Courtney Barnett faz um convite à reflexão em seu terceiro álbum - Cultura - Estadão

Courtney Barnett faz um convite à reflexão em seu terceiro álbum (via @EstadaoCultura)

02/12/2021 10:00:00

Courtney Barnett faz um convite à reflexão em seu terceiro álbum (via EstadaoCultura)

Compositora australiana, indicada para o Grammy, cria canções mais intimistas e delicadas sob o impacto da pandemia

Leia TambémEm entrevista em setembro, ela contou que recentemente se atentou às palavras deComfortable With Uncertainty("Confortável com a incerteza", em tradução literal), da monja budista Pema Chödrön, no capítulo intitulado

Comece onde você está (outra vez), e ficara impressionada com sua mensagem: “Ela dizia que é importante começar, começar aqui, agora mesmo, em vez de olhar tanto para o futuro. Tenho pensado muito nisso nos últimos anos. Há algo muito reconfortante em ser capaz de dizer: ‘Neste momento, vou fazer só aquilo que quero muito fazer, em vez de projetá-lo em um futuro impossível’”.

Barnettfalou de um parque nos arredores de sua casa em Melbourne, na Austrália. Observações de como as pessoas interagem quando acham que ninguém as está observando são recorrentes nas canções deBarnett.Rae Street headtopics.com

BBB22: Participantes montam pódio no Jogo da Discórdia desta segunda-feira (24) - ISTOÉ Independente

, música que abre o novo disco e que ganhou o nome da rua em que a compositora vivia quando a escreveu, está repleta dessas reflexões. A canção mistura vislumbres da vida no bairro com um senso de transitoriedade: “Os filhos da vizinha correm soltos / A mãe grita: ‘Vocês nunca se calam?’ / E tem uma coisa que sei / O sol vai nascer hoje e amanhã”. 

PânicoDurante um breve período de pausa no lockdown no ano passado, a luta deBarnettpara lidar com o que chamou de “elementos desconhecidos de um futuro incerto” culminou em um ataque de pânico. “Fui parar no pronto-atendimento às 4 da manhã.” 

O cineasta Danny Cohen a acompanhou durante quase três anos, entre março de 2018 e fevereiro de 2021, enquantoBarnettexperimentava a vida ora mundana, ora espetacular de uma artista e fazia uma turnê internacional com sua banda. O resultado das filmagens, o documentário

Vídeo de menina de MG que se vê em personagem da Disney viraliza e é curtido por Viola Davis: 'Sou eu!'

Anonymous Club("Clube Anônimo"), foi exibido no começo de novembro no Festival de Cinema de Sydney. 

Consulte Mais informação: Estadão »

g1 ouviu #177 - 'BBB', o musical: o som de Naiara Azevedo, Linn da Quebrada, Maria, Arthur Aguiar e Tiago Abravanel

Podcast mostra as principais faixas e a trajetória musical dos cinco participantes do reality em 2022 que também são cantores. Consulte Mais informação >>