Espanha supera os 4.000 mortos pelo coronavírus - ISTOÉ Independente

O ministério da Saúde do país relatou 655 novos mortos

3/26/2020

O ministério da Saúde do país relatou 655 novos mortos

A pandemia de coronavírus superou nesta quinta-feira (26) os 4.000 mortos na Espanha, onde as autoridades esperam estar chegando ao limite de casos, em um país com muitos hospitais sobrecarregados pelo fluxo de pacientes. No seu balanço diário, o ministério da Saúde relatou 655 novos mortos, o que eleva o total a 4.089, a metade …

Espanha supera os 4.000 mortos pelo coronavírus Soldado espanhol caminha entre as camas do hospital para pessoas em situação de vulnerabilidade, em Barcelona - AFP AFP 26/03/20 - 13h13 - Atualizado em 26/03/20 - 15h08 A pandemia de coronavírus superou nesta quinta-feira (26) os 4.000 mortos na Espanha, onde as autoridades esperam estar chegando ao limite de casos, em um país com muitos hospitais sobrecarregados pelo fluxo de pacientes. No seu balanço diário, o ministério da Saúde relatou 655 novos mortos, o que eleva o total a 4.089, a metade deles na região de Madri, 2.090. A Espanha é o segundo país do mundo com mais mortos pela Covid-19, atrás apenas da Itália. Fernando Simón, diretor do centro de emergências sanitárias, indicou que “87% dos mortos têm mais de 70 anos”. Os casos confirmados são 56.188, e 7.015 pessoas foram curadas, 30% há mais em 24 horas. O aumento dos números foi vertiginoso na última semana em uma Espanha submetida a um confinamento quase total desde 14 de março, para reduzir o risco de transmissão. Desde sexta-feira o número de mortos quadruplicou. No entanto, as autoridades destacaram o forte aumento de curados e a redução no ritmo de mortos, que nesta quinta-feira aumentou 19%, menos do que na quarta-feira (+27%), quando se alcançou um recorde de 738 mortos. O ritmo de infecções também tem sido moderado, e nesta quinta-feira o aumento foi de 18%, dois pontos a menos do que nos dois últimos dias. Com muita cautela, o ministro da Saúde, Salvador Illa, disse que “os dados dos últimos dias indicam uma mudança de tendência”, e que “o número de casos pode estar se aproximando de seu limite”. No entanto, alertou que, uma vez ultrapassado esse limite, haverá “um efeito de acumulação” nos hospitais, devido ao prolongado período de internação que muitos pacientes necessitam. – Compras maciças de material – A situação é crítica em diversos hospitais do país, onde profissionais de especialidades distintas foram mobilizados para atender o fluxo de pacientes, e as unidades de cuidados intensivos estão sobrecarregadas. Os profissionais denunciam, além disso, uma falta aguda de material de proteção, principalmente máscaras, assim como respiradores e equipamentos para fazer mais diagnósticos. “As emergências estão sobrecarregadas no momento”, disse à AFP Jorge Rivera, porta-voz do hospital de Leganés, próximo a Madri. A Espanha pediu nesta semana ajuda à OTAN para obter máscaras, testes rápidos e ventiladores para assistência respiratória. – Objetivo: massificar os testes – Para acelerar os diagnósticos e combater a pandemia de forma mais eficaz, a Espanha confia também em estender massivamente os testes rápidos, quando até o momento tem realizado diagnósticos com um método mais trabalhoso, obtendo entre 15.000 e 20.000 testes diários. Segundo Fernando Simón, nos próximos dias chegarão do exterior “em torno de 5 milhões” de testes rápidos. Em paralelo, estão trabalhando com empresas locais de biotecnologia “para que esses testes possam ser produzidos na Espanha em um breve prazo”. A Espanha e seus mais de 46 milhões de habitantes continuarão sob confinamento pelo menos até 11 de abril. Consulte Mais informação: Revista ISTOÉ

Espanha supera número de mortes da China por coronavírus com 3.434 - ISTOÉ IndependenteA Espanha superou o número de mortes registradas na China em decorrência do novo coronavírus, com 3.434 vítimas fatais desde o início do surto, 738 deles nas últimas 24 horas, segundo dados fornecidos nesta quarta-feira (25) pelo ministério da Saúde. Apenas a Itália apresenta um balanço mortal superior ao da Espanha, que também viu aumentar …

Espanha supera China em número de mortos por coronavírusPaís tem 3.434 vítimas fatais desde o início do surto, 738 deles nas últimas 24 horas; Itália é a nação com mais óbitos Olha aí a gripezinha que o presidente lunático falou Se os números não subir aqui... vcs vão cair em descrédito total... O relógio da passando será que os especialistas erram

Espanha supera o número de mortes da China por causa do coronavírusPaís europeu já registou 3.434 mortes desde o início do surto, sendo 738 delas nas últimas 24 horas. Força Espanha!!👊🇪🇸 E foda-se a China!🖕🇨🇳 Negócio tá ficando sério Relaxa é só uma gripezinha

Espanha supera 4.000 mortes por coronavírus e tem mais de 56 mil casos - CartaCapitalA Espanha é o segundo país do mundo com mais vítimas fatais da Covid-19, atrás apenas da Itália e na frente da China.

Coronavírus: idosos abandonados são encontrados mortos em asilos na EspanhaCorpos foram descobertos por militares; segundo eles, funcionários de asilos abandonaram trabalho. Meu Deus que tristeza Nem consegui ler direito. Que horror Imprensa de bosta

França registra 1.331 mortos por coronavírus, 231 a mais em 24 horas - ISTOÉ IndependenteO coronavírus causou a morte de 1.331 pessoas em hospitais na França desde o início da epidemia, um saldo multiplicado por cinco em uma semana, informou o diretor geral de Saúde, Jérôme Salomon, nesta quarta-feira. Além disso, 2.827 pacientes estão sendo reanimadas nesta quarta-feira. Os números representam um aumento de 231 mortes e 311 novos …



Gabriela Prioli deixa a CNN e alega constrangimento | VEJA Gente

Twitter apaga publicações de Jair Bolsonaro por violarem regras da rede

Quanto mais a pandemia do novo coronavírus amedronta, mais a sociedade confia no jornalismo - Cultura - Estadão

Quem tem juízo e quem não tem - Opinião - Estadão

Bolsonaro diz que Moro é egoísta e não ajuda governo em crise do coronavírus - Política - Estadão

Após Mandetta reforçar isolamento, Bolsonaro visita comércios e cumprimenta populares em Brasília - Política - Estadão

Afastado de Mandetta, Bolsonaro busca orientação com Ernesto Araújo - Política - Estadão

Escrever Comentário

Thank you for your comment.
Please try again later.

Últimas Notícias

Notícia

26 março 2020, quinta-feira Notícia

Notícias anteriores

'Não é hora de briga, política e eleição', diz Doria - ISTOÉ Independente

Próxima notícia

Saiba como doar sangue de forma segura durante pandemia; em SP, déficit chegou a 50% - Emais - Estadão
A pedra no caminho - Opinião - Estadão Ministro da Defesa divulga nota para exaltar golpe de 1964 - Política - Estadão “Não dá mais para continuar passando a mão na cabeça do Bolsonaro” Unicamp e USP desenvolvem teste rápido e barato para identificar coronavírus 'Mandetta me pediu para colocar funerárias em alerta', diz governador do Acre - Política - Estadão Ministro do STF pede parecer da PGR sobre notícia-crime contra Bolsonaro | Radar Coronavírus isola ‘bolha’ bolsonarista nas redes sociais - Política - Estadão Marco Aurélio quer parecer da PGR sobre notícia crime de deputado petista contra Bolsonaro Neto manifesta torcida para permanência de Prior no BBB: 'Ele é Corinthians' Neymar divulga vídeo dançando o 'Funk do Prior': 'Joga y joga' A busca por vida alienígena dará uma pausa (por enquanto) - Internacional - Estadão Hospital Albert Einstein afasta 348 funcionários com coronavírus
Gabriela Prioli deixa a CNN e alega constrangimento | VEJA Gente Twitter apaga publicações de Jair Bolsonaro por violarem regras da rede Quanto mais a pandemia do novo coronavírus amedronta, mais a sociedade confia no jornalismo - Cultura - Estadão Quem tem juízo e quem não tem - Opinião - Estadão Bolsonaro diz que Moro é egoísta e não ajuda governo em crise do coronavírus - Política - Estadão Após Mandetta reforçar isolamento, Bolsonaro visita comércios e cumprimenta populares em Brasília - Política - Estadão Afastado de Mandetta, Bolsonaro busca orientação com Ernesto Araújo - Política - Estadão Bolsonaro diz que é preciso 'enfrentar vírus como homem e não como moleque' - Política - Estadão Aras pede que STF derrube decretos estaduais que restringem circulação | Radar Médico diz que Covid-19 pode matar até 200 mil nos EUA Bolsonaro pode ser julgado por crime contra a humanidade, diz Witzel - Política - Estadão Procuradoria quer multar a União em R$ 100 mil por ‘caminhada de Bolsonaro’