Covid: Brasil registra 83 mil casos em 24 horas, diz Conass | O Antagonista

Houve 259 mortes, o que elevou para 623.356 o número de óbitos desde o início da pandemia no país; total de infecções subiu para 24.127.595

25/01/2022 00:18:00

Houve 259 mortes, o que elevou para 623.356 o número de óbitos desde o início da pandemia no país; total de infecções subiu para 24.127.595.

Houve 259 mortes, o que elevou para 623.356 o número de óbitos desde o início da pandemia no país; total de infecções subiu para 24.127.595

Imagem: Fusion Medical Animation/UnsplashO Brasil registrou nas últimas 24 horas 259 mortes por Covid e 83.340 novos casos, informou o Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde) nesta segunda, 24.Com isso, o número de vítimas fatais da doença no país desde o início da pandemia chegou a 623.356, e o total de casos aumentou para 24.127.595.

No domingo (23), foram registrados 296 mortes e 135.080 novos casos.O Antagonista

Consulte Mais informação: O Antagonista »

O Assunto #735: Lembrar de Betinho para combater a fome

Diante do retrocesso brutal na garantia do mais básico dos direitos, especialistas alertam: além de cobrar das autoridades que façam sua parte, retomando políticas públicas hoje esvaziadas, é urgente mobilizar a sociedade civil. Como fez, há três décadas, o sociólogo Herbert de Souza, idealizador de campanha pioneira para levar comida aos brasileiros mais pobres. Consulte Mais informação >>

Morte na casa dos outros é refresco: luto presidencial durou menos de 24 horas - ISTOÉ IndependenteNo velório da mãe, que faleceu aos 94 anos, Jair Bolsonaro – o verdugo do Planalto – tão acostumado a demonstrar insensibilidade e até mesmo desprezo diante de mortes alheias, visivelmente emocionado, proferiu algumas palavras que nem de longe lembravam aquele que dizia: ‘não sou coveiro’. O amigão do Queiroz, inclusive, disse ser ‘difícil compreender […] Vichi,daqui a pouco o gado chega pra espernear IstoÉ rancor kkk Isso é p tipo de coisa que se escreva em uma revista? Coisa horrorosa.....

Brasil registra 157 mil novos casos de covid-19 em 24 h, segundo ministérioEm boletim divulgado hoje, o Ministério da Saúde informou que o Brasil registrou 157.393 casos de covid-19 nas últimas 24 horas. O total de infectados pelo novo Dr Roberto Zeballos, ômicrom é o fim da pandemia 😂😂🤣🤣🤣 chora militantes da extrema imprensa Terror tem que continuar....

Detalhes do Orçamento de 2022 serão divulgados nesta segunda-feira (24)Prazo para a sanção presidencial se esgotou na última semana; veja detalhes ⬇ BandJornalismo

MG distribui doses de CoronaVac para crianças na segunda (24)MG distribui doses de CoronaVac para crianças na segunda (24). Municípios vão receber 400 mil imunizantes que estavam estocados; vacina é destinada para faixa etária de 6 a 17 anos PortalR7 R7 JR24H JornaldaRecord A ciência lutando e os lacradores lacrando. Mentem na sua cara e omitem informações. fakenews queremostransparência

Covid: Brasil registra 135 mil casos em 24 horas, diz Conass | O AntagonistaCovid: Brasil registra 135 mil casos em 24 horas, diz Conass O importante é não festejar no Carnaval e aglomerar no metrô indo pro trabalho! Vamos trabalhador otario, para de se divertir e sacrifica suas férias pela pandemia, 🥰

Brasil registra 135 mil novos casos de covid-19 em 24 h, segundo ministérioHouve 135.080 casos de covid-19 registrados no Brasil nas últimas 24 horas, conforme boletim divulgado hoje pelo Ministério da Saúde. Desde o início da pandemia, o total de infectados pelo novo 135 mil comunicados e outros 100 mil não comunicados...e continuamos com um Sinistro da Saúde !

× Imagem: Fusion Medical Animation/Unsplash O Brasil registrou nas últimas 24 horas 259 mortes por Covid e 83.340 novos casos, informou o Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde) nesta segunda, 24 . Com isso, o número de vítimas fatais da doença no país desde o início da pandemia chegou a 623.356, e o total de casos aumentou para 24.127.595. No domingo (23), foram registrados 296 mortes e 135.080 novos casos. O Antagonista lembra que, às segundas, os números costumam ser menores por causa da redução de pessoal na coleta de dados no fim de semana.