Ex-presidente argentino Mauricio Macri vira réu por suposta espionagem ilegal

Um juiz o considera responsável por monitorar os parentes das vítimas do ARA San Juan, o submarino afundado em 2017 com 44 tripulantes a bordo

02/12/2021 02:31:00

Um juiz considera Macri responsável por monitorar os parentes das vítimas do ARA San Juan, o submarino afundado em 2017 com 44 tripulantes. “As práticas ilegais nos levam de volta aos tempos mais sombrios”, disse o magistrado, referindo-se à ditadura

Um juiz o considera responsável por monitorar os parentes das vítimas do ARA San Juan, o submarino afundado em 2017 com 44 tripulantes a bordo

, acidente que na época produziu grande convulsão política na Argentina. O juiz também sancionou Macri em 100 milhões de pesos (cerca de 950.000 dólares no câmbio oficial, ou 5,4 milhões de reais) e o proibiu de deixar o país. Este é o primeiro processo judicial contra Macri desde que deixou o poder, em dezembro de 2019. E o encontra fora do país, no Chile, onde viajou para visitar o presidente e amigo Sebastián Piñera e dar seu apoio ao candidato da extrema direita por La Moneda,

José Antonio Kast.O indiciamento é a etapa anterior ao julgamento. Macri, no entanto, pode solicitar novas evidências e atrasar a instância final por meses. O impacto foi imediato. O ex-presidente sempre se considerou vítima de perseguições políticas. Foi o que disse ao juiz há um mês, quando apresentou um documento em que considerava a sentença decidida. Macri considerou o juiz “incompetente e tendencioso” e o acusou de apressar seu interrogatório para processá-lo antes de 14 de novembro, quando a Argentina estava realizando

eleições legislativas de meio de mandato cruciais. “Você me forçou a depor em um inquérito no meio do processo eleitoral para fins repreensivelmente políticos”, disse Macri ao juiz federal Martín Bava. A data prevista pelo ex-presidente não foi cumprida, mas a declaração de Macri fez parte da campanha eleitoral da oposição, que acabou vencendo essas eleições. O magistrado emitiu agora uma decisão de dureza pouco habitual. headtopics.com

'Um dos maiores pensadores da história', diz Bolsonaro sobre Olavo de Carvalho - ISTOÉ Independente

“As práticas ilegais que são veiculadas nesta resolução nos levam de volta aos tempos mais sombrios do nosso país”, disse o magistrado, referindo-se à ditadura. Ele acusa Macri e a Agência Federal de Inteligência (AFI) de “restaurar institucionalmente uma série de práticas ilegais que se acreditava terem sido erradicadas, muito semelhantes às da época”. Para o juiz, está comprovada a participação do ex-presidente em “tarefas de espionagem proibidas por lei” para “obter dados pessoais e informações de parentes e pessoas próximas dos tripulantes do submarino ARA San Juan”. “Em que ponto essa comunidade de homens e mulheres, socialmente reconhecida como o ideal da abnegação, se tornou uma disfunção do sistema, uma ameaça à ordem social?”, questiona Bava em sua decisão.

Consulte Mais informação: EL PAÍS Brasil »

A sanção do Orçamento e as prioridades de Bolsonaro | Clarissa Oliveira

Orçamento deste ano e investigações do TCU sobre os ganhos do ex-ministro Sergio Moro são os temas do Giro VEJA desta segunda Consulte Mais informação >>

Deixem a sua risada 🤣😃 Bolsonaro também vai incorrer em coisa parecida, assim como Moro, e todos os traidores nacionais. o sangue da ditadura ainda corre nas veias de muita gente, inclusive em muitos aqui no Brasil.

‘É um passo para um homem e um salto para os evangélicos’, diz Mendonça | RadarEx-ministro da Justiça e ex-advogado-geral da União, André Mendonça é o segundo indicação de Jair Bolsonaro ao STF radaronline Pertencer a Suprema Corte no Brasil tem ter q ter representação religiosa? radaronline Quem deixou essa raça entrar lá? Já exploram o povo e agora no governo. radaronline O infeliz ainda plageia um astronauta famoso🤢🤢🤮🤮🤮

Argentina: Macri é processado por espionagem contra familiares de vítimas de naufrágioO 'ARA San Juan', um TR-1700 de fabricação alemã com 66 metros de comprimento, desapareceu em novembro de 2017 com 44 pessoas a bordo

'Um flanelinha no Leblon ganha três, quatro mil reais por mês', diz ministroEm evento com colegas do governo, Rogério Marinho criticou repercussão negativa sobre aumento da informalidade: 'Não é nenhuma novidade' Reforma da previdência, redução do pedágio na dutra, novas estradas e reformas das abandonadas, MP das startups, marco do saneamento, agua chegando ao Nordeste e tudo isso sem um único caso de corrupção até hoje né hipócrita 😂😂🤣🤣🤣😂😂😂🤣🤣 Bosal. Tinha que ser um BolsoAnta! 🤡🐴🤮

Como a ausência de um gene levou cientistas sul-africanos a descobrir a Ômicron - Saúde - EstadãoAnomalias que fizeram cientistas descobrir variante Ômicron do coronavírus foram detectadas por laboratório da África do Sul. País afirma que tem sido penalizado globalmente

Novos casos de Covid dobram na África do Sul em um diaForam registrados 8.561 casos na quarta-feira, contra 4.373 no dia anterior, de acordo com estatísticas oficiais. Taxa de positividade nos testes foi de 16,5%, enquanto no início de novembro era de apenas 1%; especialistas dizem que é cedo para ter certeza se culpa é da variante ômicron, mas é muito possível. E os pandeminions vibrammm 🎉 Vai começar tudo de novo! Pra alegria dos coronalovers

Argentina: Macri é processado por espionagem contra familiares de vítimas de naufrágioO 'ARA San Juan', um TR-1700 de fabricação alemã com 66 metros de comprimento, desapareceu em novembro de 2017 com 44 pessoas a bordo