Deep web reúne grupo que aterroriza STF – 2 foram presos ontem | Radar

Deep web reúne grupo que aterroriza STF; dois foram presos ontem (via @radaronline)

23/05/2020 03:31:00

Deep web reúne grupo que aterroriza STF; dois foram presos ontem (via radaronline)

Ministro Dias Toffoli comentou sobre prisão de dois suspeitos envolvidos em ataques a juízes e promotores

PublicidadeO ministro Dias Toffoli disse hoje numa live do grupo empresarial LIDE que o inquérito para investigar ataques ao Supremo Tribunal Federal (STF) revelou “ameaças reais”.“Isso é uma ação criminosa, tanto que ontem foram presas duas pessoas em Brasília, que apresentaram ameaças e com perspectivas inclusive de ações”, disse o presidente do STF a respeito de uma investigação sobre ataques a juízes e promotores.

Manifestantes pró-Bolsonaro exibem símbolo usado por neonazistas em ato de SP; polícia apura se foi estopim para confronto Pedido de prisão de Sara Winter está redigido na PGR | Radar Brasil registra 29.314 mortes e 514.849 casos confirmados de Covid-19, diz ministério Consulte Mais informação: VEJA »

radaronline bell880923 radaronline O objetivo de armar a população é se tornar um Nicolas Maduro, é isso que esse jairbolsonaro Vagabundo quer radaronline É sobre o inquérito iligal do STF? Fala sério... radaronline Aterrorizados ficamos nós a cada decisão dessa instituição do desserviço. radaronline

radaronline 'Demorô' radaronline Não sou muito fã do STF mas uma coisa que abomino é chantagem. Tem que prender e ter mais rigor contra hackers radaronline filgmartin são amigos seus? Estão no seu roteirinho? radaronline mimimimimi mimimimimimi mimimimimimimi Parem de fazer MERDA para ver se passa.

radaronline deep web kkkkkkkkkkkkkk radaronline Vamos enfiar um impeachment urgente, já passou da hora! radaronline Saudade de quando a Deep web era só um mito entre os garotos da minhas 7ª série. Parece que agr eles estão aprontando mais radaronline Vai pegar corona na cadeia, kkk radaronline O povo clama pelo IMPEACHMENT DO BOLSONARO

Sextou animado – decisão de Celso de Mello sai até o fim da tarde, diz STF | RadarCelso de Mello decide sobre vídeo de reunião ministerial até o fim da tarde de sexta, diz STF (via radaronline) radaronline Precisava de tanto tempo?!?! Coitados dos jornalistas. As bombas estouram sempre às sextas. radaronline Que novela hein.. Sobre os outros processos engavetados de tantos e tantos políticos.. Não há pronunciamento.... Bem estranho.. Bem PARCIAL.... radaronline Da para fazer uma novela com essa enrolação . . . ' Em busca da gravação'

Ameaça golpista de Heleno ao STF tenta tirar foco do vídeo | RadarMinistro se manifestou sobre ordem inexistente de apreensão do celular de Bolsonaro; objetivo é desviar o foco do vídeo que deixará o governo nu radaronline TeuCuVeja radaronline Mentira os bandidos do STF precisam de uma resposta a altura HelenoJaTaNaHora radaronline

Weintraub: ‘Botava esses vagabundos todos na cadeia, começando pelo STF’ | Radar‘Botava esses vagabundos todos na cadeia, começando pelo STF’, disse Weintraub em reunião (via radaronline) radaronline É uma opinião válida. radaronline Parabéns, AbrahamWeint. Tamo junto! radaronline Está Apoiadíssimo!!! Colocar esses vagabundos do STF na cadeia!!! 👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻 AbrahamWeint

Reunião presidencial mostra um ‘clube de aloprados’, diz ministro do STFAvaliação foi feita por magistrado após ler a transcrição e assistir a trechos do encontro ministerial de 22 de abril Kkkk tic tac vazajatista Eu votei no mito mas agora apoio o IMPEACHMENT DO BOLSONARO Chutem pra longe

A cartada final de Joesley para salvar sua delação no STFEm alegações finais, empresário bate pesado na PGR, a quem acusa de fazer meras ilações Golpista! Vagabundo, safado ! Lembro do encontro dele com Temer que não deu em nada, como aquele deputado federal correndo com a mala cheia de dinheiro, muito estranho, parece que vivemos em um mundo de várias versões ao mesmo tempo

Maioria no STF vota por limitar proteção a agentes públicos na pandemia - CartaCapitalMP do presidente Jair Bolsonaro flexibiliza punição a funcionários do estado durante a crise do coronavírus