Míssil russo atinge shopping ucraniano com 'mais de mil' pessoas dentro, diz Zelensky

27/06/2022 20:03:00

Segundo presidente, é 'impossível de imaginar' número de vítimas; ao menos dez mortes foram confirmadas

Jornaloglobo

💥 Míssil russo atinge shopping ucraniano com 'mais de mil' pessoas dentro, diz Zelensky Segundo presidente, é 'impossível de imaginar' número de vítimas; ao menos dez mortes foram confirmadas: JornalOGlobo

Segundo presidente, é 'impossível de imaginar' número de vítimas; ao menos dez mortes foram confirmadas

De acordo com Dmytro Lunin, governador da região de Poltava, onde fica Kremenchuk, há mais de 40 feridos após o ataque aéreo, ao menos nove deles gravemente. Imagens mostram o centro comercial pegando fogo, com grandes colunas de fumaça e caminhões dos bombeiros.

As operações de resgate, afirmou no Telegram Kyrylo Tymochenko, chefe-adjunto do Gabinete presidencial do país, continuam no shopping, que ocupa um espaço aproximado de 10 mil metros quadrados. Em uma mensagem postada no Facebook, Zelensky disse que o prédio "não representava nenhum risco para o Exército russo. Nenhum valor estratégico. Apenas a tentativa do povo viver uma vida normal":

Consulte Mais informação: Jornal O Globo »

Human Rights Watch diz que direitos indígenas estão sob ameaça grave no Brasil

Relatório cita invasão de terras indígenas e os assassinatos do indigenista Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips. Consulte Mais informação >>

Acho que tinha 100 mil pessoas Muito triste ver estas cenas pois a vinda de Jesus esta se aproximando Meu Deus do céu 😱 será que ninguém vai parar esse Putin 😱 A Otan deveria ajudar a Ucrânia e dar a resposta imediatamente a Rússia!!! O mundo está assistindo a brutalidade e ninguém faz nada meu Deus 😞

que que esse imbecil ta esperando pra fazer um tratado de paz? morrer toda a populacao. 💞💞💞💞💞🙏🏽 O que fazer se seu país está em guerra? 1- manter-se seguro 2- lutar contra o inimigo 3- ir ao shopping Notícia estranha 🤔 gente Putin criminoso . Rússia criminosa. StopPutin Hitler ataca de novo Até final do ano Ucrânia não existe mais!!!

Lançamento dá errado e míssil russo volta em efeito bumerangue na UcrâniaFamosa merda voltando pra bunda

Meu Deus do céu. GUERRA NA UCRÂNIA - Parece que os maiores preocupados com a guerra são: Zelensky que quer arrumar mais dinheiro e a UE que não sabe como ele vai pagar. Enquanto isso, os ucranianos vão às compras. Não estou falando de supermercado e sim de shopping. 'Diz Zelensky' um dos lados da guerra. Mas o que foi dito pelos russos?

Zé Lensky o drogado? Óbvio q a Rússia vai dizer foi a própria Ucrânia q lançou… duvida? O problema é “diz Zelensky” vai saber se não foi ele mesmo que fez isso Mais de mil pessoas dentro e o parque de estacionamento, sem carros. Que tipo de IMBECIL vai no shopping no meio de uma GUERRA? Chegou as primeiras imagens do lado de fora do shoping

Meu pai do céu tenha misericórdia dessas vidas ,até quando?😭

Lançamento dá errado e míssil russo volta em efeito bumerangue na UcrâniaBlogPageNFound é o efeito dessa guerra, que tá levando muitas vidas...,e demostrando o quanto ela e desnecessária BlogPageNFound kkkkk... Caaacete! Imagina se fosse um míssil nuclear. Puts, ia ser autodestruição contra a vontade.

Mil pessoas, 4 mísseis e 2 mortes? Os números não batem.

Vídeos e fotos mostram destruição após míssil atingir shopping na UcrâniaAutoridades estimam que mais de mil pessoas estavam no centro comercial no momento do ataque 😪😪😪😪 😡🤬 Óbvio q a Rússia vai dizer foi a própria Ucrânia q lançou… duvida?

Ataque com míssil em shopping ucraniano deixa mortos e feridos, dizem autoridadesDe acordo com o presidente ucraniano, mais de 1.000 pessoas estavam no local no momento do ataque O putin é um facínora, ladrão de terras e de trigo. Triste demais 😢 Na guerra a primeira coisa que morre é a verdade. A Ucrânia não está em guerra?porquê o shopping estava lotado?na pandemia ninguém poderia sair às ruas, em guerra pode?

Ataque russo em shopping deixa mortos na UcrâniaSegundo o presidente ucraniano, mais de mil pessoas estavam no shopping no momento da explosão g1 Daqui a pouco aparece alguém pra culpar o Bolsonaro povo irresponsável, país em guerra e eles no shopping, por que não estavam em casa? Quem vai pra um shopping no meio da guerra?

Ataque com míssil em shopping ucraniano deixa mortos e feridos, dizem autoridadesDe acordo com o presidente ucraniano, mais de 1.000 pessoas estavam no local no momento do ataque O putin é um facínora, ladrão de terras e de trigo. Triste demais 😢 Na guerra a primeira coisa que morre é a verdade. A Ucrânia não está em guerra?porquê o shopping estava lotado?na pandemia ninguém poderia sair às ruas, em guerra pode?

Um míssil atingiu um shopping na cidade de Kremenchuk, no centro da Ucrânia, nesta segunda-feira, deixando ao menos dez mortos e destruindo completamente o edifício.'Fogo amigo': falha no lançamento de míssil russo na Ucrânia Foto: Reprodução/Twitter O Exército da Rússia viveu um episódio bizarro de "fogo amigo" na guerra da Ucrânia.'Fogo amigo': falha no lançamento de míssil russo na Ucrânia Foto: Reprodução/Twitter O Exército da Rússia viveu um episódio bizarro de "fogo amigo" na guerra da Ucrânia.O míssil que atingiu um shopping center na cidade de Kremenchuk, na região de Poltava, na Ucrânia, nesta segunda-feira, deixou o local completamente destruído.

O presidente Volodymyr Zelensky, que credita o ataque à Rússia, disse que havia "mais de mil pessoas" no local no momento do impacto e que é "impossível imaginar" o número de vítimas. De acordo com Dmytro Lunin, governador da região de Poltava, onde fica Kremenchuk, há mais de 40 feridos após o ataque aéreo, ao menos nove deles gravemente. A região está sob ocupação de forças separatistas pró-Rússia e está na linha de frente da guerra na Ucrânia. Imagens mostram o centro comercial pegando fogo, com grandes colunas de fumaça e caminhões dos bombeiros. O episódio inusitado foi registrado na madrugada de sexta-feira (24/6), de acordo com fontes ucranianas. As operações de resgate, afirmou no Telegram Kyrylo Tymochenko, chefe-adjunto do Gabinete presidencial do país, continuam no shopping, que ocupa um espaço aproximado de 10 mil metros quadrados. O disparo visava a interceptar um avião da Ucrânia que se aproximava, contou reportagem do"Sun". Em uma mensagem postada no Facebook, Zelensky disse que o prédio "não representava nenhum risco para o Exército russo. Nenhum valor estratégico.

Nenhum valor estratégico... Apenas a tentativa do povo viver uma vida normal": "Os ocupantes dispararam um míssil contra um shopping onde havia mais de mil civis. O shopping está em chamas e as equipes de resgate combatem o fogo. O número de vítimas é impossível de imaginar", postou o presidente, junto com um vídeo. "É inútil esperar decência e humanidade da Rússia. Há chamas por todos os lados e até registros de pessoas sendo socorridas nos arredores do shopping.

Segundo Lunin, trata-se de um "crime de guerra" e um "crime contra a Humanidade", bem como um "ato de terror (...) cínico contra a população civil". Já Vitali Maletsky, prefeito da cidade que tinha 217 mil habitantes antes do conflito eclodir no dia 24 de fevereiro, afirmou que o míssil "atingiu um local muito movimentado sem qualquer relação com as hostilidades"..

"Há mortos e feridos. Mais detalhes chegarão", disse Maletsky, no Facebook. O Kremlin ainda não fez comentários sobre o ataque, mas nega mirar civis em suas "operação militar especial" — nome pelo qual chama a operação militar que completou quatro meses na última sexta. Kremenchuk é uma importante cidade industrial no centro do país, na região de Poltava, às margens do rio Dnipro, onde há um grande porto fluvial. É também lar da maior refinaria de petróleo do país, a Ukrtatnafta.

Ocupada pelos nazistas por mais de dois anos durante a Segunda Guerra Mundial, teve mais de 90% de seus prédios destruídos. Durante a Guerra Fria, abrigou forças estratégicas do Exército e mísseis balísticos intercontinentais. Ofensiva no Leste O ataque ao shopping vem um dia após ao menos 14 mísseis russos atingiram Kiev na madrugada de domingo. Um complexo de apartamentos foi atingido no bairro de Shevchenkivskyi, perto do centro da cidade, deixando ao menos um morto e seis feridos. No sábado, após semanas de duros combates, Severodonetsk foi "totalmente ocupada" pelo Exército russo.

A conquista da cidade estratégica, na bacia do Donbas, no Leste do país, abre caminho para que o Kremlin amplie seu domínio na região, que compreende os territórios de Donetsk e Luhansk. É uma das vitórias mais cruciais para o presidente Vladimir Putin desde que a invasão começou, há quatro meses. Seu papel é ainda maior desde que o Kremlin fez uma correção de rota, no fim de março: abandonou as grandes e frustradas ofensivas ao redor de Kiev, concentrando-se no Leste. Em Luhansk, a única cidade que ainda não está sob comando russo é Lysychansk. De acordo com o governo local, que faz um apelo para que os civis deixem a área, há bombardeios e ataques constantes no local.

Encontro do G7 O ataque ao prédio coincide também com o segundo e último dia do encontro do Grupo dos Sete (G7), grupo que reúne algumas das economias mais avançadas do mundo. Em uma participação convidada por videoconferência, Zelensky fez um apelo para que os mandatários "façam o máximo" para pôr um fim à invasão russa. Afirmou, porém, que "este não é o momento para negociações". As negociações estão paralisadas desde abril. Kiev, que inicialmente concordara em deixar a Península da Crimeia, anexada por Moscou em 2014, fora das negociações, e em dar autonomia às regiões onde atuam separatistas pró-Rússia em Donbass, mudou de posição depois de receber armamentos mais sofisticados do Ocidente.

O governo ucraniano crê que o plano do Kremlin é postergar o conflito até o inverno no Hemisfério Norte, que é bastante rigoroso na Ucrânia. Segundo Kiev, Moscou crê que o frio e a neve poderão facilitar novos ganhos territoriais. Além disso, as consequências na Europa da redução do envio de gás russo serão mais sentidas. A reunião do G7 vem em meio a uma maratona de cúpulas internacionais em que Kiev estará no centro dos debates. No final da semana passada, os líderes da União Europeia se reuniram e confirmaram que os ucranianos tornaram-se candidatos à adesão ao bloco.

Já entre os dias 28 e 30, os chefes dos países-membros da Otan se reunirão em Madri para discutir o maior reforço militar desde a Guerra Fria. .