Em carta a Bolsonaro, governadores pedem esforço internacional para compra de mais vacinas

Em carta a Bolsonaro, governadores pedem esforço internacional para compra de mais vacinas

04/03/2021 23:49:00

.gcamarotti: Em carta a Bolsonaro, governadores pedem esforço internacional para compra de mais vacinas G1

Em carta a Bolsonaro, governadores pedem esforço internacional para compra de mais vacinas

Os governadores alegam no documento que estão no "limite" e que a vacinação em massa "é a alternativa que se afigura como a mais recomendável, e, provavelmente, a única capaz de deter a pandemia"."Neste momento, há novas, reais e importantes justificativas para que o Brasil obtenha, com celeridade, novas remessas de imunizantes, a principal delas é a chegada e a rápida disseminação, já no estágio de transmissão comunitária, da nova variante P1, que tem se revelado ainda mais letal, prejudicando os esforços para proteger a vida de nossas cidadãs e cidadãos, bem como de suas famílias", afirmam os governadores no documento.

TCU inocenta Dilma e responsabiliza Gabrielli e mais 6 por compra da refinaria de Pasadena Polícia Federal aciona o Supremo contra Ricardo Salles e diz que ministro dificultou ação de órgãos ambientais TCU absolve Dilma por irregularidade na compra da refinaria de Pasadena

"O mundo acompanha com preocupação o rápido avanço do contágio por essa variante no Brasil, o que torna o bloqueio da disseminação desse tipo de vírus matéria de interesse de diversas nações, inclusive porque outras variantes podem dela advir", acrescentaram.

Mais cedo, nesta quinta-feira, o presidente da República declarou em Uberlândia (MG): "Tem idiota que a gente vê nas redes sociais, na imprensa, [dizendo] 'vai comprar vacina'. Só se for na casa da tua mãe. Não tem [vacina] para vender no mundo." headtopics.com

Também nesta quinta, Bolsonaro declarou durante uma viagem a Goiás que é preciso "enfrentar os problemas", acrescentando: "Chega de frescura, de mimimi. Vão ficar chorando até quando?".ÍntegraLeia a íntegra da carta dos governadores:

CARTA AO PRESIDENTE DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL Os Governadores dos Estados abaixo assinados solicitam ao Presidente da República Federativa do Brasil imediata adoção das providências necessárias a fim de viabilizar a obtenção – junto a entidades estrangeiras e organismos internacionais – de novas doses de imunizantes contra a Covid19, de modo a auxiliar no controle do aumento exponencial dos casos de infecção e do número de óbitos pelo coronavírus, conforme observado nos últimos dias em todo o território nacional.

Os Entes Federados têm envidado todos os seus esforços, mas estão no limite de suas forças e possibilidades. Nos últimos meses, instalaram milhares de novas vagas em Unidades de Terapia Intensiva, contrataram profissionais de saúde de diversas áreas e viabilizaram a compra de equipamentos, além de investirem em medidas como o distanciamento social e a orientação da população por meio de estratégias claras de comunicação.

Esse conjunto de ações, ainda que indispensável, demonstra estar próximo do exaurimento. Ninguém discorda de que, nas próximas semanas, talvez meses, a pandemia seguirá ceifando vidas, ameaçando, desafiando e entristecendo todos nós. headtopics.com

Dilma Rousseff é absolvida pelo TCU no caso da refinaria de Pasadena As acusações não reveladas de crimes sexuais contra o fundador das Casas Bahia, Samuel Klein Bolsonaro é 'grande responsável' por 'desastre' de covid, diz vice-presidente de delegação do Parlamento Europeu para o Brasil - BBC News Brasil

Nesse contexto, a vacinação em massa, com a maior brevidade possível, é a alternativa que se afigura como a mais recomendável, e, provavelmente, a única capaz de deter a pandemia, permitindo que o Brasil, seus Estados e Municípios, aos poucos, possa retornar à normalidade, com as devidas medidas sanitárias e econômicas.

Reconhecemos que, neste grave momento, há no mundo uma extraordinária procura por vacinas, junto a diferentes fornecedores. Acompanhamos o anúncio de novas aquisições pelo Ministério da Saúde, mas também percebemos que é preciso agilizar mecanismos de compra, explorar e concretizar todos os meios de aquisição disponíveis, para vacinar, no menor espaço de tempo possível, a maior quantidade de brasileiros. Se não tivermos pressa, o futuro não nos julgará com benevolência.

Por isso, pedimos ao Governo Federal, especialmente por meio dos Ministérios da Saúde e das Relações Exteriores, esforço ainda maior para obter, em curto prazo, número consideravelmente superior de doses. Caso seja possível, sugerimos também o requerimento de apoio e intermediação da Organização Mundial da Saúde.

Neste momento, há novas, reais e importantes justificativas para que o Brasil obtenha, com celeridade, novas remessas de imunizantes, a principal delas é a chegada e a rápida disseminação, já no estágio de transmissão comunitária, da nova variante P1, que tem se revelado ainda mais letal, prejudicando os esforços para proteger a vida de nossas cidadãs e cidadãos, bem como de suas famílias. headtopics.com

O mundo acompanha com preocupação o rápido avanço do contágio por essa variante no Brasil, o que torna o bloqueio da disseminação desse tipo de vírus matéria de interesse de diversas nações, inclusive porque outras variantes podem dela advir.

O percentual de vacinas aplicado no Brasil, a despeito do empenho de Governadores, Prefeitos e profissionais da saúde em todo o País, ainda é muito baixo e, no ritmo atual, infelizmente, atravessaremos o ano lamentando a irreparável perda de vidas, além da baixa expectativa de imunizar efetivamente todos os grupos prioritários. Os exemplos cada vez mais bem-sucedidos de países que estão contendo a pandemia por meio da vacinação, combinada com outras práticas de prevenção e higiene, não remete a outro caminho que não seja o esforço político e diplomático de todos – liderado no plano das relações internacionais pelo Governo brasileiro – a fim de garantir, desde logo, novos carregamentos de vacinas.

Após a eliminação do Botafogo da Copa do Brasil, Felipe Neto diz: 'Marcelo Chamusca é uma vergonha' PF atribui a Ricardo Salles obstrução de investigação ambiental, favorecimento de madeireiros e organização criminosa Amazonas demite e investiga médica que aplicou nebulização de hidroxicloroquina; paciente morreu - Saúde - Estadão

Esses imunizantes são hoje para o Brasil e para os brasileiros muito mais do que uma alternativa ou medicamento: representam a própria esperança da população e, nesse sentido, nenhum governante pode correr o risco de não esgotar todas as possibilidades ou de procrastinar ações e procedimentos. Cada minuto, cada hora e cada dia são preciosos e decisivos, e constituem a triste diferença entre viver ou morrer.

Por fim, os Governadores que subscrevem este documento estão, como sempre estiveram, à disposição para colaborar para a consecução das medidas propostas, e confiam que o Governo Federal pode acelerar os procedimentos necessários – utilizando a importância geopolítica, histórica e econômica do Brasil – à obtenção de novos aportes de imunizantes para a população brasileira.

Brasília, 4 de março de 2021.RENAN FILHOGovernador do Estado de AlagoasWALDEZ GOÉSGovernador do Estado do AmapáRUI COSTAGovernador do Estado da BahiaCAMILO SANTANAGovernador do Estado do CearáRENATO CASAGRANDEGovernador do Estado do Espírito Santo

FLÁVIO DINOGovernador do Estado do MaranhãoMAURO MENDESGovernador do Estado de Mato GrossoHELDER BARBALHOGovernador do Estado do Pará JOÃO AZÊVEDOGovernador do Estado da ParaíbaPAULO CÂMARAGovernador do Estado de Pernambuco

WELLINGTON DIASGovernador do Estado do PiauíFÁTIMA BEZERRAGovernadora do Estado Rio Grande do NorteEDUARDO LEITEGovernador do Estado do Rio Grande do SulBELIVALDO CHAGAS Consulte Mais informação: G1 »

Amanda Mars: “O método jornalístico do correspondente consiste em extrair de toda história particular a tendência de fundo”

Diretora da sucursal de Washington conta como se põe no lugar do leitor para encontrar as perguntas corretas

gcamarotti Pedir 'Esforço imediato' a quem ficou trinta anos parasitando no Congresso Nacional é, no mínimo, um grande desrespeito para com a Biografia do Biroliro. 🙄 gcamarotti Elrs wuerem é mais verbas pra ROUBAREM e vcs ESQUERDOPATAS apoiam esse estupro aos cofres publicos gcamarotti 😷 E a resposta p/ Governadores já vai ser dada :' vá comprar na casa da tua mãe' e chega de 'frescura' e de 'mimimi'. E olha lá se não vai chamá-los de 'maricas' também. Normal. Sugestão : ➡️fique🏡 ➡️Use😷 ➡️ Mantenha Distância🚧 ➡️Lavar🙌 🇧🇷sem presidente❗ 🇧🇷sem VACINAS💉

gcamarotti gcamarotti ImpeachmentOuMorte gcamarotti Disperdício de papel em plena pandemia. gcamarotti Cadê a grana q esses caras receberam e botaram no bolso? São incompetentes . Agora fazem demagogia gcamarotti Desperdício de papel gcamarotti A ARGENTINA JA VACINOU A SUA POPULAÇÃO ALGUÉM SABE MIM DIZER

gcamarotti Os governadores que são péssimos entendem a necessidade da vacina, o presidente do país não, imagina o péssimo nível de governo desse cara. gcamarotti gcamarotti Andreazza tem razão: 'A pazuellização do Brasil é irreversível'. gcamarotti Estão pedindo pra pessoa errada. gcamarotti Em carta aos governadores, Bolsonaro pede pra deixar o povo trabalhar. É difícil?

gcamarotti Não têm de pedir; têm de mandar e ele, cumprir. Boçalnaro, que prega desobediência civil contra governadores, não pode reclamar se eles se recusarem a enviar arrecadação estadual para Brasília. gcamarotti o vagabundo baixo clero nada vai fazer negócio dele é mansao de 6 milhoes pro filho chocolateiro e camisa de time falsificada pra lacrar com os velhotes doentes mentais que o seguem

gcamarotti 'Chega de frescura, mimimi. Vão ficar chorando até quando?' gcamarotti É um governo que reage a pandemia segundo o efeito retardado. Assim fica difícil, pois vamos conseguir vacinar todos os brasileiros só daqui 100 anos. gcamarotti A política brasileira é um eterno retorno. Por isso não saímos deste labirinto da mediocridade. Ou seja, avançar é coisa utópica, de gente sem ideia concreta! Enquanto isso políticos insistem deixar-nos numa eterna letargia, afogados num marasmo sem fim.

gcamarotti Enquanto isso a vida está escorrendo como água pelo ralo. Parece que estamos em estado anestésico permanente. Stalin, aquele sacripanta - para dizer o mínimo -, disse uma vez: 'A morte de uma pessoa é tragédia. De milhares, estatística'. Chegar neste estágio é cruel e desumano. gcamarotti Se existe uma coisa que jairbolsonaro não tem em ser um pária. Até pq ele não sabe o significado do termo

gcamarotti Não dá pra esperar que o demônio do planalto compreenda isso gcamarotti Tanta coisa acontecendo no país. Tantos problemas pra resolver. Preciso dar razão ao professor Villa: Jair é o Jaiminho do Planalto Central. Para não trabalhar inventa qualquer coisa, até perder tempo desaforando a população brasileira. É um mandrião mesmo.

gcamarotti Bolsonaro é covarde. Morre de medo do Supremo, pesquisa, de adversário político, de impeachment (por isso apoiou o Lira). Sua masculinidade frágil (demonstra insegurança em tudo que faz), sabe muito bem (íntimo) que não tem a menor condição de ocupar o cargo que está ocupando. gcamarotti Jair sabe, no íntimo, que não tem a menor condição de ocupar o cargo que está ocupando. Então, ele exerce essa sua masculinidade frágil em forma de bravatas, ameaça a quem não o segue, quem o desobedece etc. A covardia fará voltarmos ao séc. 19 em seus 4 anos de mandato.