Mario Sabino na Crusoé: Cala a boca já viveu; Confira

Se o bolsonarismo apropriou-se indevidamente de pautas que merecem ser questionadas, isso não pode servir de pretexto para cancelar a liberdade de expressão

22/01/2022 00:27:00

'Se o bolsonarismo apropriou-se indevidamente de pautas que merecem ser questionadas, isso não pode servir de pretexto para que se cancele a liberdade de expressão e a livre circulação de ideias.'

Se o bolsonarismo apropriou-se indevidamente de pautas que merecem ser questionadas, isso não pode servir de pretexto para cancelar a liberdade de expressão

“ultrapassa os assuntos internos do jornal”.O Antagonista, ‘se o bolsonarismo apropriou-se indevidamente de pautas que merecem ser questionadas, como as sanhas do politicamente correto e da visão identitária do mundo, isso não pode servir de pretexto para que se cancele a liberdade de expressão e a livre circulação de ideias’. É o que a esquerda brasileira faz diligentemente, aproveitando a oportunidade que o sociopata instalado no Palácio do Planalto lhe deu: todo o ideário que conflita com o dela passou a ser tachado de ‘bolsonarista’. É um epíteto concreto e, portanto, bem mais eficaz do que a tática tradicional — a de classificar genericamente todo e qualquer opositor ideológico de ‘extrema-direita’.”

Consulte Mais informação: O Antagonista »

Madrugadas seguem geladas até o começo da semana que vem; veja a previsão do tempo

Além de geadas, muita chuva, nos próximos dias, no Recife e em Maceió. Meteorologistas não descartam enchentes e deslizamentos. Consulte Mais informação >>

Quadrilhão de Bozo Quadrilhão do STF Quadrilhão de kassab Quadrilhão de Ciro nogueira Quadrilhão do temer Quadrilhão de lula Quadrilhão de Collor Quadrilhão de Sarney Quadrilhão de FHC Que país aguenta Vcs acreditam em reformas? Falta sério Acorda Brasil! Translate Tweet Se o Bolsonaro defender a liberdade, a esquera vai atacar a liberdade individual, bando de acéfalos!!!

e argumenta que o caso “ultrapassa os assuntos internos do jornal” . O Antagonista , ‘se o bolsonarismo apropriou-se indevidamente de pautas que merecem ser questionadas, como as sanhas do politicamente correto e da visão identitária do mundo, isso não pode servir de pretexto para que se cancele a liberdade de expressão e a livre circulação de ideias’. É o que a esquerda brasileira faz diligentemente, aproveitando a oportunidade que o sociopata instalado no Palácio do Planalto lhe deu: todo o ideário que conflita com o dela passou a ser tachado de ‘bolsonarista’. É um epíteto concreto e, portanto, bem mais eficaz do que a tática tradicional — a de classificar genericamente todo e qualquer opositor ideológico de ‘extrema-direita’.” a íntegra da coluna; assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente. Notícias relacionadas: