Líderes na Câmara definem como governadores e prefeitos vão usar dinheiro de megaleilão - Economia - Estadão

Líderes na Câmara definem como governadores e prefeitos vão usar dinheiro de megaleilão

10/10/2019 09:30:00

Líderes na Câmara definem como governadores e prefeitos vão usar dinheiro de megaleilão

A proposta é que os municípios possam usar o dinheiro para cobrir o rombo previdenciário ou investimentos; Estados terão de usar a verba obrigatoriamente para os dois temas

- títulos de dívidas do poder público reconhecidas pela Justiça. Quando alguém ganha um processo na Justiça contra um ente público e tem valores a receber, recebe um precatório e entra na fila do pagamento. Só depois de quitar essas duas contas, prefeitos e governadores poderiam fazer uso da verba para investimentos.

Avó de Michelle Bolsonaro morre em hospital público do DF por Covid-19 SP vai receber 15 milhões de doses da vacina chinesa contra Covid-19 já no fim de 2020, diz diretor do Butantan Jovem morre afogado em SP após família achar que ele apenas 'fingia'

Depois da reunião de líderes, a nova proposta será determinar que municípios possam usar o dinheiro para cobrir o rombo previdenciário ou para investimentos, sem priorizar nenhuma das duas necessariamente. Já os Estados terão de usar a verba obrigatoriamente para os dois temas, sem um porcentual definido para cada uma delas. O pagamento de precatórios deve ficar de fora da lista.

Segundo o deputado Silvio Costa Filho (Republicanos-PE),  esse acordo foi fechado há pouco pelo presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e que, com isso, o projeto de lei deverá ser votado ainda nesta noite.O impasse, neste momento, não é mais sobre os critérios de divisão dos recursos, mas sobre o uso do dinheiro.

Pela partilha acordada, Estados terão direito a 15% dos recursos (R$ 10,95 bilhões) do bônus que as empresas vencedoras do megaleilão precisam pagar, depois do abatimento de R$ 33,6 bilhões à Petrobras pelos investimentos já feitos. Outros 15% R$ (R$ 10,95 bilhões) serão repassados para municípios, de acordo com os critérios do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O restante dos recursos, R$ 49 bilhões, vão para a União.

A distribuição para os Estados será feita respeitando um cálculo misto: dois terços de acordo com os critérios do Fundo de Participação dos Estados (FPE) - que beneficiam mais Norte e Nordeste - e um terço seguindo as regras do Fundo de Exportação (FEX) e da

Lei Kandir- que beneficiam Estados exportadores. Para o Rio, o cálculo é diferente: 3% do total do bolo mais uma parte da fatia a ser distribuída com base no FEX e na Lei Kandir.A partilha anterior, aprovada pelo Senado, mas rejeitada pelos deputados, beneficiava mais o Norte e o Nordeste.

Consulte Mais informação: Estadão »

usem-no para dar ao povo melhoria de vida na saúde, na educação e na moradia kkkk não queiram este dinheiro para vocês mesmos tá vadios kkk

Câmara e Senado negociam partilha de recursos do megaleilão e votação a jato - Economia - EstadãoA ideia é que, se houver acordo, o novo texto seja votado até na próxima terça-feira, 15, por deputados e senadores, com maioria simples Cadê o Queiroz, cachorrada.... Quem mandou o amigo do bolsonaro matar Marielle? Parlamentares irresponsáveis. Votem a Reforma da Previdência. Previdência nada né gordos do caralho

Câmara Municipal de Nova York estuda lei para proibir o foie gras - Internacional - EstadãoPaíses como Grã-Bretanha, Israel e Índia já proibiram a venda ou a produção da iguaria nytimes Concordo nytimes mais que certa nytimes Deixamos de consumir esse alimento a 10 anos atrás após as denuncias de maus tratos contra os gansos Deixamos de consumir pato no tucupi também

Impeachment: Câmara intima Pentágono a enviar documentos - Internacional - EstadãoDemocratas aceleram processo de impeachment e exigem mais informações sobre conversa entre Trump e presidente da Ucrânia fox esporte

Câmara aprova rateio de parte dos recursos de leilão do pré-salFoi definida a divisão da chamada cessão onerosa, que trata da exploração dos excedentes de barris de petróleo na área que será leiloada em 6 de novembro Agora quando fala em rateio sabe que interessa a esse maloqueiros.😡😡😡 Lobo os políticos, pica pau o povo.

Câmara e Senado negociam partilha de recursos do megaleilão e votação a jato - Economia - EstadãoA ideia é que, se houver acordo, o novo texto seja votado até na próxima terça-feira, 15, por deputados e senadores, com maioria simples Cadê o Queiroz, cachorrada.... Quem mandou o amigo do bolsonaro matar Marielle? Parlamentares irresponsáveis. Votem a Reforma da Previdência. Previdência nada né gordos do caralho

Vivara arrecada R$ 2,3 bilhões em abertura de capital na B3 - Economia - EstadãoDa movimentação total, R$ 453,5 milhões serão utilizados para a expansão da rede, que atualmente tem 2,3 mil pontos de venda