Média móvel de casos de covid-19 em 24 horas no Brasil vai a 118,8 mil, novo recorde

Média móvel de casos bate recorde

22/01/2022 02:56:00

Média móvel de casos bate recorde

Segundo o levantamento do consórcio de veículos de imprensa, a média móvel de diagnósticos nos últimos sete dias foi de 118.840, um avanço de 296% em relação aos casos registrados em 14 dias

A média móvel de diagnósticos nos últimos sete dias foi de 118.840 – a maior marca registrada até aqui –, um avanço de 296% em relação aos casos registrados em 14 dias. De acordo com o balanço de hoje, fechado às 20h, o número de mortes provocadas pela doença de ontem para hoje foi de 396, elevando o total de óbitos para 622.647.

A média móvel de vítimas da covid-19 nos últimos sete dias foi de 257 por dia, um aumento de 114% em relação aos casos registrados em 14 dias. O Acre não registrou mortes pela doença nas últimas 24 horas.

Consulte Mais informação: Valor Econômico »

Com duas decisões importantes em mãos, 'Aras vai dar um presente a Bolsonaro e tirar outro’

Vera Magalhães comenta o dilema do procurador-geral da República, Augusto Aras, que tem duas decisões polêmicas pendentes, uma sobre a procedência da notícia-crime do presidente Jair Bolsonaro contra o ministro Alexandre de Moraes, rejeitada pelo STF; outra sobre a validade constitucional do indulto individual concedido ao deputado Daniel Silveira, condenado a oito anos e nove meses de prisão por atos antidemocráticos. Segundo Vera, Aras deve delegar a questão da queixa-crime para Lindôra Araújo, que deve negá-la, e decidir a favor de Bolsonaro no caso de Silveira para não se indispor. Consulte Mais informação >>

E o Sinistro da Saúde com a Sinistra Damares soltando fake news contra vacina...incentivando a loucura antivax gerada por essa histeria coletiva do Bolsonarismo. Atrasando a economia e afundando mais o país. A psicopatia bolsonarista já passou de todos os limites.

Média móvel de casos de covid-19 em 24 horas atinge novo recorde no BrasilA média móvel de diagnósticos nos últimos sete dias foi de 110.442 – a maior marca registrada até aqui –, um avanço de 373% em relação aos casos registrados em 14 dias

Brasil volta a bater recorde na média móvel de casos conhecidos de Covid em 24 horas, com 118,5 mil; média de mortes cresce mais uma vezPaís tem 622.647 óbitos e 23.757.741 casos registrados do novo coronavírus, segundo dados reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa. Médias móveis apontam mais de 200 mortos e 100 mil casos diários. 396 mortes, 396 não vacinados ? Será ? Vamos aguardar

Brasil registra nova alta de média móvel de casos de Covid-19 | CNN BrasilO Brasil registrou 166.538 novos casos e 358 óbitos por Covid-19 nesta sexta-feira (21), segundo dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde

Brasil tem novo recorde e média diária de casos de covid-19 supera 110 milDe acordo com dados do Ministério da Saúde, o país tem um total de 622.205 óbitos e 23.585.243 casos confirmados da doença QUEREM APAVORAR A POPULAÇÃO? E O NÚMERO DE ÓBITOS? Anteriormente, qdo a Peste Chinesa estava ceifando muitas vidas, era a primeira informação que a Mídia Aloprada divulgava. PAROU POR QUE? 🤔🤔

Com mais de 110 mil, Brasil tem recorde na média móvel de casos conhecidos de Covid em 24 horas; média de mortes também crescePaís tem 622.251 óbitos e 23.588.921 casos registrados do novo coronavírus, segundo dados reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa. Médias móveis apontam mais de 200 mortos e 100 mil casos diários. A Globo deseja um novo lockdown. Esta a beira da falência e quer arrastar o Brasil pro fundo do poço Se não fosse pela farra dos governadores e prefeitos com o dinheiro público talvez não teríamos hoje tantos mortos pelo vírus chinês Fudeu de vez

Covid: Pelo 4º dia, Brasil bate recorde de média móvel de casos conhecidosA média móvel de casos conhecidos de covid-19 no Brasil está em alta desde 29 de dezembro e hoje ela bateu recorde e ficou em 118.840. É o número mais alto desde o começo da pandemia e o 4º dia consecutivo de recorde.Os dados são do consórcio de

O Brasil registrou 168.820 novos casos conhecidos de covid-19 nas últimas 24 horas, segundo o levantamento do consórcio de veículos de imprensa feito junto às secretarias estaduais de Saúde do país, nesta sexta-feira (21). Com isso, o total de infectados pelo novo coronavírus subiu para 23.757.741. A média móvel de diagnósticos nos últimos sete dias foi de 118.840 – a maior marca registrada até aqui –, um avanço de 296% em relação aos casos registrados em 14 dias. De acordo com o balanço de hoje, fechado às 20h, o número de mortes provocadas pela doença de ontem para hoje foi de 396, elevando o total de óbitos para 622.647. A média móvel de vítimas da covid-19 nos últimos sete dias foi de 257 por dia, um aumento de 114% em relação aos casos registrados em 14 dias. O Acre não registrou mortes pela doença nas últimas 24 horas. Os dados divulgados pelo consórcio de imprensa foram obtidos após uma parceria inédita entre G1, “O Globo”, “Extra”, “O Estado de S.Paulo”, “Folha de S.Paulo” e UOL, que passaram a trabalhar de forma colaborativa desde o dia 8 de junho de 2020 para reunir as informações necessárias nos 26 Estados e no Distrito Federal.