Fabricantes de vacinas contra covid aprovadas no Brasil não vão negociar com setor privado - Saúde - Estadão

Fabricantes de vacinas contra covid aprovadas no Brasil não vão negociar com setor privado

3 horas atrás

Fabricantes de vacinas contra covid aprovadas no Brasil não vão negociar com setor privado

Projeto de lei aprovado na Câmara prevê liberação da compra do imunizante contra o novo coronavírus, mas ainda precisa passar pelo Senado e a sanção presidencial

“Neste momento, o fornecimento será exclusivo para o governo federal, por meio do Programa Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a COVID-19”, aponta. Ela destacou, ainda, que não autoriza nenhuma pessoa física ou empresa a negociar em nome da Janssen com qualquer ente público ou privado. 

Mendonça defende abertura de igrejas e templos e diz que cristãos 'estão dispostos a morrer pela liberdade' Bolsonaro compara Covid-19 com HIV: 'Era voltado a uma classe com comportamentos sexuais diferenciados' - CartaCapital Em SC, Bolsonaro dobra a aposta em remédios ineficazes e evoca o PT: 'Imagine se aqui estivesse o Haddad'

A Pfizer e a BioNTech, também por meio de nota, afirmaram entender que o imunizante contra a covid-19 deve ser fornecido à população em geral e, por isso, está comprometida a “trabalhar em colaboração com os governos em todo o mundo para que a vacina seja uma opção na luta contra a

pandemia, como parte dos programas nacionais de imunização”. “Com base no acordo firmado e na disponibilidade de doses alocadas para o Brasil, neste momento não temos como dar andamento a uma negociação de fornecimento para empresas privadas”, completou. headtopics.com

Já o comunicado da Fiocruz diz que toda a produção própria é destinada exclusivamente ao Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde. O Butantan, por sua vez, também destacou que “trabalha para atender à demanda da rede pública de saúde”.

Nesta quarta-feira, odiretor adjunto da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), Jarbas Barbosa, declarou que a vacinação contra a covid-19 deve ser uma política pública, liderada pelos ministérios da Saúde locais. Ele também afirmou, em coletiva de imprensa, que uma possível permissão de venda do imunizante ao setor privado neste momento, em que há escassez do produto no mercado, ampliaria as desigualdades.

Consulte Mais informação: Estadão »

Suscríbete a los hechos | Suscripciones EL PAÍS

Para ser parte de lo que ocurre a tu alrededor es imprescindible conocer los hechos.Suscríbete y accede a información de calidad, con análisis y contexto.

CoronaVip |Todo mundo sabe que esse projeto foi aprovado unica e exclusivamente para beneficiar a Sputinik, que é a única que aceita vender no privado e que não tem aprovação da Anvisa. amém Quem perde nessa guerra é o povo, que já pagou pela vacina, com impostos, e fica dependendo do estado. Todos que são contra, podem assumir essa conta!

Eitaaa 😳😳😳 Isto todo mundo já sabia, até pq nao tem vacina no mercado. Vocês da mídia que criam o maior alvoroço pra um negócio que nao ia mudar nada. Prq a depender da camaradeputados o povo esta perdido E se acha que o Queiroga não vai ser laranja? Certíssimas! CoronaVip é uma vergonha MUNDIAL XeuleBot

O povão vai ficar chupando o dedo, enquanto os ricos e empresários tomam a vacina e vão curtir a Vida. O Brasil não é para amadores.