Geofísicos confirmam a existência de placa tectônica ancestral

A Resurrection está hoje debaixo do que é a costa da América do Norte

24/10/2020 03:30:00

A Resurrection está hoje debaixo do que é a costa da América do Norte; saiba mais! tecmundo

A Resurrection está hoje debaixo do que é a costa da América do Norte

0 ComentáriosO trocadilho é inevitável: dois geólogos da Universidade de Houston encontraram, usando tecnologia de mapeamento 3D, evidências que mostram que a Resurrection (Ressurreição) — uma ancestral placa tectônica no que hoje é a costa da América do Norte voltada para o oceano Pacífico — realmente existiu.

Manifestação pede justiça por João Alberto em frente a unidade do Carrefour em Porto Alegre Morre Francisco Camargo, pai dos sertanejos Zezé e Luciano Pesquisa Datafolha para 2º turno em São Paulo: Bruno Covas, 48%; Guilherme Boulos, 40%

A leste de onde é hoje o Alasca, medições detectaram a presença de grandes quantidades de magma, o que pode ser a consequência de intensa atividade vulcânica na região. Por isso, enquanto alguns geofísicos punham em dúvida a existência de uma terceira placa tectônica na região, além das já conhecidas Kula e a Farallon, outros argumentavam que faltava uma peça no quebra-cabeça.

Para estes, a hipótese é que, como as outras, ela subduziu – moveu-se para baixo do manto terrestre, às margens do oceano Pacífico, entre 40 milhões e 60 milhões de anos atrás. Na imagem abaixo, a Resurrection estaria entre as placas Kula e Farallon, tendo sido empurrada para debaixo do que hoje é a América do Norte pela Placa do Pacífico.

Your browser does not support HTML5 video."Os vulcões se formam nos limites das placas; quanto mais placas existem, consequentemente teremos mais vulcões, cuja atividade também afeta as mudanças climáticas. Portanto, para modelar a própria Terra para entender como o clima mudou, é preciso saber quantos vulcões havia no planeta", disse o geólogo Jonny Wu, autor do estudo, publicado agora no jornal

GSA Bulletin, juntamente com o aluno de doutorado Spencer Fuston.Desdobrando o passadoPara descobrir se a Resurrection existiu ou não, foi usada uma técnica 3D desenvolvida pelo UH Center for Tectonics and Tomography, chamadaslab unfolding(desdobramento de placa) para refazer o cenário geológico há 60 milhões de anos, reconstruindo a maneira como as placas tectônicas no oceano Pacífico se posicionavam no início da Era Cenozoica.

À época, a litosfera (camada rígida e mais externa da crista terrestre) à borda do Pacífico na América do Norte era dividida em placas tectônicas Kula e Farallon. A questão era se uma terceira placa, a hipotética Resurrection, formava um cinturão vulcânico ao longo do Alasca e do estado de Washington.

Your browser does not support HTML5 video.Para encontrar a Resurrection, os geólogos precisaram voltar no tempo, usando o modelo computacional que reverteu o movimento das placas tectônicas até o início do Cenozoico, há 65 milhões de anos. Ao fazer isso, conseguiram “desdobrar” a crosta terrestre, virtualmente trazendo as placas de volta à superfície.

Carreta roubada há 10 anos em São Paulo é recuperada pela PRF em Porangatu Covas tem 55% e Boulos 45% no 2º turno, aponta pesquisa - Política - Estadão Geradores são instalados em área residencial no Amapá, e barulho incomoda moradores: 'É perturbador'

Ao fazerem isso, descobriram que uma terceira placa tectônica realmente se encaixava no quadro, mostrando que a Resurrection fez parte da crosta terrestre e hoje se encontra embaixo da costa ao norte do Canadá.“Depois que a 'elevamos' de volta à superfície da Terra, pudemos ver que os limites dessa antiga placa tectônica combinam com a localização de antigos cinturões vulcânicos ativos ao longo dos estados de Washington e Alasca, fornecendo o elo há muito procurado entre os registros geológicos do antigo oceano Pacífico e da América do Norte", disse Wu.

Consulte Mais informação: TecMundo »

Porto Alegre: Candidato termina debate drive-in cantando música do He-Man

O candidato do Pros à prefeitura de Porto Alegre, Rodrigo Maroni (PROS), protagonizou um novo momento inusitado em debates das eleições municipais deste

Agricultor de SC instala placa em protesto para proibir entrada de políticos em propriedadeAgricultor instala placa contra entrada de políticos em propriedade de SC: 'Só nos visitam quando tem eleições. Depois eles esquecem e não voltam mais' G1 e tá errado? Orgulho de SC! GENTE PF ASSISTAM E CURTAM ESSE VÍDEO É SOBRE DEPRESSÃO

França ultrapassa marca de 1 milhão de casos de Covid-19Com mais de 42 mil novos registros nas últimas 24 horas, total chegou a 1.041.075, segundo agência de saúde pública. Itália bateu novamente nesta sexta-feira (23) seu recorde diário de maior número de casos desde o início da pandemia. TuDo CuLpA dO mAcRoN Chupa, França. Vcs têm a copa do mundo mais recente, mas nós já tínhamos esse prêmio de + 1 Milhão há meses. Aqui nóis é primeiro lugar nas tragédias 🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷 Triste,hein?😔 Mas lá é primeiro mundo. Vão tomar as medidas necessárias para conterem a situação.🙏

Funcionários de rede de franquias tatuam meta de novas lojas no interior de SPGrupo tatuou '300' em referência à meta de abrir 300 unidades no Brasil. Postagem com a imagem da tatuagem repercutiu na internet e empresa rebate críticas alegando que não influenciou trabalhadores. “Fala 300” Fala 300 fala 300 Patético.

Espanha ultrapassa marca de 1 milhão de casos de covid-19 - Internacional - EstadãoPaís é o primeiro na UE e o sexto em todo o mundo a atingir a marca; autoridades falam em bloqueios mais rígidos Inter Bolsonaro tem razão .... Inter Já pensou a surra que o presidente espanhol levaria se dissesse ao povo que NÃO ia comprar vacina? _' Inter FiqueEmCasa 🤡

Chefe de gabinete de Bolsonaro assume área jurídica do Planalto no lugar de Jorge Oliveira - Política - EstadãoEstadaoPolitica Chefe de gabinete de Bolsonaro assume área jurídica do Planalto no lugar de Jorge Oliveira Politica ACABOU A MAMATA.

Do Marcelo: Guerra da vacina e fim de auxílio ameaçam prestígio de BolsonaroO presidente Jair Bolsonaro melhorou sua aprovação nos dois últimos meses impulsionado por dois fatores: o pagamento do auxílio emergencial e a redução brpolitico A cara de doente. brpolitico 🤣🤣🤣🤣 brpolitico