Força aérea de Israel realiza novos bombardeios na Faixa de Gaza - ISTOÉ Independente

Trata-se da segunda série de bombardeios israelenses nesta semana em Gaza. O exército israelense afirmou que seus alvos estavam situados na cidade de Gaza e em Khan Yunes, no sul do enclave, submetido a um bloqueio israelense há quase 15 anos.

18/06/2021 08:10:00

Trata-se da segunda série de bombardeios israelenses nesta semana em Gaza. O exército israelense afirmou que seus alvos estavam situados na cidade de Gaza e em Khan Yunes, no sul do enclave, submetido a um bloqueio israelense há quase 15 anos.

A força aérea israelense realizou bombardeios na Faixa de Gaza entre a noite de quinta-feira e o início da manhã de sexta-feira, depois que militantes palestinos lançaram balões incendiários no sul de Israel, informaram o exército e jornalistas da AFP. + Câmera flagra vulto rondando berço de crianças + Bombeiro encontra filha morta ao atender […]

– Exército preparado –Os ataques desta semana em Gaza são os primeiros sob o novo governo israelense, liderado por Naftali Bennett, cuja coalizão ideologicamente desigual substituiu o ex-primeiro-ministro Benjamin Netanyahu no domingo.O comandante do exército, general Aviv Kohavi, pediu ao seu estado-maior que “aumente a prontidão do exército” para uma “série de cenários”, incluindo “a retomada das hostilidades” após o conflito mais recente, que custou a vida de 260 palestinos – entre os quais crianças e adolescentes – e 13 pessoas em Israel, incluindo um menino, uma adolescente e um soldado.

Juliette anuncia primeiro projeto com canções inéditas da carreira musical: 'Emoção gigante' Fux cancela reunião com chefe dos poderes e manda recado a Bolsonaro | Radar Câmara aprova texto-base do projeto que viabiliza a privatização dos Correios

As forças armadas de Israel “continuarão a atacar alvos militares e infraestruturas pertencentes à organização terrorista, e responsabiliza o Hamas por todos os eventos que ocorrerem na Faixa de Gaza”, frisou o exército no comunicado.

O secretário de Estado americano, Antony Blinken, revelou ter conversado com o ministro israelense de Relações Exteriores, Yair Lapid, para oferecer apoio.“Discutimos o compromisso firme dos Estados Unidos com a segurança de Israel, nossa relação bilateral e os desafios adiante”, tuitou Blinken após os ataques. headtopics.com

Blinken e Lapid também abordaram “a necessidade de melhorar as relações entre israelenses e palestinos de maneira prática”, concluiu o porta-voz do Departamento de Estado, Ned Price, em outra declaração.O Egito, enquanto isso, tenta consolidar o frágil cessar-fogo que permitiu suspender a guerra relâmpago de maio.

O Cairo e a ONU esperam apoiar a reconstrução de Gaza após o conflito que deixou prédios residenciais e infraestruturas completamente destruídos.O chefe militar israelense Kohavi tem prevista uma viagem aos Estados Unidos neste sábado para uma série de reuniões ao longo de seis dias.

Kohavi visitará o Comando Central (Centcom) das forças armadas norte-americanas, na Flórida, onde discutirá sobre o Hamas e o Irã, arquiinimigo de Israel, além do movimento xiita Hezbollah, apoiado por Teerã.O chefe militar israelense debaterá “desafios comuns de segurança”, de acordo com uma nota do exército, incluindo questões “relacionadas à ameaça nuclear iraniana, a consolidação do Irã no Oriente Médio e os esforços de fortalecimento do Hezbollah”.

Consulte Mais informação: Revista ISTOÉ »

Israel faz ataque aéreo sobre Gaza após ser alvo de balões incendiáriosAtaques foram os primeiros desde 21 de maio, quando uma trégua colocou fim a uma escalada de violência de 11 dias que deixou mais de 260 mortos Fico perplexo com a imprensa no Brasil, uma CPI da saúde, para investigar desvios na saúde, comandada por Aziz, investigado por desvios na saúde, tendo como relator Renan, corrupto prontuário ambulante e o Múmia da Odebrecht está tudo certo, o escândalo é Pazuello valha-nos Deus.

Novo Governo de Israel lança primeiro ataque a Gaza desde o início do cessar-fogoAviação bombardeia posições do Hamas em represália pelo uso de balões incendiários vindos do território palestino

Israel atinge alvos em Gaza pela segunda vez desde cessar-fogo  - Internacional - EstadãoAção seria uma resposta ao lançamento de balões carregados de explosivos feito do enclave controlado pelo Hamas ao longo do dia contra o sul de Israel mendlowicz Inter Jornaleco.. nem pra falar q tacaram fogo em israel.. pura desinformacao Inter Longa vida ao estado de Israel. paz :D Inter Terroristas atacam Gaza. Esse é o título verdadeiro

Israel ataca Gaza pela 2ª vez na semana em resposta a balões incendiáriosBombardeios iniciados na madrugada de quarta-feira e retomados nesta quinta foram os primeiros desde entrada em vigor de trégua, em 21 de maio toda ação tem uma reação

Israel volta a atacar posições do Hamas na Faixa de Gaza, diz exército; sirenes soam no sul israelensePalestinos atiraram balões incendiários para o território israelense. Confrontos após cessar-fogo colocam desafio para nova coalizão que governa Israel.

Israel x Gaza: o que explica nova troca de hostilidades três semanas após cessar-fogo - BBC News BrasilNa terça, jovens israelenses nacionalistas cantaram e agitaram bandeiras em frente à entrada principal do Bairro Muçulmano, em Jerusalém um novo governo também facista. Cantam canções de ódio. Melhor do que lançar balão incendiário. Não é a toa que os sionistas foram tão amiguinhos dos nazistas!