Justiça concede licença paternidade de 180 dias a homem que adotou criança sozinho

25/01/2022 05:41:00

Justiça concede licença paternidade de 180 dias a homem que adotou criança sozinho

de 30 para 180 diasO militar entrou com ação contra ato do Comandante-Geral doCom isso, apresentou a documentação necessária à instituição para formalizar a solicitação da licença paternidade/adotante de 180 dias, que acabou sendo

Em primeira instância foi concedida a licença de 180 dias. Notratamento igualitárioNa decisão, a desembargadora relatora ressaltou que aO colegiado reforçou que o objetivo da prorrogação da licença paternidade é o

Consulte Mais informação:
Jornal Extra »

As novas especulações sobre o anúncio do ministério de Lula | Clarissa Oliveira

Conversas sobre escolha dos integrantes da Esplanada e chegada do presidente eleito a Brasília são temas do Giro VEJA Consulte Mais informação >>

Pqp. E esse 'sozinho' tem que trabalhar todos os dias. E a criança adotada(menina ou menino) fica com quem? É o fim do mundo. Desconfio do concurso q aprovou esse q se diz juiz. Deveria haver punição severa pra esse tipo de juiz e anular seu concurso. Vai trabalhar... Justíssimo. Nem deveria ser necessário entrar com uma ação pra se ter esse direito.

Com certeza funcionário público de alto cargo