Celebridades, Saúdemental

Celebridades, Saúdemental

Megan Fox: as revelações da atriz que alimentam discussões sobre 'corpo perfeito'

A atriz declarou ter um transtorno chamado dismorfia corporal #g1 #celebridades #saúdemental

18/10/2021 17:30:00

A atriz declarou ter um transtorno chamado dismorfia corporal g1 celebridades saúdemental

Atriz americana falou pela primeira vez que sofre de dismorfia corporal, transtorno mental em que a pessoa tem uma imagem negativa de alguma parte do corpo.

A atriz e modelo americana Megan Fox diz que está em um dos melhores momentos de sua vida pessoal e profissional.Seus recentes trabalhos no cinema e na televisão, assim como seu relacionamento com o cantor Machine Gun Kelly, a quem considera sua "alma gêmea", a ajudaram a superar problemas de ordem emocional que acompanharam sua carreira.

Alto, médio ou baixo? Os riscos de contrair covid-19 nas festas de fim de ano, segundo um grupo pesquisadores espanhóis Doria lembra nomes e bandeiras históricas do PSDB e ataca Lula e Bolsonaro | Maquiavel Doria vence as prévias do PSDB e será o candidato do partido a presidente da República

Um muito forte foi a "sexualização" da qual ela afirma ser vítima por seus tratamentos estéticos, assim como por papéis como o de Mikaela Banes no sucesso de bilheteria "Transformers: A Vingança dos Derrotados".

Outro problema, que ela revelou recentemente em entrevista à edição britânica da revista GQ, ainda segue com ela.Quando questionada pela jornalista Molly Lambert se o fato de ser "tão bonita e inteligente" intimida muitos homens, Fox respondeu que as aparências enganam. headtopics.com

"Podemos olhar para alguém e pensar: 'Essa pessoa é tão bonita. Sua vida deve ser muito fácil'. Muito provavelmente, ela não se sente assim", afirmou ela na entrevista.E acrescentou: "Sim, eu tenho dismorfia corporal. Tenho muitas inseguranças profundas".

A dismorfia corporal é um transtorno mental no qual a pessoa tem uma imagem negativa de alguma parte do corpo.Megan Fox no VMA 2021 — Foto: Evan Agostini/Invision/APA fixação nesse detalhe, mesmo que seja uma percepção equivocada, pode se tornar algo bastante obsessivo para ela.

Fox não entrou em detalhes sobre por que se sente assim. Mas diz que estar com o namorado permitiu a ela trabalhar sua percepção pessoal e se sentir confortável com isso."Acho que tinha me colocado — ou permitido que outras pessoas me colocassem — nesta caixa estranha em que não me encaixava bem, onde por muito tempo não vivi minha própria vida sendo eu mesma... Essas partes minhas mais excêntricas ou estranhas que não correspondiam com a minha família ou com Hollywood ", explicou.

'Eu nunca fui a garota bonita da escola'Em outras ocasiões, Fox foi aberta ao falar sobre os conflitos pessoais que a acompanhavam desde que era criança."Nunca fui a garota bonita na minha escola. Quer dizer, eu usava aparelho e pintava o cabelo de laranja... Não era a garota popular... Sempre fui a solitária", disse ela à revista americana The Hollywood Reporter em 2011. headtopics.com

Masturbação em 'Um Lugar ao Sol' não foi a 1ª em novelas l SEMANA POP l g1 Vídeo mostra balsas usadas no garimpo ilegal sendo queimadas no rio Madeira João Doria abre a terceira via - ISTOÉ Independente

Mais tarde, ela contou que chegou a um "ponto de ruptura" após o lançamento do filme "Garota Infernal", em 2009, uma época em que a imprensa a definia como um "símbolo sexual"."Eu não queria ser vista, não queria ter que tirar fotos, aparecer em revistas, andar em tapetes vermelhos, não queria ser vista em público de maneira alguma, por causa do medo e da crença, a certeza absoluta de que zombariam de mim, ou cuspiriam em mim, ou alguém gritaria comigo, ou as pessoas me apedrejariam ou me atacariam por simplesmente estar lá fora... então passei um tempo sombrio depois disso", disse ela ao programa de televisão americano Entertainment Tonight, em 2019.

Depois de viver isso, Fox diz que está mais tranquila em relação ao passado."Tenho feito o meu melhor para tentar dar sentido a isso. Porque é fácil quando você passa por algo assim se sentir como vítima, obviamente. Esse é o primeiro instinto e resposta", afirmou ela à GQ.

"Trabalhei muito para eliminar esse sentimento de ser uma vítima e perceber que era uma lição. Assim eu tinha um propósito e não precisava mais sofrer. Isso me [fez crescer e] transformou em um ser humano muito mais interessante do que havia sido sem isso. Te dá o espaço para ter gratidão por algo pelo o que anteriormente você se sentia perseguido ", acrescentou.

Megan Fox e Machine Gun Kelly no VMA 2021 — Foto: Evan Agostini/Invision/APDismorfia corporalO transtorno dismórfico corporal (TDC) é um problema de saúde mental em que a pessoa percebe um ou mais defeitos na aparência e não consegue parar de pensar nisso. headtopics.com

"Você pode se sentir tão envergonhado, intimidado e ansioso que é possível que evite muitas situações sociais", explica a Mayo Clinic, organização americana sem fins lucrativos da área de saúde e pesquisas médicas.

"Você se concentra intensamente na sua aparência e imagem corporal, e olha repetidamente no espelho, se arrumando ou buscando segurança, algumas vezes por muitas horas ao dia", descreve.A pessoa pode recorrer a soluções cosméticas para "consertar" aquilo que percebe como um defeito, mas muitas vezes a angústia volta.

Porquinho amarrado com bandeira do Palmeiras no Rio é resgatado por protetores de animais Doria vence prévias do PSDB e será candidato à Presidência em 2022 | Maquiavel Brasileiros têm direito à assistência técnica na moradia e não sabem | por Ângelo Marcos Arruda

"O transtorno dismórfico corporal geralmente não melhora por conta própria", adverte o site da organização.Por isso, recomenda-se buscar ajuda. O tratamento pode incluir terapia cognitivo-comportamental e medicamentos, indica a Mayo Clinic.

E a falta de tratamento pode ter consequências graves para o paciente."Se não for tratado, pode piorar com o tempo e levar à ansiedade, despesas médicas altas, depressão grave e até pensamentos e comportamentos suicidas", alerta.

O transtorno dismórfico corporal (TDC) é um problema de saúde mental em que a pessoa percebe um ou mais defeitos na aparência e não consegue parar de pensar nisso — Foto: Getty Images via BBC Consulte Mais informação: G1 »

Ron Jeremy: acusadoras de astro pornô falam pela primeira vez - BBC News Brasil

Por décadas, uma das estrelas pornôs mais famosas do mundo, Ron Jeremy, supostamente apalpou, agrediu e estuprou mulheres.

Falta de rola Um transtorno que envolve um foco obsessivo em um defeito que a pessoa considera ter na própria aparência. O defeito pode ser pequeno ou imaginado. Mas a pessoa pode passar horas por dia tentando corrigi-lo. A pessoa pode experimentar muitos procedimentos estéticos No my acidente 2006 perdi os movimentos do braço direito e carrego o braço sem movimentos com dores e não me sinto traumatizado por isso, o mundo não tem dó e sentimentos por ninguém, eles desdenham nossas mazelas é capacitismo dia e noite. meganfox apanhe a sua coroa. 🌹

O ponto chave de pesquisa sobre Bolsonaro, segundo cientista político | Matheus LeitãoO ponto chave de pesquisa sobre Bolsonaro, segundo cientista político (via Mleitaonetto) Mleitaonetto Exercício ta osso ...kkkkk Mleitaonetto Mleitaonetto Quem é o louco que acredita em pesquisas no Brasil? Todo mundo já sabe da existência do 'comércio das pesquisas'.

Gloria Steinem: “O autoritarismo começa com o controle sobre o corpo das mulheres”A legendária feminista, de 87 anos, fala ao EL PAÍS em sua casa de Nova York, a poucos dias de receber o Prêmio Princesa de Astúrias na Espanha. As meninas e as idosas, diz, são as mulheres liberadas dos papéis de gênero Não seria 'lendária'? Núcleo familiar,no Brasil, é mãe solteira , avó solteira,e casa vazia Feminismo dá jeito? Faz aí e não enche o saco. As coisas acontecem quando cada um quer, o despertar é pessoal.

Aras diz que vai ‘tomar todas as providências’ sobre relatório da CPI da CovidO documento, conforme adiantado neste domingo, deve denunciar Jair Bolsonaro por onze crimes, incluindo homicídio claro Kkkk Zero surpresa.

Espetáculos de dança abrem a temporada 2021 do Teatro Alfa - Cultura - EstadãoApresentações da São Paulo Companhia de Dança, do Grupo Corpo e da Cia. de Dança Debora Colker ocorrem entre outubro e novembro Cultura ESTADÃO ESTRUME

Brancos podem interpretar negros? E judeus? ‘Blackfishing’ é racista? | MundialistaDá para sentir que é uma encrenca tremenda: discussões raciais envolvem mundo artístico, com resultado obviamente explosivo Nossa, mas esse texto ta péssimo

Por que o paracetamol não é a melhor alternativa contra a ressaca - BBC News BrasilProfessor da Universidade de Santiago de Compostela, na Espanha, escreve sobre essa terrível sensação de mal-estar que geralmente aparece depois de uma noite de bebedeira. Não curam. tomo os dois por via das duvidas Aqui na minha terra curamos ressaca com uma dose Boa de cachaça e uma sopa de galinha, é tiro e queda 😂😂😂😂