Mesmo após acordo para mudar teto, Bolsonaro insiste que Auxílio Brasil ficará dentro da regra - Economia - Estadão

Mesmo após acordo para mudar teto, Bolsonaro insiste que Auxílio Brasil ficará dentro da regra (via @EstadaoEconomia)

22/10/2021 05:25:00

Mesmo após acordo para mudar teto, Bolsonaro insiste que Auxílio Brasil ficará dentro da regra (via EstadaoEconomia)

Em transmissão nas redes sociais, Bolsonaro disse que o governo busca cumprir o teto de gastos para não causar um 'desequilíbrio das finanças' do Brasil

. O espaço considera nova correção do teto e o novo limite para os precatórios.O acordo foi fechado nesta manhã entre as alas política e econômica, após dias de embates entre as equipes paraviabilizar o pagamento de R$ 400 aos beneficiários do Auxílio Brasil determinado por Bolsonaro

Homem viraliza na web ao narrar engarrafamento que provocou na Av. Brasil: 'Relizando um sonho' Congresso aprova casamento entre pessoas do mesmo sexo no Chile Após distorcer proposta da Anvisa, Bolsonaro chama passaporte da vacina de 'coleira'

. A proposta que está na mesa e que deve ser validada com o presidente é mudar a fórmula do teto, que hoje é corrigido pelo IPCA acumulado em 12 meses até junho do ano anterior ao de sua vigência. A ideia é adotar a correção da inflação de janeiro a dezembro.

O impacto do furo do teto foi amplificado à tarde, depois que Bolsonaro anunciou a criação de um benefício a caminhoneiros, que ameaçam paralisação a partir de 1º de novembro."Em torno de 750 mil caminhoneiros receberão ajuda para compensar aumento do diesel", afirmou, sem oferecer detalhes sobre a medida. A ajuda pode ser de R$ 400 mensais, a ser paga de dezembro de 2021 a dezembro de 2022, segundo apurou o headtopics.com

Estadão/Broadcast  "O impacto foi imediato, acentuando piora que já vinha do começo da semana. Obviamente, toda essa situação, de perda do alicerce fiscal, recoloca o Brasil em ciclo antigo, já conhecido, com relação à inflação e aos juros", diz

Rodrigo Marcatti, CEO da Veedha Investimentos."EWZ (Fundo de ações do Brasil em Nova York)caindo praticamente 6% enquanto Ibovespa cedia 4% à tarde. Governo vendeu a alma para o Centrão, e perde a credibilidade que ainda tinha com o mercado financeiro brasileiro. O mercado é soberano, e esta semana pode ser um grande divisor de águas", diz

Bruno Madruga, head de renda variável da Monte Bravo Investimentos."Para o mercado, o que mais surpreende é que o que sempre tinha ali era a equipe econômica, o Paulo Guedes tentando segurar o ímpeto populista do governo, que pensa em eleição. Ontem, aparentemente ele jogou a toalha, tirando o time de campo com relação ao teto, ao falar que a política é quem manda. Aversão a risco total", acrescenta Marcatti, observando que a Bolsa tende a sofrer um pouco menos do que o câmbio e os juros, mas ainda assim realizando, pelo aumento da aversão a risco.

  Hoje, apenas três ações da carteira Ibovespa conseguiram escapar da correção: Suzano, com alta de 1,65% e BB Seguridade, de 0,80%, com Klabin sem variação no fechamento desta quinta-feira, após chegar a sustentar algum ganho. As perdas em Petrobras foram a 3,38% no fechamento para a PN, com queda de 1,64% em Vale ON, de até 5,41% na siderurgia para Usiminas PNA e de até 4,24% (BB ON) entre os grandes bancos.  headtopics.com

George Pérez, desenhista lendário dos quadrinhos da Marvel e da DC, revela estar com câncer terminal China força vacinação de crianças para ter imunidade coletiva - Internacional - Estadão Congresso do Chile aprova casamento gay e adoção por casais homoafetivos - Internacional - Estadão

CâmbioO mercado doméstico de câmbio foi atingido nesta quinta pelo o que analistas costumam chamar de tempestade perfeita. Aos sinais inequívocos de que o governo está disposto a usar expedientes para driblar o teto de gastos, na tentativa de se cacifar para a corrida

eleitoral, somou-se hoje uma onda de fortalecimento global da moeda americana que castigou divisas emergentes.Em meio ao azedume com o aumento do risco fiscal, o dólar à vista já iniciou o dia em forte alta, rompendo o teto de R$ 5,65 logo nos primeiros minutos do pregão. Depois, diante do sinal de que o governo está disposto a abrir os cofres, o dólar tocou na máxima de R$ 5,6905, alta de 2,33%. A moeda acumula valorização de 3,90% nesta semana e de 4,07% em outubro.

Ohead de tesouraria do Travelex Bank, Marcos Weigtobserva que aumento de gastos cogitado até agora não altera de forma relevante a relação dívida/PIB, principal indicador da saúde fiscal do país. O que assusta o mercado, diz Weigt, é a incerteza em relação à magnitude das despesas e à manutenção da âncora fiscal."A solução menos ruim seria colocar despesas pontuais extrateto. Não tem que mudar a regra do teto", afirma Weigt."O problema é que não se sabe quanto vai ser gasto. Falam de auxílio de R$ 400, mas pode ser R$ 500, R$ 600, e podem inventar outras despesas", acrescenta.

Consulte Mais informação: Estadão »

Após receber medalha, Bolsonaro é vaiado e chamado de genocida na Câmara

Sob protestos de deputados da oposição, presidente foi condecorado por Arthur Lira (PP-AL)

Economia Menti muito o pr Economia jairbolsonaro Por que ainda está no planalto 🤔 ? Não sabe nada de nada ! Economia Economia Este é ícone da ciência da econômica. Lembram do posto Ipiranga? Pois é! Vende gasolina mais cara do planeta. E assim como serviu de propaganda para eleger um grande fdpt idiota. Também está senvindo para Fudê com este grande fdpt idiota.

Economia Se houve acordo não houve furo!!! Só nos 'zoios' da imprensaemcrise mamadeira... Economia Dentro do teto é dinheiro pra construir metrô na Venezuela né? Economia O JairBolsonaro além de BURRO é MENTIROSO Economia Ele acha que engana Economia Com uma pandemia um fique em casa, comercio fechado, desemprego fecharam tudo e esqueceram da economia! Fingem solidariedade e compaixão com fotos do povo procurando ossos, mas querem cancelar o benefício a ajuda do governo aos mais necessitados, Querem atar as mãos de Bolsonaro

Economia sosbrasil desgoverno Economia Vcs enchem a paciência de qq ser humano

Bolsonaro confirma Auxílio Brasil de R$ 400, mas não explica origem de recursos - Economia - EstadãoEm evento no Ceará, o presidente afirmou que o teto de gastos será respeitado; a possibilidade de parte do valor do benefício ficar fora da regra causou forte reação negativa no mercado financeiro na terça-feira Economia Porquê a oposição não vai ao STF e peça para que o Auxilio de 400 seja votado no Congresso? Economia XeuleBot Economia Do salário dos assessores...

Economia Não entendo de economia. Bolsonaro, com certeza também não. Mas ele adora ostentar a sua ignorância; aliás, em qualquer assunto. Impressionante. Economia Empurra que ele caiiiiii Economia Esse jumento nem sabe do que se trata. Economia Bolsonaro 2022 Economia Se ajuda o pobre A mídia é O rico investidor ficam putinhos. Se ajudam as empresas, os pobres ficam putinhos. Se ajuda os 2 A 3 via endoida As vezes sinto pena do Bolsonaro

Por que Auxílio Brasil de R$ 400 fez dólar subir e bolsa desabar - BBC News BrasilMudança do Bolsa Família com despesa fora do teto de gastos gera temor de descontrole da inflação, aumento de juros e consequente piora do PIB e do mercado de trabalho. PORQUE SÓ ASSIM O PAULO ENTREGUE VAI TER MAIS DÓLARES NAS ILHAS VIRGENS BRITÂNICAS ....SIMPLES ASSIM, TUDO COMBINADO, CORJA DE DESGRAÇADOS. Tá aí a resposta para o mal planejamento do governo Por que Banqueiros e Elitistas Brasileiros que manipulam a economia do país ,e se 'Fura teto de gastos ' e ésta verba não vai pra Bancos aí temos uma 'Crise de identidade' Farialimers BR ( simples assim )

Cidadania confirma Auxílio Brasil de R$ 400 a partir de novembroMinistro João Roma disse que benefício deve seguir 'responsabilidade fiscal', mas não detalhou qual a fonte de recurso para pagar o programa Auxílio eleição... espero que pelo menos ajude as pessoas, mesmo sem ser a intenção. E as pessoas achavam que o PT era populista...

Bolsa fica estável com anúncio do Auxílio Brasil sem engrenagem financeira | Radar EconômicoVEJA Mercado | Fechamento: governo quer usar a PEC dos precatórios para pagar Auxílio Brasil, mas investidores ficam em dúvida e sentem falta de esclarecimentos (via EconomicoRadar) EconomicoRadar O ricos querem que os pobres se fodam... Por isso que esta instabilidade é normal... EconomicoRadar o brasileiro que necessitando de ajuda passando fome comendo comida do lixo e os fdp tão em duvida se vão sentir falta de retorno EconomicoRadar depois de ser impedido de furar o teto, Bolsonaro agora quer furar o olho de Guedes... Com os chifres.

Guedes defende 'licença' para furar o teto em R$ 30 bilhões e viabilizar o Auxílio Brasil'Estávamos estudando se faríamos uma sincronização de despesas e o teto de gastos. Isso seria uma antecipação da revisão do teto' sera que vao impeachmar tambem? Gosto que é bem simples, fácil igual a ganhar dinheiro com a desgraça que eu coordeno Com Dilma era pedalada agora é pedido de licença...

Guedes afirma que governo usará R$ 30 bi fora do teto para Auxílio BrasilMinistro da Economia diz que governo estuda revisar índice de correção do teto de gastos e confirma Auxílio Brasil de R$ 400 nossa. pqp. Aleluia o Guedes largou seu ultra-consevadorismo fiscal para poder ajudar a população. PARASITA E O MALANDRO: O pior presidente e o pior ministro da Economia. Desastre histórico. Não tem programa social ou marketing que ajude. Bolsonaro, se não for preso ou impichado, elegerá Lula no primeiro turno.