Em três meses de operações integradas na Terra Yanomani, Ministério da Justiça confisca 75 aeronaves e prende 38 por garimpo ilegal

Balanço com dados atualizados e divulgado nesta sexta-feira, 3, inclui apreensões de 85 mil litros de combustíveis, 30 mil quilos de

03/12/2021 23:40:00

fausto_macedo Em três meses de operações integradas na Terra Yanomani, Ministério da Justiça confisca 75 aeronaves e prende 38 por garimpo ilegal

Balanço com dados atualizados e divulgado nesta sexta-feira, 3, inclui apreensões de 85 mil litros de combustíveis, 30 mil quilos de

03 de dezembro de 2021 | 14h44Em setembro, a força-tarefa já havia prendido 13 pessoas e confiscado 64 aeronaves na Terra Yanomami em operação contra garimpo ilegal. Foto: ReproduçãoUma força-tarefa coordenada pela Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública prendeu 38 pessoas e apreendeu 75 aeronaves nos últimos três meses em operação para combater o garimpo ilegal, retirar invasores e reestabelecer bases de proteção etnoambiental na Terra Indígena Yanomami, em Roraima.

Consulte Mais informação: Estadão 🗞️ »

'O machismo tira das crianças o direito de ser', diz Nana Queiroz

Depois de trabalhar mais de uma década combatendo a violência contra a mulher, a jornalista Nana Queiroz engravidou de um menino. A partir deste desafio e da vontade de 'não cometer os mesmos erros' nasce o livro: 'Os meninos são a cura do machismo'. Ao Estúdio CBN, a autora deu mais detalhes do processo de estudo e escrita que originou a obra. Consulte Mais informação >>

fausto_macedo A operação tem por finalidade retirar os garimpeiros ilegais para garantir o trabalho daqueles que receberam autorização: fausto_macedo Falta prender os empresários e políticos criminosos donos destas aeronaves, pois não são com certeza dos garimpeiros que estão tentando tirar ouro das terras indígenas.

fausto_macedo só?

Com economia em recessão, Guedes insiste em recuperação em 'V': Brasil está de pé - Economia - EstadãoMinistro da Economia creditou recuo de 0,1% no PIB do terceiro trimestre à queda de 8% na agropecuária e disse que isso 'se dissipa em quatro meses' Economia O Brasil já está de joelhos faz tempo! Economia O país uma merda, o cara me vem com essa! Vá chupar prego... Economia Só Bolsonaro acredita

Imagens aéreas mostram área devastada em terra indígena por garimpo ilegal no ParáPara representante de organização ambiental, quem patrocina o crime são 'barões do garimpo' g1 Pará Quero ver ter coragem em citar o nome dos políticos donos dos garimpos... Ora ora , temos um cheroqui rolmis aqui .. Descartaram as ONGs estrangeiras?

Ministério da Justiça restringe visitas íntimas em presídios do país e estabelece novas regrasResolução consta no Diário Oficial da União. Casal deve apresentar certidão de casamento ou união estável para ter encontro autorizado. E aproveitem e cobre passaporte sanitário tambem. vamos ver se a esquerda/bandidos vão gosta das medidas. 👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻 Melhor coisa.

‘Casa Gucci’: A verdade sobre a guerra em família que terminou em tragédia | É tudo históriaEstrelado por Lady Gaga e Adam Driver, filme conta a história do assassinato do último herdeiro da grife encomendado pela ex-esposa

Alec Baldwin fala em aposentadoria e pesadelos após morte em setEm primeira entrevista para a TV, ator detalhou o incidente nas gravações do filme ‘Rust’ que culminou na morte da diretora Halyna Hutchins AlecBaldwln____ Don't give up! O erro de outra pessoa provocou isto, agora o cara fala em aposentadoria, que triste isto!

Foto de conversa entre Moro e Moraes foi clicada em evento público, em 2019Imagem circula sem contexto nas redes sociais; no Facebook, usuários especulam que encontro teria sido 'secreto' estadaoverifica Mas a conversa é 'à boca miúda' talvez justamente pelo evento ser público. estadaoverifica Quando vcs tentam desmentir é pq é verdade. estadaoverifica Já começaram as fake news? Nossa, Brasil tá muito cansativo, mano!

Redação 03 de dezembro de 2021 | 14h44 Em setembro, a força-tarefa já havia prendido 13 pessoas e confiscado 64 aeronaves na Terra Yanomami em operação contra garimpo ilegal. Foto: Reprodução Uma força-tarefa coordenada pela Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública prendeu 38 pessoas e apreendeu 75 aeronaves nos últimos três meses em operação para combater o garimpo ilegal, retirar invasores e reestabelecer bases de proteção etnoambiental na Terra Indígena Yanomami, em Roraima. Durante o período também foram apreendidos mais de 85 mil litros de combustíveis, 650 munições, mais de 30 mil quilos de minério, 17 veículos, 10 balsas e 6 embarcações. A ação contou com a participação de agentes da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Força Nacional de Segurança Pública, Fundação Nacional do Índio (Funai), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), Agência nacional de Telecomunicações (ANATEL), Agência nacional do Petróleo (ANP). “O trabalho faz parte do compromisso do Governo Federal com a proteção dos indígenas e combate aos crimes ambientais. São resultados importantes que demonstram a atuação integrada entre as forças e órgãos federais”, afirma o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres. Destaques em Política