é sempre TÉCNICA, então o que o ministro esta dizendo é que a política anti-vacina do presidente é mais importante do que as decisões técnicas? É despachante de genocida. Diz o Ministro da Doença. Inveja da competência da Anvisa E sim, despachante do biroliro

Saúde envia à Anvisa pedido de liberação de autoteste de Covid no Brasil - ISTOÉ IndependenteO Ministério da Saúde enviou nesta quinta-feira (13) uma nota técnica à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) defendendo a aprovação da liberação da oferta comercial de testes de covid-19 que possam ser aplicados autonomamente pelas próprias pessoas, ou os “autotestes”. No documento, o ministério argumenta que o uso dos autotestes seria uma estratégia complementar […] philgueiras

Ministério da Saúde pede à Anvisa liberação de autoteste e classifica como 'excelente estratégia de triagem'Exame caseiro pode ser ferramenta para aliviar sobrecarga de hospitais e laboratórios de saúde. Anvisa já sinalizou que a estratégia depende da adoção de políticas públicas vitormori XeuleBot 🙌🏻🙌🏻🙌🏻

Antonio Barra Torres . O ministro da Saúde tem sido criticado pela demora no início da vacinação das crianças. A Anvisa autorizou a aplicação das doses pediátricas em 16 de dezembro. O Ministério liberou a imunização em 5 de janeiro, e o primeiro lote com vacinas da Pfizer chegou ao País na última quinta-feira, 13. Leia Também Queiroga fala sobre necessidade de vacina, mas diz que governo não vai obrigar pais a vacinar filhos "Quantos medicamentos, dispositivos ou produtos têm registro na Anvisa e não fazem parte das políticas públicas? O ministro da Saúde não é um despachante de decisão de Anvisa nem de agência nenhuma", afirmou Queiroga."O Ministério da Saúde é quem conduz a política pública e o ministro da Saúde é a principal autoridade do sistema de saúde no Brasil." Queiroga esteve na capital paraibana hoje para um ato de imunização e testagem contra a covid no Hospital Universitário Lauro Wanderley. O ministro afirmou, durante entrevista, que a história julgará seu trabalho à frente da pasta. "A história vai julgar, vai me julgar. Eu trabalho todos os dias para que eu tenha um bom julgamento da história", disse."Eu faço o melhor que eu posso." Reações Durante um evento no Palácio do Planalto na quarta-feira, 12, Bolsonaro tentou minimizar o atrito com a agência. Depois de ter rebatido uma carta de Barra Torres dirigida a ele, o presidente disse que não"brigou" com o contra-almirante, mas apenas o questionou sobre a recomendação para que crianças de 5 a 11 anos fossem vacinadas. "Aqui não é um quartel, mas devemos ao máximo zelar pela hierarquia e disciplina, senão não funciona. Não briguei com o presidente da Anvisa, apenas questionei sobre um assunto que tinha que ser questionado. Somente eu e ele. De repente está na imprensa", afirmou o chefe do Executivo. Na segunda-feira, 10, dois dias após ser cobrado publicamente para que se retratasse dos ataques à Anvisa, Bolsonaro havia dito ter ficado surpreso com o que chamou de"carta agressiva" de Barra Torres. O presidente afirmou não ter acusado o almirante de corrupção e mudou o tom das insinuações, mas voltou a levantar dúvidas sobre as"intenções" da agência ao recomendar a vacinação infantil. "Me surpreendi com a carta dele. Carta agressiva, não tinha motivo para aquilo. Eu falei: 'O que está por trás do que a Anvisa vem fazendo?' Ninguém acusou ninguém de corrupção. Por enquanto, não tenho o que fazer no tocante a isso aí", disse Bolsonaro, em entrevista à Rádio Jovem Pan. No sábado passado, 8, Barra Torres havia cobrado uma retratação pública de Bolsonaro, dois dias após o presidente questionar os"interesses" de integrantes da Anvisa, ao reclamar do aval à vacinação infantil."Se o senhor não possui tais informações ou indícios, exerça a grandeza que o seu cargo demanda e, pelo Deus que o senhor tanto cita, se retrate", escreveu o militar da reserva da Marinha, ao desafiar o presidente a apontar indícios de corrupção contra ele. Vacinação infantil Depois de tentar dificultar a vacinação de crianças, o Ministério da Saúde autorizou em 5 de janeiro a aplicação do imunizante contra a covid-19 na faixa etária de 5 a 11 anos, sem exigência de prescrição médica, como havia sido considerado por Queiroga. O intervalo da aplicação das duas doses pediátricas será de oito semanas. Na sexta-feira, 14, no dia em que o Governo de São Paulo realizou cerimônia de início da vacinação infantil contra covid-19 no Estado, Queiroga usou as redes sociais para acusar o governador paulista,