Dólar fecha em baixa com inflação nos EUA dentro da expectativa

13/01/2022 00:52:00

Dólar fecha em baixa com inflação nos EUA dentro da expectativa

Dólar fecha em baixa com inflação nos EUA dentro da expectativa

Moeda fechou em queda de 0,78% nesta quarta-feira, negociado a R$ 5,5357

A divulgação de uma inflação pouco acima das expectativas nos Estados Unidos manteve em vigor o alívio global visto desde ontem..O discurso sem surpresas do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, reduziu o temor dos investidores globais sobre uma aceleração da normalização da política monetária americana..

Sem novidades relevantes no front doméstico, o real voltou a operar em patamares não vistos desde o início de dezembro seguindo o fortalecimento de praticamente todos os ativos de risco no exterior.No encerramento do dia, o dólar foi negociado a R$ 5,5357, baixa de 0,78% e perto da mínima do dia, de R$ 5,5282.Este é o menor patamar de fechamento desde os R$ 5,5338 do dia 8 de dezembro.No fim da sessão, o dólar foi negociada a R$ 5,5792, queda de 1,67%.Os demais pares emergentes também se beneficiam.No horário de fechamento no Brasil, o dólar cedia 1,33% contra o rand sul-africano, 4,28% frente à lira turca e 0,22% na comparação com o peso mexicano."O dólar enfraqueceu após os dados", comentou Gustavo Cruz, economista e estrategista da RB Investimentos, acrescentando que a inflação alinhada à expectativa dos investidores não aumenta a pressão sobre o Fed (Federal Reserve, o Banco Central americano) para que acelere uma eventual alta de juros.

Já o índice DXY, que mede a força do dólar em relação a uma cesta de divisas de países desenvolvidos, tombava 0,70%, aos 94,95 pontos, nos menores patamares desde novembro.Apenas 4 das 33 moedas mais líquidas do mundo se depreciavam no horário de fechamento brasileiro.Em linha com o rendimento das treasuries, o dólar dá continuidade ao movimento de enfraquecimento visto desde ontem, quando o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, fez um discurso sem surpresas e conseguiu deixar a comunidade financeira confortável com a perspectiva de uma normalização mais rápida da política monetária nos EUA."Ocorre que, apesar do discurso de Powell, os EUA não começaram a fazer ainda esse aperto monetário.Existe essa ameaça de que, quando começar a ocorrer de fato, as coisas voltem a piorar.Os comentários do dirigente, no entanto, foram um tanto mais moderados que o esperado por parte dos agentes.Mas, até o momento, a promessa dele é de um pouso suave da economia americana", pondera o diretor da WIA Investimentos, José Faria Junior.

O profissional ressalta que o cenário descrito por Powell depende de algumas premissas, como um efeito reduzido da variante ômicron sobre as cadeias globais de produção."Mas uma coisa muito importante é que, mesmo com esse cenário todo, o juro de longo prazo americano continua perto de 2,50%, um nível historicamente baixo.Mais cedo, a presidente do Fed de Cleveland, Loretta Mester, havia afirmado à Bloomberg TV que um aumento de juros em março era provável.Se mantiver nesse nível, significa que o Fed pode normalizar a política monetária rapidamente sem prejudicar a economia, o que contribui com um controle mais rápido da inflação." A leitura menos cautelosa com a política monetária americana sobreviveu, inclusive, ao índice de preços ao consumidor (CPI) de dezembro, cujo resultado cheio do ano, de 7,0%, ficom em linha com as expectativas, mas com o núcleo vindo ligeiramente acima: 5,5%, contra projeção de 5,4%."Os mercados de juros digeriam como um dado em linha com a expectativa."O discurso de posse de Powell não teve novidades.

A curva nominal ficou ligeiramente menos desinclinada, ao passo que os juros reais subiram entre 1 e dois pontos-base", afirmam analistas do Bank of America, em nota a clientes."A queda modesta da inflação implícita em toda a curva sugere que os componentes persistentes do dado podem não ter sido tão ruins como o temido, ainda que o número siga apoiando um aperto mais cedo que o esperado do Fed".— Foto: Pixabay.Em sua avaliação, o IPCA mais salgado que o esperado de dezembro também ajuda nessa dinâmica, ao reforçar o argumento por uma alta mais intensa da Selic no Brasil.

Consulte Mais informação:
Valor Econômico »
Loading news...
Failed to load news.

Não aparece um comentário, o povo parece que fica triste quando o dólar cai kkkkk

Poetisa Maya Angelou é a primeira mulher negra a estampar moeda de dólar nos EUAPela primeira vez, uma moeda de dólar nos Estados Unidos foi cunhada com o rosto de uma mulher negra. Maya Angelou – poetisa e ativista americana – agora estampa as moedas de US$ 0,25, a mais utilizada nos Estados Unidos. A iniciativa faz parte de um programa da Casa da Moeda que vai celebrar mulheres notáveis nos EUA em diversas áreas. Saiba mais. Eu achei muito digno e merecedor! 👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼 Moeda boa pra caça-niqueis. Vitória! 🙌🏿

Dólar zera alta do ano após tom mais ameno de Powell e IPCA acima do esperadoDiscurso sem surpresas do presidente do Fed reduziu o temor dos investidores globais sobre uma aceleração da normalização da política monetária americana

Dólar cai pelo 2º dia, a R$ 5,535, menor valor em quase 2 mesesO dólar terminou a quarta-feira (12) em queda de 0,81%, cotado a R$ 5,535 na venda, emendando sua segunda queda consecutiva. É o menor valor de fechamento em quase dois meses, desde 17 de novembro de 2021, quando a moeda americana alcançou os R$ 5,524.

Maya Angelou se torna a 1ª mulher negra a estampar moedas de dólarMaya Angelou se torna 1ª mulher negra a estampar moedas de dólar Poetisa e ativista afro-americana aparece no primeiro exemplar de uma série que irá homenagear várias mulheres ilustres do país a i m tino

Bolsa tem alta de 1,84% após inflação dos EUA vir dentro do esperado; dólar cai a R$ 5,53 - Economia - EstadãoInflação ao consumidor teve avanço de 0,5% em dezembro, reforçando a decisão do banco central americano de elevar os juros já nos próximos meses Economia Em toda a terra, dois terços serão ceifados e perecerão; todavia a terça parte permanecerá!”Mas se ainda ficar nela a décima parte, tornará a ser consumida, como o terebinto, e como o carvalho, dos quais, depois de derrubados, ainda fica o toco. A santa semente é o seu toco. Economia O pior de tudo é que a bolsa nem liga mais pro Brasil né? Economia

Faltas no trabalho pela ômicron são um novo teste para os EUAAs faltas generalizadas já estão restringindo a produção, e vários economistas começaram o novo ano rebaixando suas previsões para o primeiro trimestre Licença médica***