Juiz condena onze por corrupção, lavagem e organização criminosa na Operação Raio X contra desvios da Saúde

@fausto_macedo Juiz condena onze por corrupção, lavagem e organização criminosa na Operação Raio X contra desvios da Saúde

03/12/2021 22:40:00

fausto_macedo Juiz condena onze por corrupção, lavagem e organização criminosa na Operação Raio X contra desvios da Saúde

Penas estabelecidas vão até 9 anos, 7 meses e 15 dias de reclusão; sentença trata de contrato para gestão do Pronto Socorro

03 de dezembro de 2021 | 16h20A Justiça de São Paulo condenou onze pessoas denunciadas naOperação Raio X, que investigou desvios em contratos firmados entre prefeituras e organizações sociais na área da Saúde.  As penas por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e participação em organização criminosa ultrapassam nove anos de prisão.

Documento   PDFA operação conjunta do Ministério Público de São Paulo e da Polícia Civil do Estado foi aberta em setembro do ano passado, em meio à pandemia da covid-19. Os órgãos de investigação apontaram contratos superfaturados e cobranças por serviços não prestados. As irregularidades foram verificadas em 27 cidades do Pará, Paraíba, Paraná e São Paulo.

A sentença é do juiz Marcelo Yukio Misaka, da 1.ª Vara de Penápolis, e trata especificamente do contrato para gestão do Pronto Socorro de Penápolis, município localizado a 40 quilômetros da capital paulista, na região noroeste do Estado. headtopics.com

Moro busca apoio da Igreja Católica e se reúne com Dom Odilo Scherer - Política - Estadão

“A organização criminosa em tela não foi criada exclusivamente para a prática de infrações penais. Ao mesmo tempo em que ela era utilizada para praticar desvios de verbas públicas a partir de alguns contratos, (…) havia também outros contratos nos quais não havia desvio de verbas e o serviço era prestado regularmente e/ou os produtos entregues em conformidade com a legislação”, diz um trecho da decisão.

Denúncia acusou irregularidades em contratos para o Pronto Socorro de Penápolis. Foto: Divulagção/PrefeituraA denúncia dividiu o grupo em seis núcleos: político, formado por agentes públicos; empresarial, que firmava os contratos com as organizações sociais; jurídico, que viabilizava as contratações com ‘produção encomendada’ de leis e decretos; chefia, formado por funcionários que recolhiam o lucro e faziam depósitos e saques em contas de laranjas; administrativo, que gerenciava o fluxo financeiro e cuidava da prestação de contas perante os órgãos de fiscalização; e lavagem de dinheiro.

Entre os condenados está o ex-vereador José Antônio Ferres Chacon e o médico Cleuer Jacob Moretto, apontado como liderança do suposto esquema.Há outras ações derivadas da Operação Raio X em curso na Justiça estadual e também na Justiça Federal. A investigação foi desmembrada em razão do volume de provas colhidas e de contratos distintos sob suspeita. Uma das frentes atingiu o governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), que

‘Eu achava que ia morrer’, diz Fernanda, espancada pelo ex

. O governador sempre negou enfaticamente envolvimento com esquemas ilícitos.COM A PALAVRA, OS CITADOS A reportagem busca contato com a defesa dos citados. O espaço está aberto para manifestação.Destaques em

Consulte Mais informação: Estadão »

CBN Em Foco - 28/01/2022 - Os novos embates de Bolsonaro e a politização dos jovens

No CBN Em Foco, você acompanha uma análise aprofundada dos temas que dominam o noticiário. Um programa que tem a proposta de separar os fatos da espuma. Hoje... Consulte Mais informação >>

OMS diz que Ômicron é 'bastante infecciosa', mas não deve haver pânico - CartaCapitalA cientista-chefe da Organização Mundial da Saúde (OMS), Soumya Swaminathan, disse que a nova variante Ômicron do coronavírus é muito transmissível, mas Não sabem ainda nem se é mais ou menos transmissível que a delta. E o artifício de usar duas dúzias ao invés de 24 foi boa para ajudar a manter a sensação de desespero do brasileiro. Ainda não acabou. Todo cuidado é pouco!

Operação da PF mira PCC por tráfico de cocaína da Bolívia para o Brasil | MaquiavelCorporação cumpre 15 mandados de prisão preventiva e 30 mandados de busca em oito estados Vão colocar na conta do Lula porque tem 'PT' na lateral. Vai vendo, Brasil. E o STF solta👍 Segue o baile.

Bolsonaro ataca Moro e chama ex-ministro de ‘mentiroso, palhaço e sem caráter’  - Política - EstadãoEm live, presidente diz que ex-juiz da Lava Jato, rival nas eleições de 2022, deixou o governo ‘pela porta dos fundos’ Politica Falou o cara que se elegeu prometendo acabar com a corrupção e hoje interfere em todas as instituições pra livrar a cara dos filhos corruptos Dor de cotovelo é foda, viu... Politica Politica Rinha da extrema-direita? Gostamos.

Edir Macedo perde processo contra donos de sebo por placa na porta - BBC News BrasilJustiça negou pedido de indenização de R$ 25 mil feito por líder religioso por aviso na porta da loja que dizia: 'se você não acha que obras de Edir Macedo envergonham a humanidade, entre!' Sigam o dono do sebo: escrevendo Coisa linda, me representa! kkkkkkk amamos ver

Brasil tem 63,36% da população totalmente imunizada contra a covid-19 - Saúde - EstadãoBahia, Santa Catarina, Alagoas e Mato Grosso não atualizaram dados da vacinação; número de habitantes com ao menos uma dose de vacina chegou a mais de 159 milhões É pouco! Vamos, pessoal!

Ômicron: tecnologia da Coronavac favorece proteção contra variante, diz vice-diretora do Butantan - Saúde - EstadãoImunizante utiliza vírus inativado, que reconhece todas as partes do Sars-Cov-2, e tem mais chances de manter eficácia; Anvisa exigiu que fabricantes façam novos testes em produtos Tomara que o governo mude de ideia e compre a coronavac Coronavac é segura e eficaz em jovens de 3 a 17 anos, diz Instituto Butantan XeuleBot