Idosa morre após se engasgar com pão de queijo, em Anápolis

Idosa morre após se engasgar com pão de queijo em Goiás #G1

28/11/2020 03:30:00

Idosa morre após se engasgar com pão de queijo em Goiás G1

Segundo a PM, ela passou mal com o alimento e faleceu antes mesmo da chegada do socorro. Sobrinho presenciou acidente e pediu ajuda.

Uma mulher de 84 anos morreu após se engasgar com um pão de queijo na quinta-feira (26), em Anápolis, a 55 km de Goiânia. À polícia, o sobrinho de Aureslinda Ribeiro relatou que a tia estava lanchando e passou mal ao comer o alimento.

Após perder mãe para a Covid-19, morador de Guariba faz faixa em defesa da vacina: 'Não escolha a morte' Como ‘Bum bum tam tam’ envolveu o Brasil, da flauta de Bach ao hino da vacina Cidades registram manifestações pela vacina e contra Bolsonaro

O acidente aconteceu na casa da idosa, no Setor Sul 1ª etapa. De acordo com o depoimento do sobrinho, ele pediu ajuda aos vizinhos, que chamaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).Segundo informações da Polícia Militar, o Samu foi acionado, mas, ao chegar ao local, Aureslinda já havia falecido. A PM também esteve no local para confirmar a morte, inicialmente classificada como acidental.

O G1 tentou contato, por telefone, com o Samu de Anápolis nesta sexta-feira (27), às 10h19 e às 10h32, para obter mais informações sobre o caso, mas as ligações não foram atendidas até a última atualização desta reportagem. headtopics.com

O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Anápolis. A reportagem solicitou à assessoria da Polícia Técnico-Científica informações sobre a causa da morte e se o corpo já foi retirado pela família, e aguarda retorno.

Veja outras notícias da região no G1 Goiás.VÍDEOS: últimas notícias de Goiás Consulte Mais informação: G1 »

Veja a reação de idosa ao saber que seria a primeira moradora do Rio vacinada contra a Covid-19

Terezinha da Conceição chorou e deu um breve abraço na cuidadora. Técnica de enfermagem que também recebeu a vacina deixa recado: 'É só com a vacina mesmo é que a gente vai lentamente conseguir vencer essa doença'.